Saúde

Médica: “A morte é um dia que vale a pena viver”

Dra. Ana Cláudia Arantes, especialista em cuidados paliativos
Dra. Ana Cláudia Arantes, especialista em cuidados paliativos

Este vídeo impressionou, no bom sentido, a minha amiga Renata Rieken e a minha irmã Nem Santana, ambas com mais de 60 anos. Assim que acabaram de assistir, as duas o enviaram para mim. Fiquei intrigada com o título, porque, normalmente, as pessoas fazem tudo para não falar sobre a morte. Embora seja a única coisa certa da vida, todos temem discutir sobre o nosso destino final.

O vídeo, que já foi visto por mais de 100 mil pessoas, tem 18 minutos e mostra uma palestra da médica Ana Cláudia Quintana Arantes, especialista em Cuidados Paliativos pelo Instituto Pallium e Universidade de Oxford, além de pós graduada em Intervenções em Luto. Com sua enorme sensibilidade, doutora Ana Cláudia consegue transformar um assunto que muitos consideram macabro em uma verdadeira aula sobre a vida. Não deixe de ver até o final:

http://youtu.be/ep354ZXKBEs

close

Inscreva-se para receber conteúdo incrível em sua caixa de entrada, todas as semanas

Prometemos que nunca faremos spam! Dê uma olhada em nossa Política de Privacidade para mais informações.

Artigos relacionados

723 Comentários

    1. Acho, pelo meus estudos, a hora de partida quem define é Deus, e ainda pelo meus estudos da doutrina de Allan Kardeck. continuamos o que somos, apenas termina nosso tempo de estar aqui. A partida é uma benção de Deus para voltarmos para o nosso verdadeiro lar.
      O apoio que a doutora forneceu ao paciente que estava partindo é de grande valor, pois ele começa aceitar a volta, pois nós aqui, desconhecemos tudo que somos espíritos, e nossa estádia aqui na Terra é para aprendermos ser caridoso como Jesus nos ensinou.

  1. Boa noite assisti o Vidio gostei muito a gente saber que nossa vida,aqui
    é uma eterna passagem,devemos aproveitar e viver em paz, com todos.um grande abração foi muito brinhante mesmo. abração

  2. Assisti ao vídeo e me emocionei muito. Quem dera todos os médicos se dedicassem a tratar seus pacientes com mais humanidade sem priorizar a parte financeira. A medicina hoje virou um comércio quem tem dinheiro tem um atendimento e quem não tem ou se depender de plano de saude tá ferrado. Os médicos em sua grandissima maioria sequer nos ouvem, não nos dão espaço para falar (é a corrida contra o tempo marcado no relógio).
    Então ao ouvir a Dra. Ana Cláudia pensei que este mundo da medicina ainda tem salvação. Pois o que essa médica faz é um trabalhar médico dando e permitindo ao paciente terminal ter a oportunidade de sentir-se ouvido, acolhido, tratado e no momento em que a morte chegar o paciente sentirá que teve dignidade, cuidados médicos, acolhimento, teve tempo e oportunida de resgatar e refazer laços familiares e por fim morrer em paz.

  3. Muito bom o enfoque….. Nascer e MORRER…. momentos únicos e SOLITÁRIOS…. mesmo que rodeados de pessoas…. os profissionais de saúde precisam SABER E COMPREENDER O SEU PAPEL NESTE CENÁRIO…. Parabéns Dra Ana Claudia…..

  4. Passei isto com meu marido a 9 meses, tratando com paleativo no Inca e faleceu dia 28 de março. E a Dra. que tratou dele também foi eficiente. parabéns para a Dra. que é humana e da valor ao ser humano. parabéns!!!!! Se todos tivessem médicos amigos,seria bem mais fácil, tanto para o doente como para sua família.

  5. Isto que é profissional…… conhecimento e sensibilidade no trato com humanos. Parabéns Doutora tu és digna e faz jus ao teu título …..o que hoje é difícil de encontrarmos….

  6. É importante sermos amorosos com o semelhante, independente de ser um ser saudável ou um que esteja no fim da vida. A dra Ana Cláudia mostra, como médica, o quão é importante sermos amorosos com o outro.

  7. Grande, imenso ser humano! Admirável! Ah, se alguns médicos conseguissem chegar perto disso… A vida seria melhor, a morte, mais suave e aceitável! Parabés, dra. Ana Cláudia!

  8. Se os profissionais de saúde possuíssem metade do seu conhecimento a respeito da necessidade do Ser Humano ser recebido e tratado com tal, não apenas como meros bonecos que estão ali para serem consertados, teríamos menos sofrimentos e desesperos nos leitos hospitalares. Ao contrário disso, os hospitais estão repletos de seres portadores de crachás e fardinhas que identificam seu status social e não o profissional… estão cheios de sofrimento e dor, não uma dor física, mas a dor de não poder sentir-se seguro de que algo pode melhorar. Precisamos de profissionais mais Humanos, mais dignos de merecerem a identidade que buscaram… Profissionais que regurgitem “o rei que engoliram” e vistam-se de humildade, serenidade, paz espiritual e Amor… profissionais que revistam-se de Deus. Parabéns! Drª Ana Claudia Quintana Arantes. Você merece esse título.

  9. Muito bom. Fico realmente admirado que ainda existem profissionais assim, num universo tão materialista. Que este exemplo sirva para muitos profissionais e futuros profissionais, entre as quais coloco aqui minha querida filha Thelma que está cursando medicina.

  10. Seria genial que todos los doctores pudiesen pensar como ella, se ve la diferencia de la persona en donde habita el amor de Dios y del profesional sin Dios, a ella le preocupa la recuperación , el amor hacia su semejante, al otro le interesa solo que le paguen la consulta, hay tanto dolor en el mundo, ella es un ser llena del amor de Dios, con tanta dulzura que expone, así con un ser como ella , es vivir y morir y sentir que sus palabras su mensaje de amor,te da la paz, bendiciones para ella..

  11. Emocionante , brilhante , sensacional , bom senso e simplicidade , parabéns Ana Claudia vc sim faz a diferença , parabéns pelo seu belo trabalho . Me apaixonei pelo seu vídeo , continue vc é especial , que Deus a ilumine , abcs Luiz Antonio pereira .

  12. Dra.
    Eu tive a oportunidade de contar com o grupo de cuidados paliativos na morte de meu pai.Valeu a pena!!!
    meu depoimento esta a seu dispor.
    Meu pai morreu em paz e eu o enterrei em paz.
    Obrigada
    Angelica

  13. Obrigada , vi este video que me tocou na realidade, e ao ve-lo me situei no curso que neste momento me esforço por tirar , que acho também que tem a ver com essa realidade .
    Gerontologia Social , os idosos, área essa que esbarra , nessa vertente da morte a fisisca e a social. Gostei e bem aja, quem entende o sofrimento dos outros, como do seu se tratasse.

  14. O ser humano é único consciente de sua finitude. A cultura ocidental capitalista, a progressiva longevidade advinda dos diferentes conhecimentos, avanços biomédicos científicos, tecnológicos, nos incute cada vez mais a idéia de que “a morte”: não mais precisa fazer parte de nossos ciclos vitais. Com os atuais recursos disponíveis, podemos viver “eternamente”?! Então, trava-se uma luta contra o inexorável. Não raramente, acarretando grandes sofrimentos para todos envolvidos. Saramago nos apresenta obra literária – As intermitências da morte, na qual relata um mundo aonde todos viviam eternamente. Como seria viver num mundo aonde a morte deixasse de fazer parte do ciclo vital?! Como muito bem expresso, negar a morte como etapa inerente à vida talvez não seja o mais adequado. Reconhecermos, aceitarmos a característica de seres mortais, pode nos estimular melhores qualidades de vida, valorizarmos cada minuto de nossas vidas. E a de nossos semelhantes, entorno. Certamente, não é fácil aceitar tal fato. Porém, é necessário desmistificarmos o tema “morte”. Debatê-lo socialmente. Melhor nos qualificarmos para aceitar e lidar com o processo de morrer. Viveremos melhor e seremos capazes de oferecer melhores acolhimentos, amparo, alivio e conforto aos que inevitavelmente: findam suas etapas existenciais nesta vida. Cordialmente,

  15. Dra Ana,
    Completamente emocionada e feliz por ouvir sua palestra. Sou mãe de uma médica intensivista, formada há 14 anos. Logo no início de sua formação, por estar muito preocupada com a carga emocional vivenciada no dia à dia, perguntei porquê ela tinha optado por trabalhar “num corredor de morte”. Mais do que depressa, virou-se pra mim e respondeu ” eu trabalho com a morte mas, num corredor de vida”. A frase dela causou-me impacto e me deixou todos estes anos tentando compreender toda a sua essência. Hoje, chorei muito ao assistir ao seu vídeo. Fiquei impressionada com a comoção da plateia, a respiração ofegante, o choro contido. Que Deus possa replicar em muitos outros profissionais da saúde, essa visão ética, o respeito e a dignidade que cada ser humano deve ter em seus momentos finais.
    Deus a abençoe e obrigada.
    Rita Thompson

  16. Dra. Ana Claudia

    Como teria sido bom se eu tivesse visto o seu vídeo a um ano atrás.

    quando o meu marido estava com poucos dias de vida

    Aqui em nossa cidade falta ainda especialistas como a Dra.

    Temos sim médicos em cuidados paliativos mas falta muito para eles aprenderem como chegar a falar com o doente e a família

    Parabéns Dra. Ana Claudia

    Ingrid Creuz

    Joinville SC

  17. Muito Obrigada!
    Que bom ver aquela platéia repleta.
    Quem sabe … daqui há algum tempo …estaremos (pacientes e médicos/psicólogos) morrendo mais bem assistidos a acompanhados.

  18. A minha conclusão é a seguinte: Viva hoje como se fosse morrer amanhã……Independente, de qual doença a pessoa tenha……Se vc tiver conciencia da doença que vc tenha adquirido, procure aproveitar os momentos felizes que ainda lhe restar. Que a morte venha hoje ou amanhã, porque ninguem morre de vespera!!!! Essa vida aqui é apenas uma passagem, e só se morre quando vc cumprir a sua missão nesta terra………….É o que eu penso, pois desde pequeno, quando ouvia a musica dos Beatles que dizia o seguinte: ‘Life is very short’, eu não conseguia entender porque a vida seria tão curta, que até me chocava, pois eu ainda uma criança e tinha muita vida ainda pela frente e estou vivo até hoje.

  19. É sempre gratificante escutara a voz da consciência e ver que dentro de cada um de nos mora o dever que é para ser cumprido e não cobrado,o amor que é para ser distribuído e não implora,o respeito que é de direito e não de imposição.
    Porque, já que escolhemos cuidar, tratar,diagnosticar pessoas deveria esta implícito também que seres tem vida até a consumação da morte e merecem ser vistas como tal até que sesse o ultimo instante de vida,e merecem ser amadas cuidadas e protegidas de tudo que lhe causa dor como no caso da Morte o descaso,a indiferença ou a medíocre impressão, de que já fizemos tudo, o mais não nos é de dever,de direito,de respeito e o mais importante , de amor ao próximo, pois amanhã seremos nós.
    Obrigado doutora Ana Claudia por este ensinamento de que no pior momento para os familiares e o mais solitário na vida dos pacientes existe alguém que se importa com eles.
    Você é um ser brilhante, quanta sabedoria. Parabéns!!!!!!
    Leony Gomes Pecorella

  20. Adorei !! eu me emocionei muito, trabalho em hospital,e nunca vi uma medica com este pensamento, com esta consciência, se todos tivessem este pensamento, com certeza os cuidados a este pacientes seriam menos sofridos, e com certeza teriam ali mais amor, nos últimos momentos da vida !!!!

  21. Você é uma profissional brilhante, que Deus te ilumina sempre com essa coragem, pois eu tive essa experiência com meu sobrinho que ficoui sob cuidado palativo, fiquei muito emocionada, lembrei dele, só que nós família fica muito mais forte, para encarar os acontecimentos que viram………

  22. MAGNÍFICA A POSTURA DA DRA…QUEM DERA TODO PROFISSIONAL DA SAÚDE PENSASSE COM CARINHO E AMOR COMO ELA!!!! CUIDAR DE PACIENTES TERMINAIS COM ESSA POSTURA E CONHECIMENTO SOBRE A MORTE…MEU DEUS COMO SERIA MARAVILHOSO!!!! GOSTARIA Q NO DIA DA MINHA MORTE TER A MÃO DELA PERTINHO DE MIM!!! Q DEUS A ABENÇOE!!!!

  23. AGORA ENTENDI MEU QUERIDO NETO LUCAS BURIGO GUGLIELMI O QUE TU QUERES FAZER AÓS A RESIDÊNCIA MÉDICA REALMENTE ÉMTO EMOCIONANTE SIGA EM FRENTEP.Q O TEU CORAÇÃO FOI FEITO PRA ISSO

  24. Parabéns! O mundo tá precisando destes profissionais humanos que valorizem a vida do seu paciente de forma humana,consciente,honesta, deixa fluir energia positivas e tem muito amor pra dá tratando o físico/psíquico/ emocional/espiritual/precisamos replicar a Dra Claudia pelo mundo.Amém

  25. KÁTIA, tu tens um discurso firme, claro e objetivo de Vida e de Morte.
    PALIATIVO – a origem e o significado desse vocábulo ajuda, contribui para o esclarecimento de nosso comportamento perante a vida.
    Vida X Morte Morte X Vida é um sopro que paira sobre nós, embora possamos zelar por nossas vidas.
    Obrigada por conhecê-la.
    Posso xerocopiar vc?

  26. Parabéns, Dra Ana Claudia Quintana Arantes !
    É gratificante, perceber o profissionalismo, o amor, o carinho, dessa Médica”…
    Acredito que ela realmente escolheu corretamente sua profissão daí toda a dedicação e amor pelo que faz.
    É emocionante também, vive alguns momentos com familiares, durante o período de tratamento e os momentos finais. Eu estava de mãos dadas, no último suspiro,passando apenas minha companhia, afinal sem conhecimento na área…
    Foi doloroso, mas senti essa sensação de tranquilidade, por ter podido estar ali com essas pessoas tão importantes no seu momento importante, na sua despedida.
    Ainda acho difícil entender essa nossa passagem, mas essa nossa atitude, essa possibilidade de transmitir nosso amor, nos ajuda a administrar a perda …
    Esse vídeo, demonstrou que o caminho é esse….
    Parabéns!

  27. Parabéns pela forma como aborda um tema tão presente e temido em nossas vidas.
    Certamente esta forma de ver a vida em sua fase terminal e o afeto dedicado a estas criaturas divinas nos ajudará a superar as dificuldades com este tema que vivemos no dia a dia.

  28. Humildade aliada a simplicidade = SER HUMANO BRILHANTE. Brilhante na melhor expressão da palavra, sem estrelismo, sem soberba.
    Brilhante é aquele que se sobressai e apresenta ao seu próximo, todo o amor e respeito que ele tem pra dar.
    O verdadeiro médico, aquele que estudou e um dia fez um juramento, não se preocupa em brilhar por orgulho próprio e vaidades fúteis, ele procura ser o melhor no que se propôs a fazer, para um dia quando ele parar de exercer o seu ofício, ele tenha a consciência do dever cumprido. Parabéns Dra. Cláudia pela sua linda carreira, que Deus ilumine a Sra. Mais e mais, porque pessoas como a senhora são seres que vêm á vida, com determinadas missões a cumprir, e esta é a sua, cuidar dos que sofrem. Beijos em seu coração.

  29. Não posso considerar esse tipo de conversa sem pensar de fato nas inúmeras informações Kardequianas que relatam falam e distinguem esse assunto já tão abordado por essa nossa comunidade Espírita. O Espírita convicto é um ser-humano diferenciado dos outros por manter conhecimento muito acima dos já convencionais centros religiosos do mundo inteiro, nós ao falar da morte sentimos exato momento de confortabilidade em disparar conteúdos significantes na eternidade da vida e a evolutiva forma de tratar empecilhos dramáticos e emocionais na explicação da reencarnação. E dentro desse magnifico estudo quando adentrado nas nossas emoções e no nosso coração, sabemos apreciar cada momento de nossos mais queridos entes, pelo motivo de regularizar aos equívocos e manobrar para o bem, aos próximos passos que o Amor pode legar ao nosso irmão. Portanto, esse assunto só assusta as religiões mais conhecidas que por consequência, nada explicam de fato, qualquer item relacionado a nossa vida futura. – Nivaldo

  30. sou obstetra em atividade universitária. professor jubilado, escritor com 9 livros publicados e palestrante da Unimed-Prev fazendo 10/12 palestras mensais. Tenho uma palestra sobre A morte, com uma visão biopsicossocial. Além da humanização obrigatória no evento gosto de estudar ela pelo ângulo do Morrente, segundo os estudos russos, e a neurociência com as alterações dos neurotransmissores até ocorrer o desligamento dos neurônios. Como medico participante do inicio da vida, como um ser humano cheio de energia e vitalidade, afirmo não temer a morte, a não ser a fase terminal, misto vigília/ausência quando então o humanismo assistencial é fundamental. A natureza é sabia, defende a vida e não acabaria com ela grosseiramente. Seguramente vai nos embotar a consciência, nos deixar comatosos, ausentes para acabarmos tranquilamente o The end.

    1. Cara: você foi a segunda grande surpresa da noite! Acabei de ver/ouvir a palestra da Dra. Cláudia e estava a meditar se seria conveniente compartilhar mas a sua visão complementou com chave de ouro. Com 74 anos tenho autoridade de falar no assunto. Parabéns…

  31. Adorei o vídeo e me emocionei muito. Tive a experiência. Meu marido passou 6 meses na UTI, vítima de uma parada cardíaca e foi mui muito desumano quando começaram a falar dos cuidados paliativos. Pouquíssimos médicos, alguns enfermeiros e alguns técnicos de enfermagem…foi muito sofrimento. Ele partiu. Gostaria de ter encontrado alguém com a visão da Dra. Ana Claudia, tão humanizada…não só a partida dele teria sido diferente, com também a minha vida… o meu sofrimento…. obrigada

  32. Desculpe-me, mas não posso concordar com essa teoria ” de que a morte é um dia que vale apena viver”, pois mesmo acreditando em Deus não sabemos o que nos espera em um lugar que ainda não temos certeza do caminho, apenas suposições. Esperamos que o outro lado da vida seja melhor que aqui.

