Novo símbolo mostra um idoso mais saudável

Por Maya Santana
Este é o símbolo escolhido para representar os maiores de 60

Este é o símbolo escolhido para representar os maiores de 60

Depois de uma longa e intensa campanha, finalmente, foi apresentado este mês o novo símbolo do idoso, aposentando para sempre a imagem anterior – um homem curvado, com dor nas cadeiras, segurando uma bengala. Agora, como você pode ver na foto acima, a representação das pessoas com mais de 60 anos condiz bem mais com a realidade, já que o idoso de agora é muito mais ágil, vivo e ativo do que antes. O novo símbolo foi apresentado ao público no Dia Internacional do Idoso, comemorado em primeiro de outubro.

Símbolo anterior: idoso mostrado como um decrépito

Símbolo anterior: idoso mostrado como um decrépito

A ideia de mudar a forma como as pessoas de mais de 60 anos eram mostradas partiu do movimento Nova Cara da Terceira Idade. Foi feito um concurso que recebeu muitas ideias. A agência Garage IM, através do professor e design Roberto Matos, foi a idealizadora da imagem escolhida. No Brasil, os idosos somam, hoje, cerca de 25 milhões de pessoas. Representam uma força cada vez maior na sociedade. Em 2050, segundo projeções oficiais, os atuais 25 milhões saltarão para 63 milhões.

Veja o vídeo-manifesto da campanha que culminou na adoção do novo símbolo:


CONTEÚDO PUBLICITÁRIO

Notícias Relacionadas

Deixe um comentário





1 Comentários

Naad Devadip 4 de julho de 2018 - 11:28

Discordo totalmente do início… cabeça curvada nada.
Isso é uma característica pejorativa. O idoso, mais do que os jovens pode e deve andar de cabeça erguida.
Em primeiro lugar porque abaixar a cabeça para os outros foi de outros tempos e também porque abaixar a cabeça acaba com a postura.
Junto com a idade vem a maturidade, a sabedoria e portanto, a coragem de ser você mesmo.

Responder

Utilizamos cookies essenciais de acordo com a nossa Política de Privacidade e ao continuar navegando, você concorda com estas condições. Aceitar Leia mais