O clássico "Casablanca" completa seus 70 anos

Por Maya Santana

Humphrey Bogart e Ingrid Bergman, estrelas do filme de 1942


Luiz Carlos Merten
Na entrevista que deu ao Estado, o cineasta Werner Herzog, homenageado do Festival 4 + 1, que tem uma de suas sedes no Rio (mas pode ser acompanhado online, na internet pelo endereço wwww.4mas1.com), destacou Casablanca, o clássico romântico de Michael Curtiz, de 1942, como um exemplo perfeito de storytelling. O cinema pode não ser só uma arte ou forma de contar histórias, mas convém não subestimar seu aspecto narrativo. Casablanca ganhou os principais Oscars daquele ano. Completa sete décadas, durante as quais seu fascínio se manteve intacto. Diferentes gerações de espectadores continuam cedendo ao seu mistério.
Os 70 anos de Casablanca são tema de uma programação especial no TCM. Mais uma vez, Rick e Ilsa vão se reencontrar no café dele, na cidade que, em plena 2.ª Guerra, é rota de fuga da Europa, onde o nazismo é dominante. Rick e Ilsa se amaram no passado, em Paris, e agora ela está casada com Victor Laszlo. Prepare-se para os grandes momentos do filme – mas desista de encontrar a célebre frase, “Play it Again, Sam”, que Ingrid Bergman não diz para Dooley Wilson, embora lhe peça para tocar o tema musical que foi fundo para seu romance com Humphrey Bogart. Ainda há fogo sob aquelas cinzas.

Woody Allen, admirador de Casablanca e do mito de Bogart, escreveu Play it Again, Sam, que virou filme de Herbert Ross – Sonhos de Um Sedutor -, no qual ele próprio, na pele de um crítico, revive o dilema de Rick Blaine. O mocinho fica com a mulher amada ou renuncia a ela, para que seja a fortaleza de Victor e o ‘outro’, afinal, representa a resistência ao nazismo? O romantismo com grandeza faz parte da receita do filme. Casablanca foi produzido na Warner como parte do esforço de guerra em Hollywood, com base numa peça nunca encenada. A filmagem foi particularmente tumultuada. Por pouco Casablanca não virou outra coisa – e não o clássico em que se transformou. Leia mais em www.estadao.com.br


CONTEÚDO PUBLICITÁRIO

Notícias Relacionadas

Deixe um comentário





Utilizamos cookies essenciais de acordo com a nossa Política de Privacidade e ao continuar navegando, você concorda com estas condições. Aceitar Leia mais