    1. Tudo que ela , falou e falou , e , se, dedica , na VERDADE , é uma atenção maior que o medico vai dar ao paciente terminal . Porque existem muitos hoje em dia que se acostumaram , com a morte , não podem se
      envolver nem se emocionar com isto ; tanta coisa explicou, e no fim se resume em uma só coisa ATENÇÃO e um pouco de carinho para o terminal , porque é nele que os olhos do paciente está postos esperando uma resposta ou ajuda , ou se a medicina descobriu alguma cura para prolongar a VIDA ;VEJA voce , ela não colocou nenhuma religião , e apenas falou em DEUS muito pouco. Na verdade como se ele fosse uma coisa igual a muitas ; Se ESQUECEU COMPLETAMENTE de JESUS CRISTO e se ESQUECEU QUE ELE nos DEU a VIDA ETERNA , linda e maravilhosa um corpo IGUAL ao dele onde ganhou lá na CRUZ ,com tanto sofrimento e tudo por AMOR a uma humanidade perdida ; TALVEZ não pode falar por ter muitos que não ACREDITAM e DEUS e no seu FILHO JESUS CRISTO , pois ela não quer magoar as pessoas , e sim passar alguma coisa . boa para elas no fim de suas vidas ; TODOS SABEMOS QUE UM DIA MORREREMOS ; PASSO MUITO OTIMISMO E ESPERANÇA AS PESSOAS ENFERMAS E TRISTE NO HOSPITAL E QUEREM MUITO , MUITO , VIVER , POIS A DOENÇA NÃO ESCOLHE IDADE . PASSO JESUS CRISTO AUTOR DA VIDA E QUE DESTRUIU A MORTE, E EM BREVE VAI VOLTAR ;e NÓS DEU A VIDA ETERNA E MARAVILHOSA TUDO POR AMOR; QUE MUITOS NEGAM EM SEUS ENSINOS CRIADAS POR HOMENS E ENGANADOS POR ANJOS CAÍDOS. O JUSTO RECEBERÁ A COROA DA VIDA SE OBEDECER A LEI DE DEUS ; QUE É AMAR A A DEUS DE TODO O CORAÇÃO DE TODA A ALMA E TODO O ENTENDIMENTO , E AO PRÓXIMO COMO A TI MESMO , E CRER EM DEUS PAI E SEU FILHO . NA BÍBLIA TEM TUDO QUE PRECISAMOS , E O QUE ELA FALOU , NO FUNDO E A LEI DE DEUS – AMOR , CARINHO , ATENÇÃO ;

  33. Com enorme profissionalismo e sensibilidade, Drª Ana Cláudia transforma um tema evitado por muitos em uma aula sobre a vida. Todos nós vamos passar por este dia, e fica menos doloroso quando se tem um profissional com este empenho e dedicação.

  34. Raridade essa medica! é de uma sensibilidade impar tratar cada paciente como único.Parabéns doutora por exercer a verdadeira medicina; a de humanização de amor e respeito ao próximo.

  35. Parabéns pela palestra. gostei muito pois também depois que perdi uma filha comecei a ver a morte de um jeito diferente gostaria de te-la como minha geriátrica, pois tenho 67 anos só com muita saúde apesar de já ter sido operado de um câncer de próstata mas sigo minha vida tranquilo. Obrigado por esta palestra.

  36. Parabéns , pelo maravilhoso trabalho , pela dedicação e amor ao próximo.
    Que bom seria , se esse fosse o perfil da maioria dos profissionais de medicina.
    Com certeza, serve de inspiração à outros profissionais.

  37. Parabéns Dra. Ana Cláudia! !
    A palavra paliativo me vem soando com um significado de é não tem mais jeito e cuide-se.Hoje com o avanço da medicina, temos a terapia celular, que consegue modificar sensações mas, como todo diagnóstico precisa de acompanhamento de um profissional, que é alimentar as sensações inserindo com o amor, atenção e dedicação. A vida é bela e deve ser respeitada até que o tempo dure . Amém.

  38. Vi e me sensibilizei com o conteúdo deste filme, porque este assunto nos força a viver uma realidade da qual não temos como fugir. Independente da profissão que temos precisamos aprender lidar e melhor compreender o próximo, para com amor e generosidade ajudarmos a enfrentar a dolorosa fase terminal que a morte natural nos impõe.

  39. PRECISAMOS DE MEDICOS MAIS HUMANOS,QUE SE CONSOLIDARISE COM OS SOFRIMENTOS DE NOSSAS DOENCAS E ESTA MEDICA,DIZ TUDO UE ELES PRECISAM PRATICAR POIS NA MAIORIA DOS ATENDIMENTOS SOMOS TRATADAS COMO OBJETOS,NAO TEMOS CULPA SE O SISTEMA NAO E JUSTO SO SEI UE A VIDA TEM QUE SER LEVADA MAIS A SERIO.

  40. E muito lindo ver a sensibilidade da medica Ana Claudia, o seu carinho no trato de um tema tão difícil de ser encarado, assim como perceber o seu entendimento das necessidades humanas

  41. Bom! Venho de uma tradição, carrego um principio civilizatório de que a morte nasce com a gente e cultuamo-a em todos dias de nossa vida. Brinco com minhas filhas que meu “Mucondo” como chamamos nosso ritual de morte que nele vai ter sopa e gelo que são duas coisas que gosto. Nesta tradição ser reconhecida, ter vivido minha individualidade para o coletivo, ter construído o hoje o amanhã e respeitar quem já passou faz o dia da morte um belo dia para ser vivido, daí fazer as comidas, as festas, dançar para quem se foi. FAlei isto para dizer que portanto me senti altamente como médica que sou e como da tradição de matriz africana representada pela colega Só para encerrar “Pallium” Na nossa tradição é assim que Kavungo, Obaluaê o senhor do equilíbrio, o próprio sol vem coberto pela palha, pelo manto do cuidado, por isto ele é o grande médico da nossa tradição, tradição esta que é muito mais antiga do que a citada pela colega só que discriminada, viva a África a primeira civilização da terra.

  42. Dizem que quando amamos o que fazemos não iremos trabalhar um único dia de nossas vidas… Acho que é assim com essa doutora… Ela com toda certeza ama o que faz! Não entendo alguns médicos que trabalham sem se quer olhar para o paciente, médicos desmotivados porque são poucos os recursos, ou porque o salário não corresponde a sua carga de trabalho… Ai me pergunto então, escolher ser médico porque??? Acho esta profissão tão incrível, conhecer o corpo humano na sua magnitude, saber que podem salvar uma vida, curar a dor de alguém, poupar sofrimento… e ai no meio de alguns excelentes médico “humanos” existem aqueles médicos “açougueiro”… é lamentável! Parabéns doutora! Parabéns pela linda profissão! Parabéns pelo ser humano iluminado! Parabéns por nos fazer acreditar que ainda existe bons médico!

  43. É MARAVILHOSA ESSA PALESTRA,E FAZ COM QUE REPENSAMOS NOSSA VIDA NOSSOS CONCEITOS,E O DESEJO DE SER UMA PESSOA MELHOR A CADA DIA.E COMO SERÍAMOS ABENÇOADOS SE PUDÉSSEMOS ENCONTRAR PESSOAS COMO VOCÊ NO NOSSO CAMINHO,SE HOUVESSE MAIS MENTES ILUMINADAS MAIS HUMANAS.

  44. Muito agradecida por levares a sério o teu trabalho e principalmente por teres entendido o verdadeiro Valor da Vida. Fiz esta experiência de ter ao nosso lado um Médico que soube respeitar o momento de minha mãe na descoberta de um câncer de fígado e o nosso ao seu lado…..Que cuidou de seu sofrimento mas que respeitou a sua vida até o momento do reencontro dela com Deus. Que possamos ter cada vez mais, pessoas preparadas e dignas de acompanhar este dia que vale a pena viver
    .

  45. Muito emocionante,esta Médica realmente é uma criatura Iluminada!!!!Um anjo que Deus já Abençoou, quao maravilhoso seria se muitas e muitos Pessoas Profissionais de saude como eu conseguisse parar e ouvir o que falou!!!!Muito Obrigada Atenciosamente!!!!!!!

  46. Parabéns, a paz que você transmitiu com suas palavras para nós que assistimos o vídeo, nos leva a crer o que sente um paciente ao seu lado. O ser humano necessita em todos os momentos em que procura um médico de um olhar como este: fascinante, brilhante e acima de tudo amoroso. Que este vídeo chegue a outros profissionais da saúde principalmente nos lugares menos favorecidos.
    Parabéns!!

  47. Drª Ana Claudia, Você fez uma linda desertação sobre, doença, paciente, médico e emoções. Vou me formar em psicologia, e como é difícil tratar de um paciente terminal, e você falou tudo sobre a família adoecer junto com o paciente. Fiquei muito emocionada com suas palavras. Deus te ilumine cada vez mais, pois você é um ser de muita luz.

  48. Impressionante a habilidade dela em fazer palestra… A respiraçao… a voz sussurrante…. e um monte de clichês bonitos e citaçoes poeticas. Parece pastora evangelica falando. A palestra tem mais o objetivo de emocionar e fazer chorar do que informar em si. Ela da informaçao, mas pouquissima. O tema de cuidados paliativos em si ela nao abordou. Só falou o báscio da relaçao médico paciente. A palestra devia chamar “relaçao medico paciente para leigos”.

  49. Ótimo Vídeo!

    Parabéns à Médica Ana Cláudia Quintana;pela ‘HUMANIZAÇÃO” na Medicina Humana!
    Pena, que Profissionais como Ela,sejam minoria! Pena maior ainda, é que muitos dos Medicamentos utilizados na Medicina Humana;inclusive em Pacientes em Cuidado Paliativo, ainda sejam Testados nos Inocentes Animais…nos Olhos dos Coelhos, nos Cachorros(lembrar do Instituto Royal – Caso Beagles); nos Macacos; etc.
    “A Morte é um Dia que Vale à pena Viver!” (Dra.Ana Cláudia Quintana)
    Que a Vida de Todos os Seres, valha à pena ser Vivida! Que Todos os Seres, possam deixar o Corpo,sem Sofrimento!!

  50. Maravilhoso!! Deveria ser visto por todos os médicos que se propõem a ter dignidade no exercício profissional!
    Parabéns, colega!
    Como médica ,exercendo e amando a Medicina, há 49 anos, me emocionei e desejei que, um dia, todos os profissionais tivessem essa visão de vida e de morte!

  51. parabens, pela primeira vez ouço uma palestra que vem de encontro com trabalho que já realizei pelos corredores do hosp.das clinicas onde pude vivenciar claro um pontinho de todo este universo, mas que foi muito gratificante naqueles anos no quais pude fazer parte de algumas vidas que estavam sensibilizadas pela doença, realmente agente pensa que esta se doando, mas na verdade agente estava recebendo muito mais que dando de nós mesmos, maravilhoso….Deus é tremendo demais….e o .aprender OUVIR, esta é uma lição explendida…consolo,despertar consciencia em resposta do porque esta acontecendo com ele aquela situação….´há o arrependimento e muitas vezes a cura, muitos receberam auta medica, e para nós uma grande alegria…mas tudo isto anonimo, mas não diante de Deus que vê todas as coisas….

  52. Apenas, parabéns! E gratidão pelo trabalho. Deu o pontapé inicial para tratar um ser humano no seu momento mais dificil, onde a doença mostra a Dor da Alma. E é a Alma que precisa ser tratada.

  53. Ouvindo estas palavras, comprendi que durante todo o tempo se falou de Amor. Amor este vivenciado por quem atingiu a maturidade espiritual e certamente acredita em Deus.
    Este sentimento tão nobre, certamente ajudará as pessoas a seguirem o seu caminho de volta a casa do Pai.
    Simplesmente lindo!!!

  54. Cada um tem seu manto de acolher, mas o tempo de saber ouvir naquele momento de fragilidade são poucos….fico feliz de ver um auditório interessado e uma profissional dividido seus conhecimentos e buscando seguidores. Que maravilha .

  55. Graças a Deus, ainda existe médicos, enfermeiros que vivem a humanização, com essência, que valoriza a pessoa, o cliente num todo, que sabe viver o amor, e levar ao outro um pouco de amor. Valorizar o outro num todo, independente de raça, cor, religião e condição social.
    Cada um é um ser único, e o amor é para ser dividido com seu irmão.

  56. Maravilhoso, uma humanização muito grande na fala e uma postura ética invejável.
    Precisamos de profissionais que se preocupem com o outro e faça o melhor. Morrer com
    dignidade é fundamental……

  57. Muito importante a palestra da Dra Ana Claudia e como ela fala dos cuidados paleativos, quem dera que todos os profissionais da área da saúde fossem como Dra. Ana Claúdia, ela cuida com amor e isso tudo faz a diferença.

  58. Dra Ana vc é demais! Simplesmente uma pessoa maravilhosa, vitoriosa e corajosa!
    Tomara existissem mais profissionais como vc! Com certeza, as doenças diminuiriam, os sintomas psicológicos talvez nem existissem, pois nos sentiríamos mais seguros e nada temeríamos!
    Parabéns!
    Muito sucesso em sua caminhada!
    Muita Luz!
    Abçs,

  59. Me emocionei demais com tamanho amor e sensibilidade…..vc entendeu a vocação de um médico…. num mudo onde cada vez as pessoas estão duras e frias eis que surge uma médica apresentando acalanto aos seus pacientes …….. Que seja muito feliz sempre

  60. Me senti muito honrada em assistir a Palestra da Dra. Ana Cláudia Quintana Arantes, nunca generalizei os atendimentos médicos como frios e sem compromisso com o paciente, porque no fundo, acreditava que pudesse existir doutores como a Dra. Ana;
    Vou compartilhar a palestra para que outras pessoas também tenham a sorte que eu tive;
    Parabéns Dra. que Deus te conceda força para continuar a jornada e formar mais médicos como a sra.

  61. Drª. Deus, usa pessoas como você para nos mostrar que Ele existe e que podemos sim acreditar no ser humano, você ILUMINADA e GUIADA por ELE. Desejo que tenha uma vida longa, para que muito possam ter o prazer de conhecer seu trabalho. Parabéns e muitas bençãos em sua vida.

  62. Dra. Ana Claudia: A senhora falou tão pouco e eu chorei tanto…tenho 70 anos e começo a me preparar para este “dia ” do qual a senhora colocou tão bem. – Muito obrigada por existir e ajudar as pessoas pelas quais a senhora se dedica a cuidar, vou guardar bem suas palavras e se DEUS quiser vou na primeira classe, pois já venci a primeira etapa a do medo, hoje encaro esta fase com naturalidade e gosto de me aprofundar no assunto. -Que DEUS abençoe sempre a senhora.

  63. Só temos a agradecer à Deus por esta profissional,e agradecer à ela por passar sua experiëncia com a morte com requintes de beleza de uma vida,e assim encantar outros profissionais ..e quem sabe um dia encontremos um deles …

  64. Falar o que a respeito dessa verdade tão claramente explicada? O bom seria que todos os que sentam-se do outro lado da mesa, de qualquer “mesa”, tivesse essa lucidez…
    Como ela falou, a morte é a certeza na vida, mas, quando se está na “reta final”, é exatamente desses cuidados que ela carinhosamente tentou passar a todos ….

  65. Que espetáculo! Me identifiquei com esta palestra e palestrante. O tema do RESPEITO LEGÍTIMO pela vida que “cuidamos”, é, a meu ver, o mais importante sentimento e objetivo que podemos e devemos ter com esta vida. A doença deixa de ser figura de primeiro plano. O ser humano integral (emocional, psicológico e espiritual), então, passa a ocupar o devido lugar; evidentemente não diminuindo ou substituindo a importância do aspecto físico – deixando apenas este “físico” de ser o mais importante na VIDA. Sou musicoterapeuta… e “assistir” esta palestra foi fundamental pra mim, para que eu continue a seguir este caminho – o RESPEITO PELA VIDA, em qualquer nível em que ela esteja. Grata e parabéns à Dra Ana Claudia Q. Arantes.

  66. eu vi esse vídeo no Facebook,eu fiquei impressionada,jamais parei pra pensar na vida assim,dessa maneira,eu não tinha pensado na morte desse jeito,agora eu aprendi,vou viver a vida,como se fosse a ultima vez,com amor.

  67. Muito lindo a forma de se ver a morte e deixar as pessoas tranquilas com o que esta acontecendo.Deveria existir mais vidios como este ate mesmo pra servir de consolo pra muitos que nao sabem como lidar com isto .

  68. Estou chocada…..estou emocionada……….estou Feliz……..Triste. Essa pessoa……essa médica , é um Anjo, uma enviada de Deus! Seria umpresente de Deus conviver com esse Ser Humano inimitável e Maravilhoso.Deus abençoe essa Criatura …….não tenho palavras .

  69. Boa tarde quero dizer que assisti o video e adorei essa explicação ! mas como estudo a doutrina espirita acredito que as pessoas teriam menos medo ou se preocupariam menos se desde pequenos aprendessem que a vida continua que aqui só estamos de passagem , e quando passar o trem teremos que pegar nossa bagagem e ir, é claro que não bagagem material mas sim o que fizemos de bem de caridade , quem perdoamos o que aprendemos de bom é o que levamos dessa vida e mais nada . Eu nem imaginava que existia cuidados paliativos e admiro muito esses médicos dou meus parabéns a Doutora Ana Claudia pois não é pra qualquer um. fiquei muito comovida pois passei recentemente por quimioterapia e radio, imagine quem esta no final da vida com sofrimento! um grande abraço !

  70. DRa. Ana Cláudia, foi uma benção assistir essa palestra ” A morte é um dia que vale a pena viver “. Porque eu trabalho no Hospital do Câncer de Uberlândia, MG, como voluntária, trabalho no acompanhamento, junto com o paciente que está passando por quimioterapia. Sei que faço um trabalho diferenciado, com atenção, carinho e dedicação ao paciente. Mas ao mesmo tempo tenho a minha mãe que hoje por coincidência está fazendo 90 anos, é uma pessoa de personalidade forte, o corpo envelheceu mas a cabeça está como a nossa, não se conforma com a situação atual, a convivência nesse momento deveria ser maravilhosa, ela se torna estressante. Eu oro todos os dias por ela e por nós para cumprirmos essa missão.

  71. Vídeo com palestra excelente. Tenho 32 anos de formação em fisioterapia e trabalho há 28 anos com terapia corporal minimizando dor “física” , mas sempre vi cada paciente como único na sua dor. Pois a dor pode ter a mesma causa e o mesmo local porém é em pessoas diferentes, cada uma com sua história ou seja sua vivência, portanto não terá a mesma resposta com o mesmo tratamento. Assim tenho resultados muito positivos em meu trabalho. Mais uma vez aprendendo com pessoas que vêem o ser como um todo e não apenas como mais um. Obrigada doutora Ana Claúdia.

  72. Palestra maravilhosa. Se todos tivéssemos condições de encontrar numa possível fase terminal de uma doença incurável um profissional engajado assim realmente a morte seria um dia maravilhoso de viver.

