Na luta contra obesidade, Michelle dança com nabo

Por Maya Santana
A primeira dama incentivando as pessoas a comer legumes

A primeira dama incentivando as pessoas a comer legumes

Maya Santana

Em sua luta para fazer com que as pessoas se voltem para uma alimentação mais natural na terra do McDonald’s , a primeira dama dos Estados Unidos lança mão de tudo. Michelle Obama, 50, vem fazendo campanha cerrada contra a obesidade no país desde que chegou à Casa Branca, em 2009. Isso porque, é lá que os Estados Unidos têm o maior número de obesos do mundo: dois em cada três adultos estão fora do peso.

Agora, para incentivar o consumo de legumes, ela aparece dançando com um nabo na mão, em um vídeo que desde ontem não para de ser acessado por milhões de pessoas. Embora tenha apenas quatro segundos, com seu charme, ela produziu um vídeo (vai se repetindo em um “loop”) que é realmente engraçado. Com isso, conseguiu a publicidade que queria para a sua campanha.

Michelle e Barak Obama se mudaram com as duas filhas, Sacha e Malia, para a Casa Branca em janeiro de 2009, quando ele iniciou seu primeiro mandato como 44º presidente dos Estados Unidos. Dois meses depois, a primeira-dama convidou alunos de uma escola de Washington para ajudá-la a plantar uma horta na Casa Branca. A horta, a primeira na residência oficial dos presidentes americanos desde a Segunda Guerra Mundial(1939-1945), foi plantada com sucesso. Em meados do ano, já podiam ser colhidos espinafre, ervilhas e brócolis, entre outras hortaliças. De lá para cá, Michelle não deixou que a campanha “Let’s Move”, algo como “Vamos nos mexer” ou “Vamos nos exercitar”, arrefecesse.

Preocupada principalmente com a obesidade infantil – uma em cada três crianças americanas está obesa ou acima do peso -, ela está sempre aparecendo em programas de TV para falar da importância da alimentação natural. No ano passado, lançou uma nova campanha, baseada em uma parceria público-privada, propondo que, no prazo de cinco anos, 50 mil escolas em todos os Estados Unidos dediquem ao menos uma hora por dia à educação física dos alunos.

Com esta e outras iniciativas, Michelle é uma das figuras mais populares entre os americanos. Bem mais popular, as pesquisas mostram, do que o marido presidente.


CONTEÚDO PUBLICITÁRIO

Notícias Relacionadas

Deixe um comentário





Utilizamos cookies essenciais de acordo com a nossa Política de Privacidade e ao continuar navegando, você concorda com estas condições. Aceitar Leia mais