fbpx

Mulheres de mais de 50 anos que repensaram a carreira

Por Maya Santana

Com disposição e coragem, mulheres de meia idade avançam

Com disposição e coragem, mulheres de meia idade não têm medo de mudar

Juliana Andrade e Adriana Fantoni, da Rede Aptta

Em nossas orientações de carreira nos deparamos com mulheres especiais com 50 e mais. Uma delas, que chamarei de Mara, é dona de casa, mas sempre trabalhou com vendas diretas para complementar a renda familiar. Vendeu Natura, Avon, Mary Kay, Tupperware… Entretanto, seu sonho sempre foi cursar Direito. Ela e o marido, que é taxista, lutaram com muita dificuldade e criaram os dois filhos, oferecendo-lhes uma formação acadêmica de qualidade. Agora, depois da filha casada e com a carreira encaminhada e o filho já estar independente financeiramente, ela está realizando seu sonho: matriculada no 5º. Período de Direito!

A outra aptta a chamaremos de Clara. Trabalhou a vida toda com educação. Foi professora, supervisora, coordenadora e diretora de escola. Recentemente foi demitida do seu último emprego com 56 anos. Resolveu repensar a sua carreira. Ama levar a mãe e as tias para passear. Curte entretê-las, levando-as para lanches, filmes, aulas de dança… Seu projeto de carreira agora, fazer transporte e cuidado de idosos!

Dois depoimentos de mulheres de 50 e mais que estão, com coragem, avançando e repensando suas carreiras! E você?

Notícias Relacionadas

Deixe um comentário

cinco + 2 =

9 Comentários

Avatar
Rosana einloft 2 de setembro de 2016 - 22:56

Não tenho 50 ainda , mas trabalho como professora de arte e vou me aposentar daqui a quatro anos e gostaria de fazer outra coisa , aceito ideias …

Responder
Avatar
RAMONA 2 de setembro de 2016 - 19:33

Me aposentei aos 52 anos, após 34 anos dedicados à educação e outros tantos, anteriores à minha formação, onde fiz de tudo. Hj, com quase 55, estou felicíssima nessa minha vida de turista. Sou sozinha, filhos crescidos, meu dinheiro dá pra tudo o que eu quero, é só planejar. Se tenho um projeto para o futuro(próximo)? Sim, tenho. Comprar um motorhome e viajar por aí. Só tá faltando a companhia.

Responder
Avatar
Socorro Souza 2 de setembro de 2016 - 19:29

Gosto muito de tudo isso.

Responder
Avatar
Elsa Gonçalves 3 de setembro de 2015 - 05:43

Sou psicóloga especialista em Dependencia química e a mais de vinte anos gostaria de fazer algo novo com o por exemplo arranjos florais amoooo

Responder
Avatar
Normelia Guedes da Silva 2 de setembro de 2015 - 20:02

Estou nesta etapa da vida. Recentemente desempregada e precisando urgentemente dar um novo sentido a minha vida. Sei que todo começo é difícil, porém preciso, necessito recomeçar. Sinto um enorme desejo de dar um salto qualitativo no meu percurso existencial. Tenho fé em Deus que chegarei no meu melhor patamar de vida. Desejo tudo de bom pra todas nós, Mulheres de cinquenta e mais…

Responder
Avatar
cleusa borges pereira 2 de setembro de 2015 - 15:53

Eu também estou passando por essa experiência.
Sou psicóloga, professora e durante 28 anos trabalhei nessa área, atendendo clientes e alunos .
Aos 59 anos resolvi fazer o Curso de Estética Facial e Corporal. Estou com quase 61 anos e acabei de me formar no Senac.
É realmente a minha nova paixão, pois já estou atendendo minhas clientes com muita dedicação e amor, mais por prazer ddo que por dinheiro.
Espero ter colaborado com meu depoimento

Responder
Avatar
Susana de Oliveira Azevedo 2 de setembro de 2015 - 14:53

Me sinto imensamente feliz quando vejo mulheres, que assim como eu, modificaram ou mudaram a sua vida e, hoje se sentem realizadas ou em fase de realização. É muito difícil sair do comodismo, enfrentar algo que não se sabe como vai terminar. Existem muitos valores envolvidos e, se formos acomodadas, deixamos tudo como está. Existe algo dentro das pessoas que as impelem para a mudança, não sei nominar. É algo que desacomoda, o que estava bom passa a ter um outro enfoque, o que incomodava começa a trazer ideias e, de uma hora para outra, somos um turbilhão de sentimentos e os nossos sentidos e instintos nos lançam num oceano de atividades que, quando nos recompomos, estamos em um outro modelo de vida. E, muitas vezes, nem nós acreditávamos que estaríamos onde agora estamos.
Parabéns à todas que se arriscaram, vocês fazem o futuro parecer atingível.

Responder
Avatar
Zelia LAmas Cardoso 2 de setembro de 2015 - 13:43

Tenho 59 anos e sou proprietária da Pousada Cantinho do Céu – Goiana (MG) e adoro receber grupos melhor idade para se hospedar.

Responder
Avatar
fatimasalomeh 2 de setembro de 2015 - 08:16

Gostaria de repensar minha carreira. Tenho trabalhado nos últimos 25 anos no magistério, na rede pública. Em breve posso me aposentar. Gosto do meu trabalho, porém, tenho vontade de ir para outra área. Pensei em Jornalismo pq sou bastante crítica e gosto de escrever, mas não sei se há oportunidades para + de 50. Psicologia é uma outra área que me atrai, porém, provavelmente, continuaria trabalhando na mesma área, atendendo alunos. Alguém tem alguma ideia para compartilhar comigo?

Responder