  73. Feliz com a oportunidade de conhece-la. Sou médica há 33 anos em uma pequena cidade do Paraná, vivo isso todos os dias. Fico feliz e honrada com cada paciente que atendo. Acompanhar um pessoa por tanto tempo cria um vinculo de respeito, amor e amizade.
    Minhas vida é a da dos antigos médicos de toda família, do nascimento a morte. Estou cuidando da 3ªgeração. Partilhamos de mesmas idéias e ideais. Um grande e carinhoso abraço. Obrigada.

  74. Excelente mensagem. Contribuição consciente do outro lado da moeda da vida. Precisamos de mais médicos com essa visão. Sim, não somos somente matéria física, e as outras partes de nossa existência gritam por apoio e cura mesmo no ultimo dia de nossas vidas. Muito obrigada Dra. por sua mensagem digna de manchetes em todo o mundo. Um abraçasso cheio de emoção de agradecimento por todas as vidas e mortes q sua energia consegue ajudar. 🙂

  75. Todos os médicos deveriam conhecer a dra. Ana Cláudia e aprender o “paliativo”. Eu adorei conhecê-la e saber que podemos contar com esse tratamento.
    Deus a abençoe, Dra.

  76. Gostei muito de ver uma profissional médica ter um ótica diferenciada frente ao paciente terminal. É uma lição para todas as pessoas quem tem a possibilidade de cuidar do outro.

  77. A morte é um dia que vale a pena viver sim, quando os pacientes tem a oportunidade de encontrar profissionais com você que além de dá o tratamento adequado dá também atenção, carinho, amor. Realmente você é raridade dentro da medicina parabéns pelo belo trabalho e que sirva de exemplo para todos os profissionais da saúde.

  78. Muito Feliz Doutora Ana Claudia, por saber que existe pessoas assim como vc, com esse sentimento mais que bonito pelo sentido da vida, me alegra muito que vc faça parte da vida dessas pessoas que estão prestes a seguir viajem. e que faz alimentar a sede de viver cada segundo da vida de cada um deles. Parabéns pela Palestra. Valeu um monte pra mim poder ter assistido esses 18 minutos. Um forte Abraço.

  79. Maravilhoso depoimento, interessante, acertivo. Sou Espírita e acho que ajudar as pessoas a entender a Traansiçāo, enevitável é essencial. Como foi ditto, ninguém está preparado para partir; mas se a Pessoa consegue entender o que lhe está acontece do, ela sofrerá menos.
    Parabéns por ter escolhido essa difícil parte, para a maioria, da Medicina.
    Espero q essa Palestra abra os olhos e coraçōes de muitos outros proficionais da área, para que cada vez mais possam ajudar os patient es terminais.
    Parabéns e que Deus a conserve, maravilhosa e sensitive como é.

  80. parabéns, doutora….. sou psicóloga. Fiz meu estágio em hospital, pois gosto desta área, da tanatologia, e o que me admirou foi a saída dos pacientes em óbito, por um lado quase fora do hospital, muito escondidinho…. por que nossa saída deste mundo tem que ser assim, tão solitário? pelos motivos que você explicou, vejo ser pelo fato das pessoas não gostarem de falar da única certeza que temos nesta vida tão curta…..gostei muito de ver que ainda existem médicos com humanidade, coisa difícil de se ver hoje em dia, onde as pessoas menos favorecidas, não têm atendimento algum, nem durante a doença, nem na hora da sua morte. Obrigada

  81. Queria conhecer esse ser humano incrível, porque a morte pode ser durante muito tempo, apenas uma ameaça sobre nós. Quando se torna próxima, real porque leva alguém a quem amamos, então podemos compreender mais que qualquer teoria é capaz de dizer: a vida merece carinho e a morte…bem, a morte é certa e nem por isso menos importante. Obrigada pela oportunidade de assistir isso!

  82. Nunca vi uma palestra tão linda como esta.Tem que ter muito amor e compreenção para entender pessoas que passam por este momento.
    A quatro messes atrás eu, meu cunhado e duas irmãs passamos por estes momentos com um
    irmão em cuidados paliativos.Exatamente esse é o momento que a pessoa se prepara para
    viver a morte necessitando do nosso amparo e carinho é atravez dele que ela consegue pensar
    e pedir desculpas, perdão esclarecer alguma coisa e talvez fazer até um pedido,para seguir em
    paz que é o que todos merecem,viver a morte e ter uma morte digna. Pensamos sobre isso hem.
    Agradeço a Dra Ana Claudia por este depoimento amoroso e de tamanha importância para
    todo ser humano. Que Deus lhe abençõe sempre.
    Agradecida Eloisa

  83. Queria conhecer esse ser humano incrível! Foi a melhor e a mais completa definição de cuidado que já conheci. A morte, que paira sobre nós como ameaça durante toda nossa vida, torna-se real quando morre alguém a quem amamos. Compreender que esse momento pode ser significativo positivamente ajuda a aceitar melhor nossa finitude, essa humanidade tão difícil de carregar. Este mês faz um ano que perdi meu pai e ter podido estar com aquele naquele momento fez toda a diferença. Obrigada Dra. Ana Cláudia.

  84. Dra. Ana Claudia é realmente um ser ímpar. Isso que é um grande amor ao ser humano .É um ser abençoado por Deus, que a induziu a viver entre nós. com certeza. Parabéns pelas lindas palavras e lição de vida. Maria Lira

  85. Fiquei encantada com a palestra e chorei até. Quem tem parente com doença terminal sofre duas vezes. Uma pela morte inevitável e breve do seu ente, outra pelo atendimento que irão receber. Infelizmente na maioria dos casos os médicos dão as costas aos pacientes terminais. Isso é muito claro nos hospitais. São raros os médicos que dispõem de tempo e carinho para estes casos. Fiquei feliz em assistir esta palestra, com certeza muitos vão se inspirar neste belo exemplo.

  86. Verdades e emoções se misturam nesse tocante depoimento. Seguramente a Dra. Ana Claudia é um ser humano impar. Sua sensibilidade, solidariedade e dignidade nos faz acreditar no homem. É um exemplo de vida! Obrigada!

  87. Essa temática da morte sempre me despertou muito interesse, mas como a médica Ana Carla comenta, a maioria das pessoas sempre fogem desse tema e entendem que quem se interessa por ele tem sentimentos macabros ou negativos e isso não é verdade. É muito interessante perceber a morte do corpo físico como sendo o cumprimento de uma etapa da vida que no seu sentido mais amplo se estende para outras dimensões. No meu entendimento a falta de uma espiritualidade genuína (não me refiro a religião) é o que impede as pessoas de compreenderem esse fenômeno natural e inexorável para cada ser vivente. Fico feliz de saber que existem profissionais da saúde como a média Ana Carla que se dedicam com tanto altruísmo a esse momento tão especial da vida, mas tão pouco compreendido pela maioria das pessoas.

  88. Esta linda visão de um verdadeiro médico, consciente de suas funções, não só quanto a cura das doenças, mas também o acompanhamento de tratamento do processo natural de um ser, aliviando ao máximo seu sofrimento! Perfeito! Porém nós pacientes podemos minimizar tanto o nosso sofrimento quanto dos familiares e médicos envolvidos! Como? tratando de conhecer as verdades sobre os mecanismos da vida durante a vida! Sabendo muito antes que MORTE NÃO EXISTE! que todos um dia teremos que deixar este corpo transitório para trás, quando não mais serve a nossa missão de aprendizagem e simplesmente voltar para o mundo real, muito mais vivo do que aqui! Quando nos concentramos nos efeitos da doença, nas dores inevitáveis, potencializamos nosso sofrimento e das pessoas a nossa volta! quando sabemos que tudo vai passar, que continuaremos vivos, que não vamos nos separar de quem amamos, que viveremos bem melhor, sem as limitações impostas a este corpo denso e frágil enquanto vivos, quando sabemos que este mundo é nada mais do que uma ilusão como um palco criado temporariamente para atuarmos e amadurecermos, errarmos e acertarmos, para evoluirmos ESPIRITUALMENTE!”, que somos seres imortais que a vida jamais se extingue e que para aquilo que não tem solução .. solucionado está! tudo fica mais fácil e até prazeroso! Já passei por algo parecido há alguns anos atrás, quando foi diagnosticado erroneamente que eu tinha um tumor considerável no intestino e que minha situação era, no mínimo difícil! Enquanto todos estavam preocupados, eu estava me sentindo extremamente feliz, porque talvez meu tempo de aprendizagem a nesta vida, minha missão estivesse próxima de acabar e eu iria voltar para casa! No meu íntimo estava feliz! facilitei muito a vida dos familiares e médicos na época! fiquei frustrado por fim sabendo que ainda teria muito tempo de ” estudos nesta escola da vida!” , ninguém quer em sã consciência continuar a vida toda na escola enfrentando provas a vida toda! todos queremos nos formar e alçar voo na vida para desafios maiores… evoluir !!!! Portanto, esta situação será sempre mais ou menos estressante dependendo muito da visão de vida do paciente ! deveríamos nos preparar para este sublime momento durante a vida e não deixar para pensar sobre ao assunto na hora! Grande parte do que sofremos é desnecessário!

  89. Parabéns Dra. Ana, deveríamos ter mais médicos com toda essa habilidade,vejo muito médicos que não usam a hermenêutica nem a propedêutica para com seus pacientes.Que Deus a abençoe. Já fui voluntária em um asilo de idosos e sei , exatamente do que falou e acho ainda que devemos ensinar também os idosos a saber envelhecer, isto eu aprendi em um livro ” saber envelhecer “do grande senador grego Cícero. me emocionei e vou compartilhar com meus amigos essa sua linda palestra.

  90. Tem como não chorar? Claro que não, pois a Doutora toca na alma das pessoas com tanta sensibilidade que ficamos completamente emocionados! Pessoas assim deveria existir com mais frequência em todos os segmentos, pois assim a morte seria bem melhor!

  91. Gostei muito porque acredito também que o caminho é este. Penso que nas faculdades de medicina tem uma lacuna onde a morte não pode ser incluída como parte da vida. Parabéns pelo seu trabalho e pela sua humanidade.

  92. Parabéns pela dedicação e aprofundamento neste assunto, que por mais que saibamos desta partida, certamente que nos incomoda, assim como evitamos sempre discutí-la. O que mais me chamou a atenção foi exatamente a preocupação desta profissional em divulgar e promover as palestras. EXCELENTE

  93. Ouvir palavras, pensamentos, ideias de alguém como essa médica, Dra. Ana Quintana, é como escutar uma letra de música embalada numa linda melodia, que nos faz silenciar, chorar, viajar pro passado , presente e futuro….. É gostoso, muito gostoso ouvi-la, saber que existe é real…
    Uma porta aberta em direção contrária. Valeu mesmo111

  94. Como enfermeira sempre acreditei muito na atuação do profissional de saúde que faz a diferença no fim de vida dos pacientes. Certamente esta palestra nos mostra que ainda temos muito o que aprender neste sentido e que, infelizmente, poucos estão preparados para este cuidado, da forma com que foi brilhantemente descrito pela Dra Ana Claudia. Parabéns! Magnífico!!

  95. Que bom, Doutora, parabéns pelo seu trabalho e preocupação. Tenho cuidado de amigos e parentes em fase terminal, e o pior é perceber, a falta de compreenção dos outros, no momento final e mais importante da vida de um ser.
    Não considero maldade, mas, falta de tato e medo pelo que está por vir, cuja negação é
    uma afronta pra quem sofre.
    Aprendeu-se a nascer, nascendo. E só vai saber da morte morrendo. Até a ultima lágrima, pensamento, dor ou seja lá o que for. Há que se estar preparado para viver o fim.
    Assim, acredito, porque todos precisam viver dignamente, e até o fim, a alegria de ter nascido.

  96. Dra Ana Claudia fez de sua profissão uma vocação de tratar o ser humano até o fim , fim que por sua palestra determina um ultimo dia ainda que seja o ultimo vivido FELIZ.
    PARABENS

  97. Parabéns, Dra Ana Cláudia, fiquei muito feliz de ouvír , sua palestra pela internet é incomparável ao ciclo da vida material e depois podermos chegar a Espiritualidade, você conseguiu transformar o paliativo para outra vida e pena não poder esta presente neste auditório,até porque nem médica sou e minha área é tão diferente da sua, mas consigo entendê-la muito bem o que diz, sua grandeza espiritual é maravilhosa ,iluminada e muito crescente, ainda bem que é uma Geriatra, no sentido íntegro da palavra,por saber da
    tamanha responsabilidade do ser da geriatria. Pequenas crianças, adultas. O que posso lhe dizer que vivi este paliativo com meus pais, e sempre agir tão bem, a respeito de saber entender deste seu lado profissional de Geriatra. Veja um dia um médico convidado como paraninfo de alunos da Faculd. Una, onde formavam vários colegas seus, alegres e feliz da conquistas, superar os livros e os plantões ,pacientes em várias situações e este Mestre Doutor disse: Queridos colegas se vocês não estiverem hábitos de saber receber seus clientes de olha-lo, perceber que este confiando em vocês, não souberem ler os seus olhos,não souberem dar um abraço forte, como se fosse seu melhor amigo.. .. Posso lhes disserem que não estão nem um pouco preparados e Eu não serei nem capaz de discursar para vocês. Só espero que a cada palestra sua se sairem médicos na faixa de 04 , tão preparados igual a Sra, Eu lhe diria: Parabéns!!!!! Pelo seu Diploma Raro de conseguir, sua grande Evolução de Vida.

  98. Estou, simplesmente, sem palavras! Emocionada com tanta sensibilidade e competência!
    Tudo isso que ela falou é externado, inclusive, por familiares que sentem a falta desse cuidado, dessa atenção, desse amor dedicado, que busquei em tantos profissionais para cuidar dos meus pais!! Sabe, ser ouvido com atenção! Olhos nos olhos! E não com bocejos, fisionomia de enfado, sem saco de ouvir aquelas palavras cansativas e longas!! Acompanhando meus pais em consultas à geriátras, já vi tudo isso!
    Parabéns, Dra. Ana Cláudia! Você é ímpar!
    Quem me dera morar na sua cidade!
    Deus a abençoe!

  99. Parabéns Doutora Ana Claudia:
    Sua aula é lúcida, clara, explícita, inquestionável e, principalmente, muito fácil de se compreender. Quisera eu, na minha hora, poder contar com alguém como você.

  100. Dra. Ana Caludia!
    Parabéns pela seu posicionamento, pela tranqüilidade de ver o porvir, com a serenidade e generosidade dos grandes.
    Minha namorada e medica paliativista. Muito dedicada, apaixonada, comprometida com esta missão linda e rica.
    Sou engenheiro mas sempre tive uma visão de espiritualidade maior e não acritava que alguém pudesse ser FELIZ sem uma boa base espiritual.
    Sou Budista há seis anos e tenho evoluído muito com o conhecimento do Dharma.
    Estou ancioso que Penelope chegue, pois esta no Hospital, para que veja que assim como ela tem tem você,

    Grande abraco!

    Tulio

  101. Esse tema ne fascina . Fiquei varios anos num grupo que estuda principalmente ele.
    Gostaria muito que me enviassem por email o link desse video para poder assistir em outro momento. Aqui no face acabo perdendo com o tempo essa postagem. Sou psicologa numa aborgagem junguiana e transpessoal numa abordagem corporal e de integraçao psicofisica.

  102. Muito obrigado por você existir. …. E espero profundamente que mais médico sejam criadores de amor no profissionalismo. …. Amor nas pessoas… simplesmente por ser seres Humanos …… Obrigado. ….

  103. Desde quem entrei na PUCC, como Prof. de Enfermagem. O que mais me intrigou em toda classe de saúde, médico, enfermeiro, fisioterapeuta etc.. Foi sempre ouvir: O paciente do leito nº X com Tal patologia.
    A existência de negar um ser humano é visível até hoje pra mim, e me causa dor a cada vez que presenciei e presencio isto. Hoje já aposentado com menor frequência.

    Joel Duran Alonso coren 40.458 (inativo)

  104. Achei lindo seu trabalho, e a forma como cuida dos pacientes nessa fase tão difícil de suas vidas. Eu sou técnica de enfermagem, trabalho com freira dominicanas idosas. Na casa de repouso que trabalho, tem uma enfermaria com dois leitos e quando Elas vão para lá, é o momento em ficamos mais tristes pois é o tempo de maior dor para todos. Amo o que faço, cuido com amor.Beijos e sucesso.

  105. Que ser humano lindo e que profissional capaz é dra. Ana Cláudia Quintana Arantes. Fiz questão de colocar o diminuitivo de doutora em letra minúscula pela importância que ela dá a pessoa, ao enfermo, sem se importar com títulos, com sua condição financeira, com o status…ela se preocupa com aquilo que é o primordial para que a pessoa possa morrer com dignidade e felicidade: a tranquilidade e o equilíbrio.
    Eu, como católica, acredito na ressurreição e, minha mãe me ensinou que a morte deve ser o mais feliz dos momentos, pois vamos nos encontrar com Deus! Por isso não temo a morte. Sei que haverá vida além desta vida na terra. Preocupo-me em viver o presente como dádiva de Deus, e já estou mais que agradecida por poder ver minha neta com 14 anos, e dois netinhos gêmeos que ajudo a cuidar, fora as minhas duas de 7 anos. Sou muito feliz e agradeço a Deus a todo momento.
    Que mulher encantadora! Parabéns para ela, que soube se expressar magnificamente o que é o amor ao próximo! É isso que vai ter valor para Deus: “Eu estava com fome e me deste o de comer, estava com sede…; eu era estrangeiro…;estava sem roupa…; ESTAVA DOENTE E CUIDARAM DE MIM…” ( Mateus 25, 31-46) Que bonito, chegar com as mãos transbordantes de boas ações e Jesus dizer para cada um: “Todas as vezes que fizeram isso a um dos menores de meus irmãos, foi a mim que o fizeram.”
    Continue assim, e que possa contagiar seus colegas com sua atitude!
    Obrigada por ser como a flor: enfeitar, perfumar e alegrar a vida de tantas pessoas.

  106. Adorei o video. Gostaria que existem nao somente mais medicas como a Dra Ana Claudia, mas mais pessoas com a sensibilidade e carinho que ela demonstra pelas pessoas. A dra Ana Paula parece ser uma alma de muita luz . Obrigada.

  107. Abordagem belíssima. Que demonstra , competência técnica e ética . Traduz o humano , a pureza do sentimento amor, o respeito pela pessoa que esta sob seus cuidados.
    O tema é cercado de preconceitos , medos , culpas e abandonos , a palestrante brilha ao trazer para o cotidiano , com simplicidade a reflexão , sobre morrer vivendo.

