Mona Lisa sem cabelo na luta contra o câncer

Por Maya Santana
A pintura mais famosa usada na campanha

A mais famosa das pinturas, de Leonardo Da Vinci, usada na campanha

Quem olha a foto pela primeira vez se surpreende. É tudo por uma boa causa. A obra prima do gênio Leonardo Da Vinci, cujo original encontra-se no Louvre, em Paris, sem cabelos, está sendo usada numa campanha de combate ao câncer. Foi a forma que os idealizadores da campanha na Itália encontraram de chamar a atenção para a doença que consome cada vez mais vidas. O câncer é a principal causa de morte no mundo.

Leia o artigo publicado por O Globo:

A obra mais famosa do mundo foi modificada pela Associação Italiana para o Estudo e a Cura do Câncer (ANT). Em sua mais recente campanha de apoio e sensibilização da doença, a associação utilizou a imagem da “Mona Lisa”, de Leonardo da Vinci, sem cabelo.

Além da imagem modificada, a campanha traz a frase: “Um tumor modifica a sua vida, não o seu valor”. A “Mona Lisa” sem cabelo vai estampar cartazes, anúncios e folhetos com explicações sobre as mudanças pelas quais passam as pessoas que lutam contra o câncer.

Leia também:
Guia de prevenção do câncer elaborado especialmente para o 50emais

Os organizadores da campanha reconhecem o impacto que a imagem causa, e consideram que justamente por isso ela é ideal para transmitir o alerta sobre a doença. De acordo com a Organização Mundial da Saúde (OMS), o câncer é a principal causa de morte no mundo, sendo responsável por 7,6 milhões de óbitos em 2008.

Em comunicado divulgado em seu site, a ANT afirma que após o espanto inicial, as pessoas percebem que a obra de arte modificada “não perde em nada em valor e singularidade”.


CONTEÚDO PUBLICITÁRIO

Notícias Relacionadas

Deixe um comentário





Utilizamos cookies essenciais de acordo com a nossa Política de Privacidade e ao continuar navegando, você concorda com estas condições. Aceitar Leia mais