Morre pioneiro da revolução sexual dos anos 60

Por Maya Santana
John Williamson e sua mulher, Barbara, em foto de 2011

John Williamson e sua mulher, Barbara – foto de 2011. Ele tinha 80 anos

John Williamson, um dos pioneiros da revolução sexual americana dos anos 1960, cofundador do famoso Topanga Canyon’s Sandstone Retreat, onde a nudez e o amor livre eram pregados, morreu aos 80 anos nos Estados Unidos. Segundo sua mulher, Barbara Williamson, ele estava internado em um hospital em Reno, no estado de Nevada, onde se tratava de um câncer. A morte ocorreu no dia 24 de março, mas só foi divulgada nesta sexta-feira.

Os dois eram recém-casados quando compraram um sítio com vista para o Oceano Pacífico e o transformaram na Fundação Sandstone. Lá, começaram a oferecer seminários sobre relações humanas, relacionamentos amorosos e sexualidade. Mas foi o Retiro Sandstone, onde até 500 pessoas se juntavam nos fins de semana em reuniões marcadas pela nudez, troca de casais e sexo em grupo, que tornou o local famoso.

Sandstone Retreat no seu auge: nudismo era a regra

Sandstone Retreat no seu auge: nudismo era a regra

“Na verdade,  o sexo e a nudez eram abertos, mas opcional. Tudo era opcional”, disse  Barbara à agência de notícias AP, na quinta-feira, completando: “A gente criava uma atmosfera maravilhosa num cenário natural e aquele cenário natural desinibia as pessoas”.

Williamson ficou conhecido como o “messias do sexo”, título que, segundo sua mulher, ostentava com orgulho. O casal ficou junto por 47 anos, mesmo tendo ambos se relacionado com outras pessoas. Isso nunca provocou desentendimento entre eles – contou Barbara, que está escrevendo um livro de memórias daqueles tempos. Para os dois , a monogamia não vinha preenchendo as necessidades sexuais, o que impedia que vivessem a vida em sua plenitude.

O famoso escritor Gay Talese foi um dos assíduos frequentadores de Sandstone

O famoso escritor Gay Talese foi um dos assíduos frequentadores de Sandstone

O escritor Gay Talese admitiu que viveu um bom período em Sandstone Retreat, grande parte do tempo completamente nu, quando fazia pesquisas para o livro “A Mulher do Próximo”, sobre a revolução sexual. Sandstone também foi tema de um documentário, em 1975.

Embora o número de frequentadores tenha aumentado muito, segundo Barbara, Sandstone nunca conseguiu gerar dinheiro suficiente para pagar as contas. Foi vendido em 1972 e definitivamente fechado dois anos mais tarde.  John e Barbara ainda tentaram criar uma comunidade tribal em Montana. Não deu certo e eles se mudaram para San Francisco. De lá, seguiram para Nevada. Foi quando começaram a cuidar de animais rejeitados pelos donos. Até pouco antes de morrer, John estava tentando transformar o local em um centro educacional e santuário de animais selvagens.


CONTEÚDO PUBLICITÁRIO

Notícias Relacionadas

Deixe um comentário





Utilizamos cookies essenciais de acordo com a nossa Política de Privacidade e ao continuar navegando, você concorda com estas condições. Aceitar Leia mais