  108. Onde atende Ana Claudia? Quero ser paciente dela. Meu médico é um monstro também: Dr. Ivan Tavares de Melo; uma sorte poder contar com profissionais assim; mas já tive experiencias terríveis com médicos neste país: cada paciente apenas vqlor monetário…. como quase tudo neste planeta tem nesta classificação o maior signigicado.

  109. MUCHAS GRACIAS DRA. ANA CLAUDIA REALMENTE IMPORTANTISIMO LO QUE UD, DICE, Y A MI AUNQUE NO SOY MEDICA Y PSICOLOGA, ME HIZO MUY BIEN A NIVEL PERSONAL, GRACIAS, GRACIAS, GRACIAS

  110. Gostei muito da palestra e parabenizo a competente palestrante
    Pessoalmente não tenho medo da morte, porque no significado mais comum dessa palavra (fim de tudo para o ser humano), A MORTE NÃO EXISTE.
    A vida humana continua na existência de tudo o que é obra do Criador.
    (Obs: não faço parte de nenhuma religião)

  111. Dr. Ana Claudia , trasmite de forma clara o que um paciente espera do profissional a sua frente com um estestocopio abraçado ao ombro.
    Muito além de ser examinado e medicado ele quer ser respeitado.

  112. Que em nosso país se multipliquem protetores como esta médica Ana Cláudia Quintana Arantes, que vê a pessoa apesar de toda adversidade. Obrigada pela palestra que renovou a minha esperança nos profissionais de saúde, área que afeta afetos em um momento frágil.

  113. Achei muito boa a palestra. Apesar de ser uma médica que encontrou um área de atuação que sempre esteve desamparada pela medicina tradicional e estava fando para outros médicos, eu acho, sua experiência transcende o modo de trabalho medico. Ou seja, seus conselhos e experiências podem se dirigir a qualquer pessoa. O doente terá benefício do acompanhamento medico sim, mas a família, os amigos, são fundamentais. Só faço esta observação em relação a alguns comentários aqui: mesmo que você não encontre um medico como este, não se esqueça de suas ações junto desta pessoa doente, como amigo, familiar. Não espere que o medico tenha a função de cuidar de seu ente querido sozinho, ele vai te orientar. A carapuça não cabe apenas nos profissionais da saúde, mas em todos nós.

  114. Houve algum problema, porque meu nome e endereço (acima) continuam aparecendo, embora eu já tenha feito o comentário no dia 06/7. Gostaria que o(a) administrador(a) do sistema fizesse a gentileza de corrigir essa situação.

  115. Fico muito feliz de saber que existam seres humanos como a Dra. Ana Cláudia.
    Estamos caminhando para essa salvação de Almas.
    Vou compartilhar para que muitos possam ter interesse nessa área
    da medicina humana. Obrigado pela sua sabedoria !

  116. Dra. Ana Cláudia, fiquei encantada com sua palestra sobre a Morte. Vivi o seu momento como se fosse meu, uma vez que penso da mesma forma e pude vivenciar isto na prática com meu pai. Ele viveu seus últimos 7,5 anos em minha casa, vegetativo com Alzhaimer e demência. Cuidei dele com toda a atenção, procurando amenizar seu sofrimento. E realmente é muito triste e nos dá uma impotência ver profissionais da saúde tratar com descaso (pelo fato de não ter mais muito tempo de vida) pessoas como ele. Vejo a morte como um recomeço, mas para isso, precisamos estar com nossas contas acertadas com família, amigo, seja lá quem for, para irmos em paz. Achava que não tínhamos médicos com esta visão. Parabéns, e seja sempre abençoada!

  117. Fantástica esta abordagem! Significa olhar para a morte, encará-la e dizer para ela… consegui tirar seu poder… vale a pena existir, não importa por quanto tempo, mas, como… Voce foi vencida e estou em PAZ em lhe encontrar… sem medos, com coragem e cheia de amor. Com certeza, encararei a morte de outra forma… Obrigada colega. Seu trabalho é grandioso!

  118. Fabuloso! Mulher com uma impressionante forma de comunicar. Não há palavras para descrever o fenómeno de transformação que este discurso proporciona. Bem Haja Dra Ana Claudia. Revejo-me nas suas palavras mas tem que se lhes dar voz.

  119. Antes de mais: OBRIGADA! Obrigada pela mensagem, pela postura na vida que teve a coragem de partilhar com outros e pela PESSOA/MÉDICA que que exerce com carinho, respeito e amor.
    Às vezes – todos os dias – questiono os valores que hoje em dia são impostos pela sociedade e pelos grupos profissionais. Na medicina formam-se sem duvida nenhuma excelentes técnicos de saúde, mas onde andam os seres humanos por detrás das carteiras profissionais? Nas outras profissões encontramos técnicos de várias areas que se preocupam apenas com estatísticas e números a alcançar: onde andam os seres humanos???
    Mais uma vez obrigada por transformar este meu dia em um dia especial, onde é possível acreditar que existem pessoas por detrás das profissões que exercem. Adorei a sua comunicação e desejo-lhe todo o sucesso que mereçe e espero sinceramente nunca vir a conhecer a Drª Ana Claudia, embora gostasse sinceramente de conhecer a Ana Claudia. teríamos muito que conversar e eu teria muito para aprender consigo. Conviado-a a vir a Portugal! OBRIGADA!!!

  120. Parabéns Dra. Ana Claúdia Quintana Arantes, quem me dera encontrar uma profissional igual a você, quando eu estiver nessas condições de despedida desse espaço e entrada no próximo!
    Sua inteligência, percepção e sensibilidade é um dom de Deus (ou algo mais superior). Você merece tudo de bom! Foi um privilégio inestimável ter tido a oportunidade de ouvi-la.
    Parabéns pela sua competência profissional, pelos seus dons humanos e pela sua caridade.
    Você é uma pessoa iluminada!

  121. Ao ver este vídeo me emocionei e chorei muito… Não chorei pelos que morrem ou padecem, na minha concepção eles estão se purificando com o sofrimento e ao morrerem, carimbando seu passaporte para outra universidade… Faz parte do Projeto. Chorei pelos que tem o poder nas mãos e não sabem usa-lo em benefício de ninguém… A Rede Globo e outras grandes emissoras de TV, gastam fábulas para dar chance a entrevistas inacabáveis, insuportáveis e intoleráveis com seres humanos como Felipão, Neymar e outros tantos imbecis da vida… Mas, não tem espaço para uma Ana Cláudia Quintana e tantas outras pessoas que são capazes de no prazo de 18 minutos, só 18 minutos ou até menos, transformar e modificar vidas, levar esperança e chamar às reflexões positivas, elevar a mente do ser humana aos píncaros da consciência Divina, tornando o mundo muito mais lindo e mais fácil de vivencia-lo. Negam-se em nome de uma audiência, em nome do dinheiro fácil que é ganho através do ridículo, do medíocre, do nojento da vida… As mulheres depravando-se, destituindo-se as famílias e corrompendo a juventude: essa á audiência que meu povo promove… Que pena… Que lixo!

  122. Dra. Ana ama o que faz. Tem comprometimento . Respeita o próximo. Vai além do que os olhos podem ver….exerce a ciência com consciência e traz a compaixão num momento de
    difícil entendimento para a maioria de nós. Um ser de luz…

  123. Foi uma linda explanacao sobre a vida qdo em estagio terminal. Fiquei muito emocionada, e com muita vontade de poder trabalhar com pessoas nesse estagio. Sei que tenho muito carinho, paciencia e amor pelo ser humano. So nao sei como posso fazer isso.

  124. Achei maravilhoso tudo o que você falou, que bom se essas pessoas que assistiram a palestra que eu creio serem médicos também aprendam a dar esse cuidado paliativo para o doente que vai morrer. Eu tenho muito medo da morte mas acho que se eu tiver um profissional como você ao meu lado quando chegar minha hora eu morrerei com mais coragem.Deus lhe abençoe pelo trabalho lindo que faz .

  125. Parabéns Doutora Ana Claudia! Atualmente sou escritor sobre Doenças provenientes do Transtorno do Controle do Impulso e sobre relacionamento humano. Administro o Blogue http://www.porumsegundo.com.br onde relato casos de compulsivos, porém falar da morte de um compulsivo é diferente! Já presenciei o desencarne de vários e sempre soube falar com eles que aquilo era só mais um degrau da longa escada da vida! Eterna vida, pois acredito que somos apenas energia contida em um corpo físico para aprendermos a nos amar! Então o que a Senhora falou está totalmente correto! Parabéns mais uma vez!

  126. Emocionante esse vídeo. Que pena q os médicos qd se formam fazem um juramento tão lindo e depois se tornam escravos dos $$$. Essa médica é um exemplo a ser seguido por muitos profissionais da área que façam valer seus juramentos. O mundo está carente de pessoas como essa médica. muito obrigada pelo exemplo que nós mesmos não sendo da área devemos nos alertar p sabermos conduzir um caso d doença na nossa própria família. Muito obrigada!

  127. Por isso que acredito no ser humano, são poucos o que despertaram, mas estão divulgando suas conclusões valiosas, e obvias, embora ignoradas, para fugir de algo tão simples, vive-se e morre-se!!!! se nascer é uma permissão divina, morrer igualmente !!!! Dois momentos de oportunidade, crescimento espiritual !!! Vem, aprende e retorna! …. E temos tanta dificuldade para entender que é para todos !!! Inclusive o profissional que diz saber cuidar de quem pode morrer, se não….Ohhhh, Obrigada Dra Ana Claudia Arantes !!! Mais Luz, pra voce!!!

  128. É muito triste saber que profissionais iguais a você é muito difícil de encontrar, pois o que precisamos são de pessoas que tenham a consciência que a medicina quando for a opção deformação para futuramente a exercer precisa vir também com uma formação humanitária, pois só assim seremos acolhidos nos nossos sofrimentos com muito carinho.

  129. Eu nunca tinha ouvido falar em cuidados paliativos, ao menos não dessa forma, com tanta sensibilidade, conhecimento, espiritualidade, respeito, ética… enfim, com tanta sabedoria, humanização e amor no coração! Parabéns Dra Ana Cláudia pelo seu trabalho e por sua generosidade em compartilhar sua experiência, queira Deus que muitos outros profissionais da saúde possam se sentir tocados com essa realidade e busquem o preparo necessário para efetivamente, fazer a diferença e ser amparo na vida das pessoas que tem a morte anunciada ou daqueles familiares que vivem com os portadores de doenças graves e terminais, com a morte e luto de seus entes queridos. Ouvindo você doutora, minha emoção transborda e meu coração enche de gratidão pela sua existência, renova minha esperança e fé… intensifica meu compromisso pela vida e me encoraja aos enfrentamentos pessoais, familiares e sociais. Que Deus a abençoe!

  130. …o escritor Rubem Alves de Campinas-SP, que veio a falecer esta semana, disse em seu final de vida…não tenho medo da morte…mas , de morrer, passar por essa humilhação, expondo o meu sofrimento e solidão…espero que nessa hora eu tenha uma mão amiga me ajudando a passar por isso…eis a questão, tão bem exposta e de maneira magnífica praticada pela Dra. Ana Cláudia Quintana Arantes, parabéns…

  131. Ótimo vídeo . Demonstra muita sabedoria e sensibilidade para com o assunto em questão. Parabéns Dra. Ana Claudia Quintana Arantes pela iniciativa. Cristiane Medeiros – Psicóloga Campinas/SP.

  132. Assistindo esse video, tive a certeza que nem td está perdido, sem rumo ou acabado. Tem profissionais com nível humano altíssimo. Essa médica deveria estar pelo menos com uma boa parte de profissionais ao lado dela aprendendo alguma coisa. Todo meu respeito por essa pessoa. Que Deus abençoe.

  133. Muito bom o tema apresentado. Deveria ser matéria obrigatória em todo curso de Medicina, Enfermagem e Psicologia. Em 1985, quando formei em psicologia, trabalhei em um grande hospital em Belém, conhecido como referência em câncer, criei o serviço de Psicologia que dava apoio aos “pacientes terminais” ou FPT(Fora de Possibilidade Terapêutica. Escrevi um artigo “Aspectos Psicológicos dos Pacientes Terminais”, abordando as impotências e outras dificuldades dos profissionais da saúde, diante daqueles pacientes, que tinham suposta data para morrer. Acabei com essas previsões médicas, escutando o que essas pessoas vistas como condenadas, tinha a dizer de si. Os paramédicos eram orientados, assim como os familiares. E a sobre vidas de muitos foi maior. Esta foi minha contribuição para com as pessoas que vivenciavam esse quadro.

  134. Incrível a clareza com que a Dra. Ana Cláudia Quintana Arantes tem do assunto.
    Fiquei grato ao ver a profundidade que ela passa para a plateia a respeito do seu trabalho, e da importância de demonstrar cuidado e atenção aos doentes.
    Parabéns!

  135. Dra. Ana,
    Suas palavras me lembraram de minha mãe, que está com 89, sadia, mas com muito medo do inexorável momento da despedida. Tenho muita preocupação com ela, porque percebo o seu sofrimento. Suas palavras irão me ajudar a ajudá-la. Muito obrigada !

  136. Maria Nunca queremos pensar neste momento,mas temos que cair na realidade,temos que nos preparar e pedir a Deus que ao chegar neste momento, com nossos familiares e pessoas especiais como a Dra Ana Claudia.

  137. PARABÉNS PELO SEU TRABALHO….minha mãe foi cuidada por cuidados paliativos…fiquei muito emocionada por ouvir…Ela morreu em PAZ…isso para nós bastou…foi triste…mas Ela tb enfrentou a morte como uma gguerreira…PARABÉNS …VC É ESPECIAL….SALVA VIDAS SIM….OBRIGADA
    GOSTARIA de poder ajudar…tem algum curso,que possamos fazer….?
    MIL BEIJINHOSSSSSSSSSSSS

  138. No último suspiro, derramar a lágrima de despedida tendo a companhia de profissionais super-humanos que valorizam a vida, e diante do inexorável se dedicam a morte de seu paciente, oferecendo respeito,dignidade, é realmente confortador. A sociedade está preocupada com os Tons de Cinza da Literatura, melhor preocupação é dedicar-se aos 5 Tons de Sofrimento humano: físico, emocional, social, familiar e espiritual. Pense nisso!
    PARABÉNS ! Dra Ana Cláudia Quintana Arantes.

  139. Brilhante sua palestra !!! Se todos usassem deste seu recurso paliativo teríamos um mundo melhor formado por profissionais mais competentes como você. Senti muita alegria ao vê-la falar e ao mesmo tempo tristeza porque já senti muitas perdas em minha vida inclusive em saúde pois passei já por um CA mas venci ele graças a Deus mas vendo sua fala nós entendemos tudo pois aqui é apenas uma passagem e temos que dar o melhor que temos para os outros como se fosse seu último dia de vida e você demonstra isso com muita clareza, dignidade, humildade e sabedoria… Parabéns pela sua bela profissão e que seja um exemplo para outros profissionais aderir o conteúdo que é de toda a nossa existência humana. Valeu…Amei suas palavras…Alessandra Martins Pereira

  140. Maravilhosa a aula!!!Uma forma bacana de encarar a vida sem o peso da morte como uma sombra,e sim,como uma coisa certa,mas tendo a alternativa de se escolher como ser lembrado e deixar quem fica,um pouco mais conformado e menos triste!!

  141. É de se emocionar e ao mesmo tempo de se encarar a vida de todos de uma forma muito diferente, sem restrições ou descriminações. Parece que ela passa essa mensagem com sua experiência, que na verdade somos todos “um só”; nunca estaremos abandonados. Pergunto: Será que não foi isso que Jesus quis nos ensinar tb? (independente de religiosidade).

  142. Ótimo, essa profissional realmente faz o que gosta. Bom seria que todos fossem assim, dedicados e que seus conhecimentos fossem sempre usados, para aliviar a dor e o sofrimento das pessoas. PARABÉNS que essa LUZ continue sempre te iluminando.

  143. Estou de fato emocionada, a vida é como uma viagem . Tem começo meio e fim, tudo um dia termina, esse é o ciclo da vida. Ser médica talvez seja preciso só estudar, ser médica (o) e amar o próximo tem uma diferencial humano muito grande. parabéns, que DEUS continue guiando teus pensamentos, e enchendo teu coração de amor e bondade.

  144. Me encantei com esta palestra, maravilhosa. Agradeço a Deus pelos auxílios que estou recebendo. Primeiro li um livro me dando respostas para vida, excelente, livro Estudando o Espiritismo, da autora Denise Duarte, agora, ouço esta palestra que mais me confortou. Muito obrigada pelas belas palavras.

  145. Tudo que eu sempre acreditei. Tratar o psicológico, para mim, e muito mais importante que o físico.
    Onde essa médica, tão sensível, atende?
    Um vídeo para sempre assistirmos. A vida vale a pena, sempre!!!

  146. Achei interessante esse vídeo . A maneira de como Dra. Ana Claúdia descreve essa nossa ultima trajetória da nossa vida , foi de uma informação tão maleável , que conseguir , durante as explicações dela imaginar , viajar e construir um conceito novo , uma nova visão de como esse nosso ultimo contato com a vida não fosse tão doloroso para mim , nem , para quem está se preparando para esse grande momento da vida agora . Realmente , existe em mim uma grande resistência em falar sobre a morte , mais qdo a gente muda ou troca a nossa posição de como vemos a morte , tudo fica mais fácil entender e aceitar essa passagem . Não é dizer que quero morrer agora Rs ! , mais ultimamente tenho questionado muito as coisas que acontecem na vida , e como tudo se encaminha para a mesma direção , mesmo que leve um século , mais vai para a mesma direção : A ” Morte” ! as doenças que nos deixam imune de qualquer reação , de lutar
    , reagir , acreditar com a certeza de que vamos ficar curada enquanto a doença vai acelerando dentro da gente , é , um sofrimento só para o paciente , mais como ela relata , o carinho e a atenção são acima de tudo um grande paliativo para o sofrimento do paciente e de quem acompanha o paciente , o olhar que podemos estar transmitindo de que vc vai vencer quanto é importante . Estou vivendo esta fase ultimamente de pessoas que se encontram doentes e estou tentando olhar para essas pessoas com esse olhar de que elas estão bem e que vão vencer mais eu sei o qto é difícil . O olhar e a nossa expressão facial ás vezes não nega , mais como fazer se não conseguimos ter esse controle ? Será que não realizar as visitas é o correto ? Como posso estar me preparando para esse momentos de visitas Dra . Ana Claúdia ? Amei seu vídeo !

  147. Dra Ana Cláudia,
    parabéns pelo seu trabalho, por sua generosidade…um bálsamo saber que existem médicos
    que acima de tudo respeitam seus pacientes, aliviam o sofrimento, mas olhando pra aquele doente terminal com carinho…
    obrigada por essa lição de amor ao proximo…
    Marcia

  148. Muito importante esta abordagem. Deveria ser matéria dos cursos da Medicina e Enfermagem para que alguns profissionais ( uma minoria sensível ainda existem) prestassem uma assistência
    de qualidade às pessoas num momento tão especial.

  149. [SONETO DA CAGADA]

    Vae cagar o mestiço e não vae só;
    Convida a algum, que esteja no Gará,
    E com as longas calças na mão ja
    Pede ao cafre canudo e tambió:

    Destapa o banco, atira o seu fuscó,
    Depois que ao liso cu assento dá,
    Diz ao outro: “Ó amigo, como está
    A Rittinha? O que é feito da Nhonhó?”

    “Vieste do Palmar? Foste a Pangin?
    Não me darás noticias da Russu,
    Que desde o outro dia inda a não vi?”

    Assim prosegue, e farto ja de gu,
    O branco, e respeitavel canarim
    Deita fora o cachimbo, e lava o cu.

    BOCAGE

    Essa foi a pior palestra que eu já vi na minha existência, nada se comparou para esse sofisma….

  150. Muito, bom esse tema, gostei muito. Pois eu mesma, fiquei doente com depressão quando perdi minha mãe. Q Deus te Abençoe sempre D.rª. Vc é uma pessoa muito especial. O mundo precisa de mais pessoas assim.. Como vc. Parabéns.

  151. Já somos abençoados pela oportunidade de ouvir estas palavras profundas que mexem e reavivam a essência verdadeira do nosso ser, que nos Religa ao criador: o amor ao próximo. Gostaria que todos os profissionais de saúde pudessem ter esta mesma oportunidade…

  152. Eu simplesmente não consigo acreditar que após 7 anos de enfermagem, eu encontrei alguém que não me acha mórbida por me interessar pela morte e o morrer. Que os anjos a guiem sempre, Amém.

  153. Essa parte da Medicina e extremamente importante para o ser humano.Me lembro qdo meu Avo ficou seis meses na cama de um Hospital do Sus,isso a 10 anos atraz.Foi muito triste,na epoca nao vi nenhum acompanhamento dessa natureza.Fiquei super feliz em assistir essa palestra e melhor vendo a Dra.Ana Claudia concientizando e passando as experiencias dela para outros medicos,que as vezes escolhem essa profissao por estatus ou ter uma melhor opcao de renda.Pra ser um Medico tem que ter dom ,em outras palavras,tem que se entregar e saber o valor que Ele tem aos pacientes que estao ali diante dele esperando a melhor finalizacao do ciclo de cada Vida.Obrigada Dra.Ana Claudia,foi muito emocionante!!!!

  154. Hoje eu acabei de assistir a mais bela definição de como um médico, enfermeiro porque não dizer um ser humano pode e deve tratar a dor “final” de um ser que até ali se achava invencível, imortal e percebe que não é bem assim, que Deus permita que outros profissionais da saúde sejam capazes de ter essa percepção e ter esse respeito pelo ser humano parabéns pelo seu magnifico olhar ao ser humano Deus te abençoe Dr. Ana Claudia Quintana Arantes

  155. Simplesmente maravilhoso Dra Ana Claudia sem comentarios,voce e enviada por DEUS ,quem dera que os outros medicos fizessem so um pouco ja seria bem melhor. que JESUS lhe abençoe e te ilumine na sua bela trajetoria de vida.

  156. Ouvi esta médica a falar perante uma plateia e fiquei a olhar para ela sem pestanejar. É gratificante verificar que existem seres desta estirpe, que considero superior. O que o eu “eu” interior aprendeu neste pequeno momento foi superior ao que aprendi em mais de 50 anos de vida. Meu Deus que lição!……

  157. Meu Deus eu me emocionei muito com as palavras da Dra. Ana Claudia e me identifiquei com varias coisas, perdi minha filha jovem a 5 meses de uma doença cronica e ainda não me conformo e nem sei se vou me acostumar um dia com a falta que ela me faz, sigo levando minha vida, pois tenho mais quatro filhos que também precisam de mim, mas a dor é muito intensa.

  158. Dra.Ana ao assistir ao video fiquei bastante emocionada por, nos meus 59 anos , ainda não ter ouvido falar no assunto , sequer que existia uma parte da medicina que se dirige a um dos temas mais significativos da vida humana.Quero registrar que louvo seu desempenho como profissional e ser humano. So tenho agradecer por você existir e ter sido designada para desempenhar esse papel. Um abraço bem afetuoso no seu coração e um cheiro na sua alma. Atenciosamente.Lídia Santana.

  159. Parabéns a esta profissional que me tocou muito com sua maneira de lidar com o ser humano! Eu diria que vc é uma raridade, felizes as pessoas que já passaram pelos seus cuidados. Que vc espalhare contagie este amor por onde andares. Deus continue a te abençoar!!!!

  160. Parabéns .assisti o vídeo e fiquei admirada com esta médica brilhante ,sensível .humana.gostaria que ela me recomendasse um livro ou vídeo que trata daquela morte inesperada,quando a pessoa esta bem num dia e no outro está morta,meu marido morreu vitimado por uma bactéria que atingiu a válvula biológica que ele tinha no coração,se internou no domingo e foi enterrado na segunda,fazem 3 anos e eu não consigo esquecer o que passei naquele hospital tenho dificuldade para aceitar…

  161. Dra Ana Cláudia, o seu, é o exemplo de ser humano, que todos nós deveríamos seguir em nossas vidas. Nos amarmos como irmãos, independente de que família somos, pois somos todos irmãos em nosso Pai Criador, somos todos centelhas do mesmo Criador. Que orgulho para a medicina ter uma profissional como você. Que orgulho para seus pais e seus familiares conviver com esse ser Humano fantástico que você é. Que a força criativa Divina ilumine sempre os seus caminhos, com muita alegria, amor, paz, força e discernimento.

  162. Maravilhosa a tua fala. Gostaria imensamente de poder te conhecer. Poderia passar o contato do teu consultório? Acompanhei meu marido em tratamento de um tumor cerebral e tive a oportunidade de estar com ele vivenciando a época final de sua vida. Cconforme você falou, como é importante dar apoio para que a pessoa possa fazer aquilo que ela deseja neste tempo que lhe resta. Com ele aconteceu exatamente como você relatou.
    Parabéns por juntar Medicina e psicologia neste momento tão delicado da vida das pessoas. Sou psicóloga e meu marido era obstetra.
    Um grande abraço
    Audrei

  163. O vídeo é simplesmente espetacular e emocionante! Principalmente para os atuais estudantes de Medicina. Infelizmente, no dia de hoje a maioria dos pais colocam os filhos para fazerem Medicina, esperando futuramente um retorno financeiro. Querem que seus filhos ganhem rios de dinheiro, ao invés de se dedicar ao exercício puro da medicina! Por isso é que vemos de vez em quando na imprensa, noticias de pacientes com tesouras, gases e outros coisas deixadas dentro do corpo.

  164. Vale bem a pena , ver, ouvir e meditar em consciência, em cada palavra dita pela Médica Ana Cláudia Quintana, a quem dou os meus mais sinceros parabéns, porque vi, ouvi e compreendi que se trata de uma Pessoa de Altíssimo Valor.!!!

  165. Realmente a morte é um dia que vale a pena viver !! Parabéns, Você é um ser maravilhoso !! Abraços.
    A morte é a dor mais aguda que assola nossa alma.Não existe nenhuma família que escape desse drama, mas aqueles que creem em Cristo têm uma viva esperança , pois sabem que Jesus venceu a morte. Agora a morte não tem mais a ultima palavra .Jesus é a ressurreição e a vida..

  166. …HA…SE TODOS FOSSEM IGUAIS A VOCÊ…PARABÉNS POR DEDICAR SEU TEMPO NO MOMENTO MAIS VIVIDO DO SER HUMANO…SABER MORRER…É UM MILAGRE…COM PLENA CONSCIÊNCIA…SER GRATO…CONTINUE SENDO ANJO…MAGNÍFICO…BEIJINHOS

  167. PARABÉNS DRA., FOI A DEFINIÇÃO MAIS COMPLETA QUE VI E OUVI SOBRE A MORTE(DESENCARNAÇÃO). QUE TODOS TENHAM A SORTE QUE TIVE DE VÊ-LA E OUVI-LA. GRANDE ABRAÇO E SE POSSÍVEL DEIXE UM IMAIL PARA MARCAR UMA CONSULTA.

  168. Emoção pura,para nós que não fizemos parte da seleção de médicos e sim que precisamos deles em varias situações da vida sim! Que conforto me dá,saber que existem médicos com alma tão boa…que se preocupam em dar amor para quem esta partindo…pena que sejam tão poucos com esta visão…Deus abençoe esta moça,certamente ela é um anjo travestido de gente!!!

  169. Trabalho em um hospital oncológico em Fortaleza-Ce, sou enfermeira lotada na emergência deste hospital e vejo de perto tudo isso que você falou sinto na pele tudo que você nos transmitiu no seu depoimento.Parabéns pelo seu trabalho ou melhor pelo nosso trabalho que é o cuidar não importa a quem mas o simples cuidar.

  170. Ao concluir a graduação em Serviço Social, meu tema estava relacionado a morte, pois acreditei que mediar direitos aos seres humanos ao fim da vida, era na realidade uma luz no fim do túnel, todos temos o direito de uma morte digna. Então quase ninguém quer realizar um trabalho que poderá ser interrompido a qualquer momento. Dois anos num hospital Universitário com um projeto com pouco credibilidade, mas com um resultado satisfatório.
    Humanização no tratamento paliativo a pacientes crônicos evolutivo a domicilio. Não tenho palavras para decifrar o quanto foi importante, a princípio iria atender somente pacientes com neoplasia, mas tinhas os sequelados de AVC e idosos, acabei incluídos todos, em resumo meu projeto de Graduação se tornou um programa. mas eu já estava fora e tomei outros rumos sem esquecer essa experiência rica em direito ao tratamento humanizado. Quem vive uma experiência desta jamais vai achar que e tarde, porque o tempo pode ser pouco mas o bem que eles recebem ao sentirem que mesmo em estado terminal seus direitos podiam ser viabilizados que atenção com palavras de carinho fizeram sentir que mesmo em suas pobres residências sem nenhum conforto e no fim da vida algo existia para amenizar seus sofrimentos. Ex: medicação, alimentos especiais, aposentadoria orientações aos familiares escuta de seus desabafos em fim muito ainda da para receber mesmo com prognóstico negativo. Parabéns pela palestra, maravilhosa.

  171. Como escreveu Mario Quintana, “minha morte nasceu no dia em que nasci”. Um dia vi e ouvi um médico ligado a minha família atender o telefone. Do outro lado da linha o enfermeiro relatou a condição de um paciente. A resposta do médico foi, esse pode deixar como está, não trem mais o que fazer. Esse médico já faleceu, não acompanhei seus últimos momentos, mas gostaria que ele tivesse tido a oportunidade de ter ao seu lado alguém que pensa como esta médica. Infelizmente sei que não teve esta felicidade. Parabéns a Dra Ana Cláudia e aos outros profissionais que conseguem ver e tratar das pessoas como gostariam de ser tratados.
    Que seus caminhos sejam sempre de luz.

  172. Tive o privilégio de conhece la no Hospital A.Einstein quando ministrava um curso sobre este assunto.Isto foi há dez anos atrás e ela já se mostrava um profissional muito especial.
    Acompanhando um pouco do seu percurso podemos perceber o maravilhoso trabalho que faz.
    Parabéns dra. Ana Claudia, você é uma profissional nota mil!

  173. Pessoas especiais, raridade em ver um médico se preocupar com isso! As pessoas vivem e agem com indiferença com os doentes! Eu adorei a palestra! Faço tudo pelas pessoas, mas hoje em dia as pessoas são frias, a maioria que conheço! Que Deus abençõe sempre as pessoas que dão a mão aos doentes! Como é bom fazer o bem! Mesmo que você nada receba em troca, e não esperar muito de ninguém! Já fiquei doente e senti na pele, que “atrapalhei”as pessoas que eu achava que me amava……..triste realidade! Por isso que amo ajudar as pessoas!

  174. As pessoas que opitam por medicina deveriam sim ser pessoas que amam a vida e náo pessoas que adoram dinheiro ,este video é muito lindo para uns e vergonhoso para outros, voce é um exemplo de ser humano,abraços.

  175. Existem pessoas que vieram para este plano com uma missão, umas se descuidam do caminho e outras são iluminadas e abraçam a profissão por amor. Destas só podemos esperar atitudes dignas de serem copiadas pelos colegas de profissão e por todos os seguimentos da sociedade. Parabéns Dra a senhora é uma destas pessoas iluminadas. Que Deus a proteja.

  176. Sempre tive vontade de tocar a alma de pessoas que se encontram presos em uma situação irreversível como a tetraplegia e via nas pessoas ao redor que, discretamente me censuravam… Meu sentimento é de poder invadir aquela tristeza e tentar resgatar de alguma forma, alguns momentos de esperança…
    Eu gostaria de realizar este trabalho que vc faz.. É uma vontade intrínseca que possui a minha alma…
    Lindo seu trabalho…

  177. Quão maravilhoso é poder conhecer pessoas com tanta humanidade, ética e amorosidade. Sem dúvidas, fica muita esperança no meu coração de que a vida é linda quando encontramos esse tipo de ser humano com tamanha grandiosidade. Minha maior ADMIRAÇÃO…

  178. Uma aula maravilhosa sobre o cuidar.Minha filha é psicóloga e especialista em cuidados paliativos,então, conheço bem os conceitos desta vertente,pois conversamos muito sobre o tema.Parabéns à Dra.Ana Paula pela forma simples e humana de tratar um tema que ainda é um grande tabu.

  179. Uma verdadeira obra divina esta médica, como estou feliz em ver nesse video queainda existem pessoas, que tem o verdadeiroamor pelo próximo, as pessoas precisam acreditar que a mudança começa dentro decada um de nós, somente assim conseguiremos chegar ao amor verdadeiro, puro como exemplificou Jesus. Parabéns à Dra. Ana Cláudia Quintana Arantes, a sra terá sempre o meu respeito e admiração. Obrigado pela oportunidade de
    ouvir esta palestra.
    um grande abraço.

  180. maravlhosa está palestra, pois trabalho na unidade do Inca IV. E digo tem muitas coisa a serem realizadas no paciente em cuidados paliativos. Sou técnica de enfermagem . Palestra emocionante . Parabéns . . Obrigada. Vou compartilhar.!

  181. como eu queria ter lhe conhecido,infelizmente meu marido faleceu nas mãos de um “profissional particular que me disse as seguintes frases” mas o hospital que ele esta é muito longe” meu marido foi internado para fazer um cateterismo e ele so foi ver meu marido 2 dias apos ele ser internado ai ele me telefona e diz “deu tudo errado” meu marido foi internado no dia 27 de dezembro e faleceu no dia 19 de janeiro eu sofri como nunca pois sentia exatamente o que a senhora explica tão maravilhosamente “ele estava abandonado” a equipe que cuidou dele so via o lado medico não via o que a senhora fala tão lindamente o lado emocional do paciente ele precisava muito mais do que todos aqueles aparelhos ligados ele precisava de alguem que compreendesse o que ele estava sentindo emocionalmente o medo a saudade de mim pois ele me chamava o tempo todo e todas os outros sentimentos que a senhora descreve tão bem…Dra. como precisamos de mais seres humanos como a senhora Eu a aplaudo de pé, parabéns a senhora é maravilhosa

  182. Estou abismada com a capacidade que esse ser tem de nos orientar de forma tão clara e tão suave de um assunto tão renegado….Muito obrigada e que esta profissional atue mais nos meios de comunicação para nos auxiliar na evolução da vida e que sorte que temos de encontrar um profissional ASSIM.. Muito obrigada Dra Ana Claudia e Reverencio o Dr. Braun, pois sem a sua amizade talvez eu não tivesse acesso a esse vídeo.

  183. Essa médica com certeza veio para este mundo, pra fazer e mostrar a diferença entre o que é ser um bom médico diferenciado , que se importam com seus pacientes, que precisam tanto de um sorriso, um beijo, um abraço, isso alegra o paciente que já sabe do seu estado terminal, mas isso lhe da força.

    Parabéns, Doutora

    ANA CLAUDIA QUINTANA ARANTES

  184. No mínimo extraordinária sua palestra e formação. Quiças todos os médicos pudessem adquirir esses conhecimentos e aplicá-los na sua carreira abençoada. O Livro tibetano do viver e do morrer é um ótimo auxilio para todos nos inclusive para os familiares desses pacientes. Tiro todos os meus chapéus para você.

  185. NUNCA IMAGINEI que um dia estivesse à frente de UMA MENSAGEM de ESCLARECIMENTOS , tão CHEIA DE LUMINOSIDADE , dirigida a cada um que se propôs assisti-la , sem imaginar o que poderia representar para a Vida de todos daí em diante. AGRADEÇO ter sido contemplada por TÃO PRECIOSOS ENSINAMENTOS que me trouxeram a VISÃO CRISTALINA DA LINHA TÊNUE ENTRE a VIDA e a MORTE , depois de tanto tempo lidando com ela. Você , ANA CLAÚDIA , é um exemplo de SER HUMANO ESPECIAL ABENÇOADO que ENOBRECE a Medicina. Embora , durante toda a minha carreira como Médica , principalmente como Obstetra , sempre tenha levado às minhas pacientes o carinho e respeito que mereciam , hoje , lamento já estar aposentada ao deparar-me com seus Ensinamentos… no entanto , sempre acreditei que muito temos para DAR não só aos nossos queridos, como para todos os que nos chegam , independente da
    profissão que tenhamos abraçado.

  186. Dra parabéns pela maneira dedicada, gentil e amorosa com que executa seu magnífico trabalho. Você não e’ só uma excelente médica, e’ um ser humano admirável.
    Sorte de quem pode ter o prazer de te-la nesta passagem. Até a maneira carinhosa com que
    Conta um pouco do muito que faz e’ doce.

  187. Parabéns Doutora!
    A Senhora merece todo meu respeito.
    Oxalá tenhamos mais médicos(as) como a Senhora.
    Obrigada por a Senhora existir.
    É uma verdadeira bênção de Deus!
    Edméa.

  188. Quem faz essa triagem quer o que? Poemas inéditos?
    A gente não pode usar termos idênticos para parabenizar um ser humano especial?
    Desculpem então. Não sou literária e não faço parte da Academia Brasileira de Letras.
    Vou procurar essa abençoada médica pessoalmente e falar como me sinto em relação a tanta humanidade que ela transmite.

  189. Só quem já viveu a angústia do descuido em momento tão delicado, rico e sofrido na morte de um ente querido, pode comungar desta linda e necessária abordagem médica. Parabéns aos profissionais da saúde com esta sensibilidade e disponibilidade!

  190. Dra Ana Claudia, não tenho as palavras certas, para expressar a minha felicidade em ouvi~la nesta palestra de Cuidados Paliativos. Cuida com sabedoria e discernimento a alma humana. Ja passei esta situação com meu pai, que teve 4 AVC em 3 meses, e cuidamos dele por nove meses até a sua partida. Eu não posso dizer por ele, mas eu e minha família, nos tornamos mais amorosos, mais integrados e solidários um com os outros, cuidamos com amor, eu até cantava para ele no hospital, coisa que nunca havia feito, beijava-o, embora não tinhamos este habito em minha família. Isto faz quase 6 anos. Um ano e 1 mes apos sua partida, foi meu irmão caçula para outra morada. Agora estamos cuidando de minha mãe com demência não diagnosticada ainda , ha 2 meses. Sua palestra, é um despertar para cada ser humano, sobre a importância da amorização e da espiritualidade de cada ser humano. Agradeço a Deus por existirem pessoas como Dra. Ana Cláudia. Um abraço carinhoso.

  191. Espetacular a forma com que a DRA. ANA CLAUDIA QUINTANA ARANTES aborda um assunto, triste, discriminado e de pouca importância. Primeiro precisa partir de uma pessoa MUITO GENTE E HUMANA. A preparação acadêmica é só o começo da formação profissional, mas para ser PROFISSIONAL MESMO e necessário ter a consciência de todos os estágios da morte, pois esses 5 estágios, requerem uma acompanhamento psicológico, emocional e espiritual, para que o paciente tenha uma pouco dessa abrangência e se transforme num entendimento de CURA, PAZ e AMOR. gostaria de conhecer a doutora ANA CLAUDIA, pessoa especial como poucos.
    Continue a exercer sua profissão com tanto amor, respeito, dignidade e sobretudo o ABRAÇO FINAL TÃO IMPORTANTE PARA O TERMINAL. Abraços Dra. linda .

  192. Fantástica Dra Ana Claudia, parabéns pelo seu belíssimo trabalho, acredito profundamente que é assim mesmo e desejo que haja cada vez mais profissionais dedicados aos cuidados paliativos.

  193. Parabéns Dra. Ana Claudia, a senhora tocou em um assunto que infelizmente é tabú, por muitos viventes. Passei por tudo isto que a senhora comentou, a minha esposa (que Deus a tenha), passou por cuidados paleativos, infelizmente teve câncer e veio a falecer. A senhora falou exatamente da forma que eu me senti, pois, neste interim, fiz tudo aquilo que foi possível para dar uma boa qualidade de vida a minha esposa. Eu e os médicos oncolóligos do Hospital das Clinicas de SP, conseguimos dar esta melhor qualidade de vida se bem que infelizmente sabemos o final…Um Abraço, fique com Deus…DOUTORA ANA CLAUDIA VOCÊ É UM EXEMPLO PARA O MUNDO…

  194. Espetacular. Faço parte de um grupo de voluntários em Piracicaba/SP chamado Sorria ou Sorria que faz visitas em ambientes hospitalares na figura do palhaço. Acho que se todos os médicos tivessem essa mesma visão da Dra.Ana Claudia, provavelmente, grupos como o meu não precisariam existir. Parabéns

  195. E eu queria que você falasse mais menina… Queria ficar aqui te ouvindo e te ouvindo e te ouvindo… E não tem a menor importância que o seu falar me desfaça em lágrimas. não tem importância que o core se aperte e anema se afunde no meu luto sem fim, porque o seu falar… ah! o seu falar, menina… um falar de mel e dor… Que a vida abençoe você pelo que fala, pelo que faz, pelo que acredita…

  196. Como o espírito é eterno e o corpo carnal se desgasta, fica roto, apodrece, tal como uma roupa que fica velha ou rasga, então ele precisa ser trocado. Logo a morte não existe como ponto final da vida, pois o espírito continua existindo e a vida continua.

  197. Espetacular!Que alegria saber que existe profissional assim! Pena que isso não possa ser ensinado! Que dom divino! Sua voz já é especial! Que bom se todas as pessoas no final da vida pudesse ter uma pessoa assim do lado! Parabéns
    na. Deus te ilumine sempre e possa ser modelo para muitos!

  198. Espetacular!Que alegria saber que existe profissional assim! Pena que isso não possa ser ensinado! Que dom divino! Sua voz já é especial! Que bom se todas as pessoas no final da vida pudessem ter uma pessoa assim do lado! Parabéns. Deus te ilumine sempre e possa ser modelo para muitos!

  199. Parabens Dra.Ana Claudia!!!!Vc é ESPECIAL ,DIVINA sim Divina: a voz de DEUS saiu de seus lábios…Que trabalho dignificante e maravilhoso!!! Deus te abençõe sempre!Todo meu apreço.

  200. Essa é uma mulher totalmente humana e abençoada em dizer que a morte é para todos , e conscientizar que o amor por seres humanos , é maior do que sua própria profissão. Belo testemunho que já vi… Isso demonstra sua capacitação de ensinar a comportar-se com os paleativos diante de uma doença terminal.. Parabéns! AMOR AO PRÒXIMO E A SUA PRÒPRIA PROFISSÂO.

  201. Os cuidados paliativos precisam ir muito além da proteção do corpo físico porque somos muito mais do que isso. É importante respeitar o paciente terminal e ajudá-lo, na medida do possível, a dar conta de suas últimas tarefas, ou fechamentos. Ajudá-lo a se preparar para morrer.

  202. Bom dia!
    Essa palestra é realmente linda e importante
    Ha 11 dias perdi um irmão com C.A., senti muito pela sua morte, mas senti mais ainda pela vida que ele não teve,por isso digo, viva cada dia como se fosse o ultimo, fique perto de amigos, mas principalmente dos familiares, foi justamente o que meu irmão não fez em sua vida!
    Obrigado

  203. Adorei!! Sou fisioterapeuta e trabalhei dezoito anos no instituto da criança do hcfmusp.foi na decada de oitenta que eu trabalhei por dez anos na uti. Ao assistir sua aula aqui eu revivi aqueles que eu digo foram os melhores anos de minha vida…o trabalho daquela equipe pode sim ter sido precursor deste belíssimo trabalho que você faz! Parabéns! ! Assisti, me emocionei e lembrei tantas e tantas crianças que “preparamos” para fazer uma passagem mais tranquila…pois é, tenho muitas histórias, de um tempo em que não existia a mãe acompanhante na uti infantil…difícil mas maravilhoso!! Obrigada por me fazer reviver tanto sentimento bom….um beijo especial.

  204. Parabénssssssssssssssssss…sabedoria humana em toda a sua plenitude!!!. Seria bom se pudessemos contar com alguns médicos assim no “publico” e no “privado”.
    Demasiadamente Humana.

  205. Linda e emocionante seu depoimento, sou uma médica intensivista neonatal, e me identifiquei com a sua conduta. Diante de um bb no fim da vida, eu encontro pais maravilhosos que merecem meu amor e meu cuidado. Parabéns, minha colega, lindo seu trabalho. Abraços.

  206. Estou feliz aqui, em saber que tem pessoas que vão tem além especialidade e/ou qualificação profissional, mais que tem uma alma, e a espiritualidade desenvolvida e, ama a vida!

    Parabéns!

    Um abraço.

  207. Se todos os médicos e cuidadores pensassem como essa médica, seria uma maravilha.
    Mas infelizmente não encontramos pessoas com essas qualidades e pensamentos positivos, em nossas vidas.
    Essa médica é um anjo enviado por deus, com certeza.
    Parabéns Doutora, a sra. Sim honra e muito seu diploma, a sra. doutora gosta de gente, não tenho mais palavras, estou muito emocionada,

  208. Obrigada Doutora Ana Claúdia pela BELA LIÇÃO?Pena que são poucos que tem a oportunidade de contar com um profissional com tanta preparação para ajudar numa passagem serena…

  209. Exelente, colocações super importantes para nós enquanto pacientes, familiares e que venham mais médicos com essa visão tão cuidadosa em relação aos seus pacientes.
    Agradecida.

  210. Adorei a palestra da Dra.Ana Claudia!!!Fui voluntária do Hospital do Câncer, na Praça Cruz Vermelha,no Rio de Janeiro,e pude perceber e vivenciar tudo isso que ela expões!!!Foram os melhores dias de minha vida!!!Muito aprendi com aqueles pacientes!!!Que DEUS possa fazer com que ela leva para muitas pessoas essas maravilhosas experiências de vida!!!Parabéns a essa brilhante profissional!!!

  211. Eu sempre costumo dizer que acima de qualquer profissão, a valorização a vida eh o que há de mais importante nesse mundo. Parabéns pela pessoa iluminada que vc eh e com certeza em conjunto com a sua profissão vc consegue minimizar momentos de sofrimento que a morte traz….. Nunca vou me esquecer o dia em que perdi a minha mãe que era também a minha melhor amiga…já se passaram 7 anos que ela nos deixou em razão de um câncer de pâncreas e me lembro como se fosse hoje não soh a perda dela mas também toda a indignação que eu e minha família tivemos com a frieza dos médicos presentes e para agravar em plena troca de plantão…..e tudo isso no Hospital das Clínicas de São Paulo, que eh referência em muitos tratamentos mas enfim Não tem essa clareza da importância das pessoas em seus estados terminais…..Se nesse dia tivessem presentes médicos como vc, eu e minha família poderiamos carregar apenas a lembrança da dor da perda de uma pessoa que amávamos mas infelizmente em razão do despreparo e frieza que maioria dos médicos hoje em dia tem, carregamos tambem a dor profunda dos descaso e despreparo dos médicos presentes…

  212. Incrível,pois essa médica faz uma colocação toda detalhada do que é vir a esse mundo,numa frase que até hoje,estou falando sobre mim, seria assim. Começo,meio e Fim.
    Agora, como sou espírita e sempre achei que a frase não deveria terminar na palavra Fim, ,já que acredito na reencarnação. Fico com a impressão que tudo acaba ali…
    Diante do que ela diz, penso que ela preencheu uma lacuna ,alguma coisa que faltava…
    E então penso que devo reformular minha frase,como. Começo, meio e meio-meio.Consigo agora retirar o Fim, que dentro da minha doutrina ,nunca existiu….

  213. Drª Ana Claudia Que DEUS continue iluminando-a dando sabedoria .Pessoa com uma sensibilidade brilhante,humana que se preocupar com ser humano.Profissional que transforma-se em anjo para ajudar os fragilizados fazerem a viajem de forma digna com muito amor.Parabéns Drª ANA CLAUDIA .

  214. Eu amei a sua palestra e o trabalho que faz é maravilhoso e concordo muito com você, temos que respeitar essas pessoas, acolher e dar uma dignidade nos seus últimos momentos.

    Não sou médica, mas sempre tive vontade de trabalhar ou ajudar pacientes terminais, pois eles merecem ser ouvidos, acolhidos e saber que são amados até o último momento.

    Parabéns pelo trabalho, me emocionou muito!!!

    Atenciosamente,
    Sulamita

  215. Essa medica faz eu manter as minhas esperancas no ser humano!!
    Ser sensível, iluminada, positiva e abençoada.
    Parabéns a Medica que soube pontuar e resumir em 18 minutos sobre os momentos nascer e morrer.

  216. Boa noite Dra Ana, uma amiga postou seu vídeo no Facebook. Tenho muito interesse sobre o assunto, para a vida pessoal e profissional. Sou assistente social e no meu último ano de graduação meu estágio foi em um centro velatório em que pude presenciar e aprender sobre inúmeras situações e “razões” sobre a finitude. Daí, presenciando/interferindo em questões da vida/morte, resolvi seguir para os estudos na Saúde Coletiva em que tenho como linha de pesquisa a gerontologia, mais precisamente (idosos que sofrem violência interpessoal). Hoje, como doutoranda em Saúde Coletiva na mesma linha de pesquisa me delicio ao deparar com um ser humano/profissional de singularidade ímpar. Li, artigos sobre tratamentos paliativos, mas a sua explicação sobre, me apontou para uma outra outras dimensões sobre/do cuidado.
    Parabéns, gostaria e quero ter oportunidade de conhecê-lá e saber mais sobre os trabalhos desenvolvidos por você. Abraços. Maristela

  217. O tema abordado é difícil de ser debatido, mas a palestrante falou simplesmente, se colocou …deixando um alento a quem já passou por perdas importantes, como ela mesma diz, todos nós um dia passaremos ou já passamos, o que importa é como vamos passar esse momento.

  218. Assunto de muita importância nos cuidados a saúde, percebemos que é estigmatizado a palavra morte usamos os mais variados adjetivos para ela. Encontrar um profissional preparado para nos ajudar a enfrentar esses momentos de finitude, é realmente um dia da vida que vale a pena morrer. Parabéns Dra pela emocionante explanação sobre Cuidados Paliativos.Gosto muito do tema. considero tão importante quanto cuidar de outras,
    áreas da medicina.

  219. Li uma vez sobre Madre Teresa que a motivação do seu trabalho era dar uma morte digna aos seus pacientes. Creio que a Dra Ana Claudia explanou sobre este momento tao precioso. Nao precisamos apenas de médicos com esta sensibilidade, mas de pessoas com esta percepção em todas as áreas das relações humanas.

  220. Lúcida, humana, profunda e extremamente sensível, Dra. Ana Cláudia dá um depomento de lição de vida e humanidade.
    Mostra um lado da medicina que deve ser defendido e expandido a todo custo.
    Parabéns.
    Tão bom o depoimento que a estou convidando para uma entrevista no programa Salutis da alltv…
    Espero que aceite o convite brevemente.

  221. MARAVILHOSA a palestra !!!! É de médicos assim maravilhosos, humanos e de muita luz que todos precisamos, somente assim e com essas pessoas ao nosso lado que teremos a certeza de que ” A morte é um dia que vale a pena viver “. Parabéns Doutora por ser antes de qualquer coisa esse ser humano maravilhoso, iluminada e que todos no final da vida partem felizes por ter tido junto a eles alguém que lhes assegurava de alguma forma assegurava de alguma forma que valia a pena viver esse momento de renascimento. …..

  222. Eu aplaudo de pé esse ser humano lindo, Ana Claudia, que é médica dos seus pacientes, não médica de suas doenças. Esse ser humano que entendeu o significado de sua profissão: cuidar do ser humano e suas dimensões. Chorei emocionada. Obrigada pelas palavras lindas, espero que mais colegas seus entendam o verdadeiro significado da palavra cuidar e se tornem verdadeiros médicos.

  223. Quando se tem profissionais preparados pra lidar com a vida é morte fica menos difícil. Parabéns a essa médica maravilhosa. Achei impressionante. E um ser humano de muita luz.

  224. Maravilhoso!!Ouvir falar de algo que normalmente é calado.Pensar que neste momento

    da vida , quando as cortinas começam a baixar, a platéia não deve se levantar e sair mas

    ficar de pé e aplaudir, pois é o momento da despedida, do adeus. Não partir só, ser levado

    até o último instante por olhares atentos e mãos amigas. Sentir no fim que valeu,

  225. Dra. Claudia assisti seu vídeo chorando ,meu marido teve um AVC de tronco e ficou em coma durante 7 meses ,longos fui a loucura e voltei, ele foi para o que se chama se hospital de retaguarda , esperando pra morrer.Até então tudo muito bom ,mas quando a situação piorou e não tinha mais o que ser feito , então foi mandado para um hospital com o seguinte dizer ele é um paciente morto,nunca vi meu marido tão mau.As vezes ele me ouvia um dia chegou a apertar minha mão , mas o mais interessante é que quando chegávamos para a visita adormecia ,parecia que ficava a vontade porque deduzo eu que tinha alguém da família, isso se deu por 7 meses e hj eu sei que depois de ver seu vídeo ,muita coisa poderia ser feita, principalmente porque chegou ao hospital como vida e depois de quase 8 horas aguardando por um atendimento caiu numa parada respiratória,precisou isso pra vegetar e 7 meses pra se libertar e encarar a morte de frente, como se não bastasse escreveu um narrativa “ninguém morre aos sábados”. Morreu numa sexta-feira depois de agonizar e mudar rapidamente de hospital , foi sedado e colocado numa máquina de hemodiálise, onde depois de vê-lo seus olhos faziam o movimento chamado REM onde vira os olhos de um lado para o outro , quando e enquanto eu falava com o médico,quase que pedindo uma ajuda, num tempo que não tinha mais tempo.Tudo que foi falado nesse vídeo é o que deveríamos ter ,final penso eu que na morte ou próximos dela, quando não há mais como voltar só queremos paz, é a lágrima que faltava.

    ELIANE RUAS

  226. É maravilhoso saber que existem pessoas deste nível de conhecimento e de espiritualidade , cuidando de pacientes terminais . Parabéns Dra Ana Claudia. Que você tenha uma vida bem longa para transmitir os seus conhecimentos a milhares de profissionais !

  227. Parabéns Dra. Ana Cláudia, muito lindo sua mensagen, devaria ser passada para todas as UBS do Brasil, porque aqui no Brasil tanto os médicos com os outros funcionários não tem vontade e nem respeito com os pacientes, pior quando aparece um pessoa de idade ai fica pior, eles acham que deve dar mais atenção para quem tem mais chances de viver é um absurdo. Mas vc que Deus Abençoe o que está fazendo com nossos idodos bjs.

  228. não há conheço pessoalmente mas ela faz parte do meu cotidiano. Uma pessoa trans humana, mais que humana kkkk. Adoraria conhecera pessoalmente um sonho, meu trabalho de final de curso é inspirado em seu trabalho Dra, c pudesse ter contato, nossa seria mais que especial… Um abraço

  229. Eu gostaria de encontrar um Profissional como essa Doutora,caso eu necessitar de cuidados paliativos…sei que não me faltaria o amor na hora em que mais eu precisarei!
    Ir despedindo-se da vida com nossos queridos presentes e com uma profissional assim…
    poderia derramar umas lágrimas, mas de pura gratidão.
    Vou ver mais vezes este vídeo.

  230. Em primeiro lugar parabenizo Dra. Ana Cláudia, por ser essa pessoa tão humana, com um coração de sensibilidade de uma grandeza como poucos, Dra. Ana Cláudia sua palestra maravilhosa, tocou ao coração de seus colegas de profissão e até ao meu que já fiquei no INCA com uma senhora amiga sem querer que ela percebesse, muito triste. Tenho certeza que por mais insensível que possa ser, depois dessa palestra, diante de um caso desses qualquer colega seu vai lembrar de suas palavras. De muitas palestras desse tipo doutora. Parabéns mais uma vez.

  231. ANA CLÁUDIA ! Vc. descobriu o segredo e o verdadeiro sentido da vida: ” Ser Humano “. Fiquei impressionado, emocionado e esperançoso, pois pessoas como vc. me faz acreditar no ser humano e numa sociedade mais fraterna e justa … !!!

  232. QUE CORAGEM E FE PARABENS DO FUNDO DO MEU CORAÇÃO PELA MANEIRA QUE VOCE EXERCE O SEU TRABALHO DOUTORA ANA CLAUDIA ARANTES QUE PENA QUENÃO CONHEÇO MAIS NINGUEM QUE O FAÇA ASSIM .AMÉM

  233. Muito bom… sou enfermeira e sei bem o que é isso… Tive um câncer e senti na pele o que ela está falando … Tratar a doença nenhum médico se preocupou com a dor da alma … Com a dor psicológica ainda bem que tenho fé e um Deus que me curou … Mas sempre falei isso cuidar da do ser por complete não só da doença e sim do ser por completo,… Parabéns precisamos de mais médicos assim …

  234. Vou preferir te chamar de Ana Anjo , ciente que é Profª. Drª. Ana , depois de 3 min de sua apresentação terminei de assisti-la em pranto. Você é BRILHANTE Ana Anjo e verdadeiramente sabe o sentido Oculto do que é RESPEITO.
    Lembrei-me também do Prof. Daniel Romero Munhoz que por muito tempo ensinou Ética e Moral para muitos Formandos da FMUSP , outro Mestre GENIAL.
    Nós do Reino Hominal ( Temos 07 Reinos: Mineral,Vegetal,Animal,Hominal,Anjelico,Semi Deuses, DEUS) precisamos GANHAR Consciência que somos Criaturas do CRIADOR, e criados fazemos parte de seu UNIVERSO ( verso do UNO) , não somos PROPRIETARIOS ou Hegemônicos no universo , essa Empáfia Hominal o prejudica demais…
    PARABÉNS PELO SEU MAGNIFICO Trabalho , e os que tenham ouvido que ouçam …
    Bjuss do Angelo

  235. tenho acompanhado a passagem de algumas pessoas ,inclusive minha mãe, ficamos abraçadas até o seu último expirar , em casa.
    Cantei para que dormisse e ela dormiu, assim tenho feito com outras pessoas e é de rosto colado que , suando suor juntos que ajudo encorajo o momento de viajar…

  236. Cuidei de minha mãe com Parkson por aproximadamente 15 anos, isto é a 30 anos atrás. .uma das maiores preocupações era entender a doença e me preparar para o caminho. As informações eram …vai chegar um dia que ela não vai dar atenção a nada …vai viver num mundo só dela …Acho que fiz esse caminho relativamente bem ..apesar de poucas informações. .Hoje ao assistir essa palestra ……vi que tive apoio de medicos no início , durante e no final …pq quando sabemos da importância e atenção que esse profissional dá ao nosso doente …essa caminhada é mais fácil. ..abraços

  237. Sendo a morte uma das etapas da vida e a última, é fundamental que se tenha um cuidado, um “olhar”, um carinho e um alento para quem está conscientemente ou não “aguardando” sua vida se extinguir. Parabéns a médica Ana Cláudia Quintana Arantes pela dedicação, a coragem e o enxergar diferente em relação a esses tipos de pessoas (pacientes).

  238. Parabéns Dra. nunca tinha visto falar em alguém que tivesse uma ideia como está, de estar na arte de atendimento paliativo em pacientes em fase terminal,,,, isso és fantástico que Deus continue sempre dando a você esse dom apreciei seu vídeo com muito carinho.

  239. Sou colega e muitas vezes me vejo sozinha com pensamentos que estão totalmente de acordo com o que ouvi neste vídeo. O que a Dra faz é, além de dar um depoimento pessoal emocionante, organizar estas ideias e ajudar muito no exercício diario desta profissão apaixonante! Obrigada, Dra Ana Cláudia!

  240. Acabei de passar por momento de finitude com a minha mãe, ficamos juntas até poucas horas antes do seu final. Gostaria de ter podido ter ficado com ela segurando a sua mão no momento da despedida. Como ela estava em CTI e faleceu de madrugada, nesse momento eu não pude estar com ela. Senti nela essa serenidade do qual a Dra. falou. Mamãe partiu serena. Pena que não havia um profissional tão humano ao seu lado.

  241. Ficou feliz de poder assistir uma excelete explanação do que é acompanhamento de pacientes em tratamento paliativo.
    Gostaria de agradecer Dra pois tem que ser uma profissional de almas para abraçar uma causa que necessia de grande humanização para o saber lida com a dor física e a dor do espírito.

    Parabéns mais uma vez pela bela escolha; Que o grande arquiteto te ilumine e te cubra com seu grande amor.

  242. MEU PAI PARECIA BEM MAS ESTAVA MORRENDO COM EFIZEMA E DIABETES,PARECIA ESTAR BEM MAS ESTAVA DESEGANDO,DUROU 2 HORAS CHORAMOS MUITO,JUNTOS NÃO PODERIA FAZER NADA. TIVE Q SAIR DE PERTO PORQUE ESTAVA FAZENDO MAL A ELE PORQUE ELE FALAVA NÃO VOU MAS PARA CASA.

  243. O nome disso é empatia. Poucos entendem que as vezes o paciente só quer ser ouvido ou que lhe segure a mão num momento difícil ou que o médico não olhe a doença que o paciente tem,mas que paciente tem aquela doença. Sei que na morte tudo perece,como o cérebro,por ex.,e com ele se vai os nossos sentidos e nossos pensamentos,nada sobrevive,vira pó, mas ninguém quer morrer,e ter esse conforto no seu fim de vida não tem preço, ainda vindo de alguém que ele olha com admiração que é o médico, realmente é reconfortante. Parabéns, dra.

  244. Parabéns pela escolha. Eu sei o quanto é importante esse enfoque. Estou vivendo essa experiência com um familiar muito próximo. Temos acompanhando de uma médica especializada em cuidados paliativos. O conforto que ela promove é indiscritível. Que Deus te Proteja, Ilumine e Guie.

  245. Trabalho com um grupo no Ambulatório de Quimioterapia de Adultos do Hospital São Paulo, levando REIKI, pra todos os pacientes que estão recebendo quimioterapia, que desejem fazer. Ouvi a palestra da Dra. Ana Claudia e fiquei feliz de saber que existem médicos com a preocupação de estar levando para outras pessoas que trabalham na área da saúde uma visão de respeito, de dignidade e de unidade que precisa ser dada no final da jornada de qualquer pessoa.
    Parabéns pelo trabalho.
    Parabéns pela iniciativa de dividir a sua sensibilidade e experiência com outros.

  246. Esta palestra tem muito sentido para mim. Sou enfermeira de formação e especializada em saúde pública. Trabalho como volutária num curso de gestantes ha 35 anos. Que é um trabalho na outra ponta do ser humano. Parabéns pela palestra e para mim merece nota dez. Tem tudo a ver com o ser humano.

  247. Trabalho maravilhoso. Profissional dotada de extrema sensibilidade para com o ser humano. Que sirva de inspiração aos jovens médicos e outros profissionais da área da saúde e também a familiares, para que não se afastem nunca de seus idosos ou terminais, antes do tempo, por não saberem ouvi-los. Eles também falam com gestos e principalmente, com os olhos. Que Deus a abençoe!!!

  248. Excelente!!! Muito mais do que sentido, a vida deve ter valor!! Oxalá, a cada dia, possamos compreender mais e melhor qual é nossa função mais legítima enquanto humanos que somos: cuidar e compartilhar amorosamente nossa existência.

  249. Achei o máximo esse vidio vc é muito mais que profissional, vc é humanamente falando uma benção nas mãos de DEUS continue assim, que papai do céu te ilumine muito mais e iradie sobre suas mãos unção de amor para com os pacientes. e nunca tome para si a glória que é dele, do criador que te deu tão grande dom de cuidar. Cuidar dos que mais precisam.FICA COM DEUS.

  250. Parabéns à sensibilidade desta médica. É triste que médicos assim sejam exceções. Já tive meu pai nesta situação e o apoio médico emocional na fase final para ele foi zero. A família e os amigos próximos foi quem apoiou ele nas suas últimas horas.

  251. Belo discurso da Dra. Ana Claudia que abrilhantou e dividiu a sua experiência, ensinando com muita humildade e amor os cuidados paliativos que podem ser eficientes e, efetivamente dedicados aos pacientes terminais. Um ato de humanidade absoluto e que requer bastante respeito a vida alheia.

  252. Profissional competente, consciente da sua profissão e com alto nível de informação e
    espiritualidade.
    Com certeza, precisamos de mais profissionais com este perfil.
    Sou grata as pessoas que tiveram a iniciativa e a sensibilidade de reproduzir este video.
    Tomara que outros profissionais da área da saúde possam assis-lo, como enfermeiros,cuidadores e todas as pessoas que convivem com pacientes terminais.Se analisarmos, todos somos terminais, estamos sempre a caminho…….
    Excelente!!!!!Parabéns, doutora!!

  253. Parabéns dra. Ana,me emociona saberque há mais de humano e amor do que de médico,a medicina tem suas limitações,já o amor por si e pelo próximo é tudo que estiver disposto a dar,e a sra. entrga esse amor na partida que costuma ser tão solitária;que Deus abençoe a sra.,o seu trabalho,e que eu possa ter conhecimento de que mais médicos consigam ser mais humanos e amorosos.

  254. Cara Dra.Ana,
    Agradeço imensamente sua generosidade em compartilhar tanto amor e competência para lidar com a importância desse momento único e tão especial em nossas vidas, testemunha da passagem.
    Obstetra, parteira, posso assim lhe chamar?
    Quando mocinha sempre que alguém de minha familia viria a falecer eu era “avisada” com antecedência, intuição difícil de lidar com pouca maturidade.
    Pedi a Deus que me tirasse esse conhecimento, nada havia a ser feito, eu ficava absolutamente impotente diante da situação. Por isso faço-lhe essa pergunta doutora.
    O dom transformou-se, passei a saber com antecedência quando uma mulher estava grávida, antes mesmo dela saber.
    Agora pude entender o significado profundo de “cuidados paliativos”.
    Área recente nos grandes hospitais, respeito a experiência emocional dos pacientes.
    Grande evolução no comportamento dos profissionais da área médica.
    Somos parteiros ao acompanhar a ida, a morte, assim como de receber alguém à vida.
    Entendi que a morte “acaba”, é o fim, mas a vida não acaba, ela é eterna.
    Obrigada doutora, muito obrigada.
    Gloria

  255. Que coisa maravilhosa… Ah se todos pudessem ter acesso a essa assistência nesse momento de vida, seria perfeito! Felizes daqueles que encontram uma médica como você! Parabéns e continue essa pessoa abençoada!

  256. Na maioria das vezes quando passamos por consultas médicas, os profissionais dessa área se quer olham pra você, apenas vê em você uma patologia, nós somos muito mais do que isso, somos seres humanos que tem uma história de vida cheias de sentimentos bons outros não, a apresentação dessa médica me deixou emocionada e esperançosa com relação ao nível de profissionais que vemos hoje no mercado. Dar espaço pra ouvir com qualidade tudo aquilo que seus pacientes tem a dizer, compreender que além do fisico, temos um psicológico na qual poderá determinar se a nossa finitude de vida será plena. Sem abandono, sem culpa e tudo mais citado no vídeo. PARABÉNS DOUTORA

  257. Estou como presidente da Acirmesp, Associação dos Cuidadores de Idosos da Região Metropolitana de São Paulo. Fiquei emocionadíssima com o vídeo da Dra. Ana Cláudia porque como sou cuidadora de idosos me senti como ela se sente quando cuida de pessoas em estado terminal. Gostaria de receber outros vídeos dela e outros relacionados aos idosos, dos geriatras e dos gerontólogos.
    Muito obrigada.

    Lidia Nadir Giorge
    Presidente
    presidente@acirmesp.org.br
    (11) 3107-2562

  258. Puramente verdadeiro!

    Tenho 67 anos.

    Estou chorando, pois sofro de diabetes, uma doença crônica, que ao menor deslize emocional, todo o meu corpo reage….
    Como eu gostaria de ter um dia de vida, com uma Profissional como essa.

    Deus te ilumine sempre Dra.Ana Claudia!

    Gratidão

    Nilza

  259. Super interessante a DRA. Ana Claudia Quintana Arantes cuidar, vigiar e acho deixar um ser á vontade para deixar transparecer um momento único e solitário desse triste fim que que só ela vai sentir. Parabéns e obrigada por esta palestra que nos faz parar e pensar na coisa mais certa que é a morte!

  260. Meus Parabéns por me presentear com uma aula sobre Humanismo, como a senhora foi brilhante na condução de um tema que tantos fogem, onde é inevitável um dia todos iremos partir os nossos entes tbem o farão.Que todos que estiveram presentes lapidem seus corações ao terem abraçado tão bela Profissão.

  261. Quando a minha mãe necessitou encontrou um médico muito especial, que nos deu a tranquilidade de viver este momento de maneira digna, o dr Rodrigo Castilhos, que tornou os últimos 6 meses de vida da minha mãe muito melhor e mais leve. Que bom que existem médicos como ele e você. Muito obrigada por dar dignidade ao final da vida das pessoas.

  262. Que maravilha ouvir de uma médica condutas tão amorosas e respeitosas com um ser humano. Isto é ser Médica! É entender que o corpo tem prazo de validade, mas a VIDA não…
    Obrigada por divulgar sua prática. Vou tentar compartilhar com o mundo para multiplicá-la.
    Gratidão.
    Maju

  263. A geriatria é uma das areas demenor interesse dos profissionais de medicina. Encontrar uma profissional especialista em geriatria, com esse nivel de humanidade e esse padrao de profissionalismo e espiritualidade é um alento,em tempos em que a medicina anda tao impessoal. Profissiomal brilhante,

  264. Dra. Ana Claudia,
    voce eh um ser muito especial que veio ao mundo para cuidar de uma população em estado vulnerável. Percebemos suas qualidades, seu lado super humanitário, e ser iluminado! Parabens pelo seu talento! Voce não eh um ser comum! Luz, luz, e muita luz em seu caminho!!!

  265. Parabéns Dra. Ana Cláudia Arantes, amei tudo que você falou e vou compartilhar com quem eu puder, se houvesse mais pessoas que pensassem como a Dra. Ana Claudia, o mundo seria muito melhor, parabéns e Deus lehe abençõe, bjs.

  266. Você, Ana Cláudia é um manto de amor, de misericordia para os que sofrem pelas doenças, em seus cinco tons:físico, espiritual,emocional,social,familiar…pois trata os doentes com a ternura, piedade de Jesus Cristo, como ELE agia com o ser humano…voce oferece atenção àquele que sabe estar no fim da vida…temos que ter amor pela vida e procurar vivê-la intensamente..distribuir generosidade com sabedoria ..salvando vidas..proporcionando cair a lágrima de ressurreição…maravilhoso!!!verdadeiro!!!!

  267. Não sei nem o que escrever… Essas palavras poderiam ser ditas por qualquer profissional ou um guia espiritual, religioso, um poeta, mas de alguém que escolheu esta área tão importante nas nossas vidas, é um milagre personificado. Que o meu Deus que é o Deus de todos mantenha sempre a luz deste ser já tão iluminado. Minha profunda gratidão por você existir.

  268. O vídeo é emocionante. A Dra Ana Cláudia é uma profissional que inspira, os profissionais da área da saúde, com sua sensibilidade e conhecimento. Obrigada por compartilhar suas experiências.

  269. Você é uma pessoa iluminada que Deus mandou para ajudar as pessoas que estão partindo para outro plano. Tenho a certeza de que todos que passaram por suas mãos agradeceram a Deus por ter te colocado no caminho deles.

  270. Parabéns, vivi esse momento com meu filho, sei a importancia do jeito diferente de tratar cada pessoa, varios medicos sabem mas poucos o praticam. A parabenizo pela palestra e pelo alerta que passa aos seu colegas de trabalho. Parabenizo pelo amor, pela presença fisica a cada ser humano( pois pacientes, são seres humanos), em busca de sua liberdade e despojar de um corpo já saturado de dor eles sim serão gratos a todos aqueles que se dedicaram pelo menos 1 minuto de sua existencia para compartilhar esse momento de angustia e alivio a suas dores. Tenha paz na sua jornada.

  271. É a primeira vez que vejo um médico falar de paciente terminal, de morte, com tamanha beleza e sentimento!!! Parabéns a Dra. Ana Cláudia!!! Que outros médicos sejam tocados por essas palavras enriquecedoras e comecem a tratar seus pacientes com o respeito e carinho que eles merecem!

  272. Como é confortante saber que existem profissionais tão bem bem preparados, com uma visão
    e espiritualidade tão profundas.
    Vocês tem muito a ensinar e doar ao mundo.
    Parabéns.

  273. EMOCIONANTE FEZ UM BEM MUITO GRANDE PARA MINHA ALMA, EU ESTAVA PRECISANDO OUVIR ISTO ,BRILHANTE MÉDICA DOUTORA ANA ,EXISTE POUCOS COMO ELA,HOJE OUVINDO ESTE VIDEO TIVE A CERTEZA, ABSOLUTA QUE UNS NASCEM MÉDICO,OUTROS APRENDEM A SER MÉDICOS.OBRIGADA DOUTORA.

  274. Saber curar e saber deixar morrer!! Muito lindo! Estou vivendo próxima a uma mãe que perdeu um filho único, com nove anos. Estou acompanhando o sofrimento diário desta mãe, pois ela posta sempre, todo santo dia alguma coisa sobre o menino. Ele morreu de Leocemia agúda. Ficou em todos nós um sentimento de incapacidade de ajudar e impotência! Vou colocar para ela este video, acho que vai ajudar muito!

  275. Mil vezes parabéns pelo teu trabalho. Perdi meu pai faz 3 semanas e nos foi oferecido no Hospital de Clinicas em POrto Alegre que ele fosse levado para um lugar chamado: Núcleo de Cuidados Paliativos, foi o melhor presente que podiamos ter com ele nos seus dias finais, uma equipe especializada nesse tipo de paciente e que ajuda tanto eles como a família. Que tenhamos mais Anas e mais lugares como esse. Teu video me fez um bem enorme.

  276. Parabéns, por transmitir com propriedade, uma versão tão diferenciada de todas que conhecemos, até por ainda encontrar médicos que tratam o paciente terminal como um estorvo que os obriga a intervir. Tomara surjam muitos que adotem essa conduta para que possamos entender que a morte é bem vinda na sua hora, por ser uma viagem intransferível.

  277. MARAVILHOSO! É a prova de alguém que se encontrou na sua área de atuação dentro da medicina. Fez o caminho do auto conhecimento com maestria e consegue passar isto para o atendimento com os pacientes. Com respeito, humildade, sensibilidade e amor. O amor maior. Aquele Amor, próprio dos eleitos. Este Amor deve fazer parte de toda a sua vida e em tudo que
    faz. PARABÉNS por sua evolução espiritual!!!!

  278. Belíssimo trabalho!! Fiquei emocionada, que trabalho lindo você realiza…meus Parabéns de todo meu coração!! Obrigada pela bela lição de vida! Você é iluminada! Sem palavras para expressar meus agradecimentos por trazer um certo alívio a tantas pessoas. Parabéns mesmo!!

  279. olá!
    Realmente é um belo trabalho, durante a explanação a platéia chorava, esta emoção me envolveu em muito, e chorei junto.
    PRECISAMOS DE MUITAS “Dra CLAUDIAS”, NO MUNDO.
    Que ela tenha muita saúde, ajude a muitos, e tenha também uma morte com paz.
    Do berço ao tumulo, é uma caminhada, o aprendizado e preparo na seara do progresso.

  280. Fiquei emocionada com palavras tão sábias e de tamanho alcance .Que trabalho maravilhoso que você faz ! Isso é para pessoas de muita grandeza profissional e espiritual . Parabéns , Dra Ana Cláudia ! Feliz do paciente que encontra um profissional com tanta sensibilidade e de entrega como você . Essas palavras servem de estímulo para todos nós e tantos outros que chegarão . Parabéns !

  281. Dra. mis más sinceros respetos.
    Puede que nunca llegues a leer estas palabras, pero quisiera escribir: fantástico!!!
    Una de las mejores disertaciones que he escuchado.
    Admirable la sensibilidad!!!!, y no es para cualquiera, no cualquier médico tiene esa altura, mismo que haya pasado por la misma facultad.
    Adelante siempre!!!!
    Felicitaciones!!!

  282. Dra.Ana Cláudia Que Deus a abençoe sempre por trazer tanto conforto neste assunto que atinge a todos nós.A MORTE como diz São Francisco é uma irmã que nos conforta e traz alívio…Maravilhoso seu lindo trabalho…

  283. Parabéns Doutora Ana Cláudia! Você realmente exerce a sua profissão com muito AMOR.Seu JURAMENTO DO MÉDICO,que sempre fazem ao término do curso,o fez de verdade,cumpre com muita sabedoria.Pois ser médico,é lindo,árduo,pois não é somente pensar em ficar rico com a profissão,não é atender um paciente que muitas vezes por achar que é superior,não levanta nem a cabeça para vê-lo,observar o seu sofrimento.E muitas vezes,o medo da morte é tão grande para uns,que por ver alguém com um problema sério,passa a sentir quase os mesmos sintomas,onde o MÉDICO é a única esperança,é a sua proteção.Ser médico,é açoitar a dor que passa,é proteger o ser dos dissabores,esquecido,até das suas próprias dores.Na maioria,o que sempre fará a diferença será o AMOR.Que muitos médicos,ouçam,aprendam com tudo que a Dra. Ana Cláudia disse com muita sabedoria,capacidade e sentimento.

  284. Oi Ana, não estou te chamando de Dra, pois, nesse momento acredito que esse titulo, claro merecido, deixe uma distância pelo que voce consegue expressar de forma exemplar, maravilhosa, dinâmica, sem adjetivos. Falar de e sobre a morte é algo que é negado para o ser humano. Causa pânico. Mas, voce consegue falar e dar exemplo de forma natural , isso é sem dúvidas FANTASTICO. É desejo meu poder aprender fazer esse trabalho de conscientização de forma mais eficiente com voce. Já tive a oportunidade de trabalhar com pacientes terminais, é muito gratificante. Acerdite voce é mais que Doutora, voce é uma MISSIONÁRIA BRILHANTE. Que DEUS continue te abençoando e te dando mais talento.

  285. Muito boa a fala dessa médica.Tom de voz muito agradável.Eu levantaria a mão se estivesse presente,pois me dou o direito de partir,pois já fiz tudo que deveria.Deixei muitos legados e doei tudo que tinha.Em resumo,deixei meu rastro.Quem o seguir,poderá se dar bem.Ouve-se dizer”só não tem jeito para a morte”.Mas ela pode ser o jeito.Já dizia um amigo meu,médico,”Deus cura e o médico manda a conta”.Mas Ele cura quando ainda há tempo,o qual já foi marcado quando viemos.E só Ele sabe quando é esse tempo.TêAssis

  286. Parabéns ! Dr. Ana Claudia Arantes , que Deus esteja sempre ao seu lado .
    você é um grande exemplo de ser humano.Na minha cidade tinha um grande médico .Dr: Manoel Mauro l.Vilas,grande ser humano. o tempo dele era somente para seus pacientes.
    Que Deus continue te abençoando e continue te dando este grande exemplo de vida e que sirva de lição para muitos médicos. este é o verdadeiro juramento.

  287. Dra Ana, fico feliz de ter encontrado na sua palestra muitas idéias que compartilho e já uso com todos com quem convivo apesar de usar meus próprios métodos.Parabéns pela iniciativa de tornar público esse momento!

  288. Tenho 55 anos,e digo que foram as palavras mais lindas,verdadeiras que esta maravilha de doutora e ser humano chamada Ana Clauda Quintana Arantes me deu de presente.
    Não foi você que escolheu este sacerdócio,foi o sacerdócio que te encontrou minha querida,Deus lhe abençõe hoje e sempre.Não dá para segurar estas lágrimas teimosas,quando percebemos tantos anjos!!!!

  289. Já vivi muitas coisas, e uma delas foi realizar estágio no AC Camargo, por várias vezes eu vivi tudo que a Dra. Claudia disse, o meu trabalho era exatamente esse, trazer pelo menos um sorriso cada vez que eu entrava em um quarto, para realizar a terapia… Até hj, passado mais de 10 anos eu não me esqueço de todos os rostinhos que tratei, o que eu recebi de todos foi muito maior… Como a Dra. disse é algo que não dá para explicar. Como seria diferente se todos os profissionais da saúde, fossem uma Dra. Ana Claudia Arantes. A partir de hj eu idolatro vc Doutora que é digna da nomenclatura que recebe. Deus te proteja.

  290. Que lindo!!Leve e sincero!! Obrigada por valorizar mais ainda minha profissão.Quando vc diz “medicina não é difícil,difícil é a psicologia”porque cada ser humano é único!!

  291. Que beleza a atitude dessa médica. Na verdade ela está cuidando do ser, ou seja, daquela entidade que anima o corpo. Segundo Eckart Tolle, em seu livro O Despertar de uma nova consciência, um número cada vez maior de pessoas está abandonando padrões mentais destrutivos baseados no ego e vivenciando o despertar de uma nova dimensão da consciência.O ego, diz ele, constitui-se basicamente de pensamentos, emoções, identificações com bens, opiniões, aparência física, ressentimentos e conceitos de superioridade e inferioridade. Então, vejam bem, quem morre é o ego e não o ser, a consciência. Nós vivemos com uma imagem mental de nós mesmos, um eu conceitual com quem temos um relacionamento. A vida em si torna-se conceitualizada e separada de quem somos quando falamos “minha vida”. Se existe algo como “minha vida” são duas coisas separadas. Assim, podemos também perder a vida, nosso valioso bem imaginário. A morte torna-se uma realidade aparente e uma ameaça. Mas como eu poderia existir separado da vida? Portanto, não existe algo como “minha vida” e nós não temos uma vida. Nós somos a vida. Nós e a vida somos um. Não é possível ser de outra maneira. Portanto, como poderíamos perder nossa vida? Como poderíamos perder algo que não temos? Como poderíamos perder algo que nós somos? É impossível. Quem morre em verdade é o corpo ou o ego. Nós não somos o ego. Nós somos o ser espiritual ou a consciência única que está em tudo. Nossa mente polar não entende os conceitos senão através dos contrários, de antônimos. O contrário de morte não é vida, o contrário de morte é nascimento. Só pode morrer o que nasceu. A vida não tem contrário. Na verdade nós não sabemos o que é a vida. Há quem diga que é uma manifestação de ritmos. O humano apenas nunca é o bastante, não importa quanto nos esforcemos nem o que sejamos capazes de conquistar. Porém, há também o Ser. Ele se encontra na presença calma, alerta da Consciência em si, a Consciência que nós somos. O humano é forma. O Ser é sem forma. O humano e o Ser não estão separados, mas interligados temporariamente. São idéias de Eckhart Tolle.

  292. nunca vi uma palestra que me prendesse tanto de forma racional com tanta emocao…
    Se no mundo pudesse semear mais seres humanos assim , como seria melhor
    Conheco a palestrante e medica da minha mae . a quem tenho o maior carinho e felicidade atraves da sua amiga soraya ter encontrado para ser a medica de minha mae
    Que Deus te ilumine sempre Ana lucia …Sua fa numero um grata sempre

  293. MUITO BOM , ADOREI A ABORDAGEM DA DOUTORA ,PENSO DA MESMA FORMA ,JÁ FUI ENFERMEIRA E DE TUDO QUE APRENDI E QUE FICOU ATÉ HOJE A NOSSA MAIOR RESPONSABILIDADE COM NOSSO PACIENTE É PROPORCIONAR O MÁXIMO DE CONFORTO POSSIVEL.AGORA SOU PSICOLOGA E MEUS DESEJOS E MOTIVAÇÕES CONTINUAM MUITO SEMELHANTES , NÃO É QUALQUER PESSOA REALMENTE QUE PODE DESENVOLVER COM SABEDORIA ESSE TRABALHO,POIS EXISTE MUITO MISTICISMO COM O MORRER , MAS REALMENTE NINGUEM MORREU AINDA E QUE QUANDO CHEGAR A HORA QUE ESSA PESSOA ESTEJA SEM DOR ,EM PAZ E ACOMPANHADA SENTINDO-SE AMADA ,

  294. Estou agradecida e muito feliz por poder assistir esse vídeo
    De uma pessoa tão especial e sua preocupação com as pessoas(gente)
    Nos seus últimos momentos de vida.
    À dificuldade de termos médicos humanos e
    Generosos é muito grande e saber que
    Ainda temos esses anjos por aí é de uma
    Alegria tremenda.

  295. Muito feliz…muito feliz mesmo, por saber da existência de pessoas, principalmente de médicos, com uma sensibilidade desse tamanho…quando falo, principalmente medicos, é porque eles tem a errônea idéia de que tem a missão de curar e quando essa cura não acontece, eles fogem, se escondem , como se não quizessem ver a sua própria derrota…aí, vem um questionamento : os médicos se sentem deuses ? E por que serem tão desumanos ? Na verdade, são respostas que poucos profissionais da medicina conseguem responder…
    Parabéns à dra. Ana Claudia Quintana…pessoas assim, profissionais da medicina assim, é que o mundo está precisando…até porque, como você mesma falou, não só o paciente adoece e precisa de amor, mas toda a família também adoece e precisa do apoio, do carinho…parabéns mil vez, que Deus a ilumine e a conserve com toda essa sensibilidade, com toda essa humanização, que são sentimentos raros em nossos dias atuais, onde a violência, o desamor e o desrespeito fazem parte da nossa rotina…

  296. Olá. Tenho algumas experiências com a morte, e hoje ela não mexe tanto comigo, como em outros tempos. Não que eu me ache uma vítima do destino, porém minha avó morreu em meus braços quando eu tinha 15 ano. Depois disto veio a morte do meu pai e 3 anos depois meu marido foi acometido de um câncer, morrendo dois anos depois. A 3 anos perdi minha mãe para um câncer de pulmão. Ela também morreu em meus braço em uma madrugada fria. Sendo assim estou quase amiga dela ( morte), embora ainda tenha um pouco de medo.

  297. A DOUTORA ANA CLÁUDIA QUINTANA ARANTES deveria percorrer o Brasil para ensinar médicos experientes ou residentes o que é MEDICINA, o que vem a ser cuidar de gente não de doença. Essa MÉDICA É EXCEPCIONAL.
    Gostaria muito que viesse à Santos/SP e que sua palestra fosse obrigatória para todos os estudantes de medicina e aqueles que dizem que já a praticam.
    PARABÉNS . GOSTARIA DE RECEBER TODAS AS PALESTRAS QUE POR VENTURA VENHA FAZER.
    OBRIGADA POR EXISTIR, NOS DÁ MAIS CORAGEM EM SABER QUE NEM TUDO ESTÁ PERDIDO.

  298. médica de Saúde da Família e passo por esta exposição contribui muito. Dentro dos 15 minutos da consulta precisamos compor toda a dor, perspectiva e condições que vão além das estantes de genéricos, dos exames complementares e acesso clínico, econômico e social dos pacientes. Temos que ser alquimistas, santos e entidades espirituais para produzir alívio sem NUNCA errar! Precisamos de cuidados paliativos pois trabhamos no limite da normalidade, na linha tênue entre estados fronteiriços da consciência entre o que precisamos é o que dispomos, na real! Lidamos com crianças em situação de risco, adolescentes engravidando precocemente e adultos desempregados! Lindo o seu trabalho! Queria esta formada para a minha prática! Obrigada!

  299. Quero parabenizar pelo belíssimo trabalho da D. claudia em relação aos cuidados que realiza com seus pacientes. Este vídeo foi de grande importância pra que sou Assistente Social e estou evolvida na área da saúde. Obrigada

  300. Que trabalho maravilhoso! Como eu gostaria de ter esses cuidados paliativos, com todo esse carinho e amor, quando minha hora chegar! Que Deus abençoe imensamente a Dra. Cláudia e toda a sua equipe.

  301. Fantastico ser humano. Doutora, voce precisa ser multiplicada milhares de vezes… quem dera que os estudantes de medicina entendessem que ser doutor nao é simplesmente colocar o DR na frente do nome. Ser doutor é comprometer-se com a vida alheia… é isso… precisamos de mais comprometimento. É como a historia do casamento: voce aceita ser medico? na saude e na doença, na pobreza e na riqueze? ate que a morte nos separe? entao voce é DR com certeza… parabens e que Deus a mantenha sempre assim, confiante DRA Ana Claudia…
    Quero voce comigo nos fins de meus dias…

  302. dra Ana Claudia ….liiiindo seu trabalho e a forma q vc conduz..️tb sou medica e realmente uma das coisas q mais questiono é como é diferente o “tempo” dado por nós e recebido por quem nos busca…vc conseguiu definir muito bem…o tempo e os níveis de necessidade! Concordo: Medicina é fácil…tratar de doenças ️tb, porém tratar de pessoas, de vidas…isso é pra poucos! Liiiindo, parabéns

  303. Fiquei muito impressionado com este vídeo e feliz pela oportunidade que tive. Aprendi em 18 minutos o que não havia aprendido em 15 anos de formado . Muito obrigado Dra. Ana Claudia Arantes.

  304. A vida é a morte …. Nascemos e morremos, simples assim! O que fazemos pelo meio é que faz a diferença! Está aí uma pessoa profissional e não uma profissional em primeiro plano que faz a diferença!
    Pessoa iluminada!

  305. Hoje está cada dia mais difícil encontrar profissional humano.Só pensa em ganhar mais e muito mais.Muitos nem olha para vc .Imagine se estes estão mais interessados no pacienteterminal,que na

  306. Enfim, há uma esperança! . Quisera que 1 (um) % de nossos médicos pensasse e praticasse a medicina dessa forma. Parabéns Doutora, com certeza você faz a diferença na área médica.

  307. Excelente!
    Concordo com a Dra que …trabalhar com geriatria é uma missão. Foi a palestra que mais abriu minha visão referente a morte. A vontade de Deus também é boa, perfeita, agradável em uma etapapa difil que te vamos que passar. Que bênção de Deus uma pessoa nos seus últimos dias …Deparar com uma profissional como essa.
    Fiquei encantada com a palestra. Eu costumo dizer que Deus levanta anjos na terra pra cuidar da gente. Fantástica essa Dra.
    Lady

  308. video fantástico, pena que a grande maioria das pessoas não pensem dessa forma…graças a Deus com a maturidade, a segurança profissional e o amor pelo que faço me permite pensar e agir desta forma, trocando nosso tempo e aproveitando cada minuto da vida e sendo útil fazendo a diferença na minha vida e na vida de outra pessoa…

  309. Ah! Como me emocionei e fiquei encantada com as palavras da Dra. Ana Cláudia. Um desejo enorme que muitos, mas muitos mesmo que trabalham na área de saúde pudessem ouvir essa palestra e servisse para refletir pelo menos um pouco nas palavras tão HUMANAS dessa doutora… Como tanta coisa seria diferente….Não trabalho na Saúde, no entanto já presenciei tantos absurdos, como acompanhante de alguns familiares(pai, mãe, filha,tias). Digo ABSURDO,pois certos comportamentos de alguns profissionais da saúde, que infelizmente já tive o DESPRAZER de testemunhar, são exatamente o CONTRÁRIO de tudo que esse ANJO(a doutora) falou nessa palestra.
    Que MARAVILHOSO saber que na saúde existem pessoas como ela!
    Que esse comportamento dela possa contagiar outros! E que Deus ABENÇOE sempre e muito mais a ela e a todos que tem semelhante comportamento.

  310. Dra. Ana Claudia, tenho 78 anos, trabalho em uma ONG só com adolescentes e gostei demais de sua palestra. A Sra. não é uma médica qualquer, a sra. faz a diferença e ser diferente que é normal.
    Que bom que está vindo para o nosso planeta pessoas como a sra. com muita espiritualidade, com missão de mostrar a realidade e não a mentira. Nos ensinam a ter medo da morte, mas que morte se continuamos a viver, como pode morrer a alma, a essência se ela é uma energia.Bem continue a ser esse ser iluminado, beijos vó Neuza

  311. Dra. Ana obrigada pelas palavras de esclarecimento sobre a morte…Parabéns …adorei a oportunidade de te ouvir…enquanto ouvia o vídeo fui pensando na morte da minha mãe…. me emocionei

  312. Parabéns pelo brilhantismo em sua missão.
    Aproveito para homenagear todos queridos médicos,
    embora incógnitos cuidam de tantas pessoas terminais,
    com carinho, atenção e sensibilidade,
    sendo exemplos como ,
    a Doutora Ana Cláudia,
    na sua vida profissional.

    13/04/2015 às 23:25

  313. SE TODOS OS MÉDICOS SE PREOCUPASSEM COM ISSO …ELES SÃO TÃO DEUSES !!! SE ACHAM ACIMA DE TODOS !!! ESSA MÉDICA É PROFUNDA E MARAVILHOSA …ESSAS COISAS DEVERIAM SER MAIS EXPLORADAS NAS FACULDADES….