O dia em que os Beatles cantaram no telhado

Por Maya Santana
Nesta quinta-feira completa 45 anos da lendária apresentação

Nesta quinta-feira completa 45 anos da lendária apresentação

A histórica apresentação do grupo, no auge da fama, foi no número 3 da Savile Row, em Londres, sede da Apple Corps. Muitos anos depois, quando meu irmão alugou uma casa logo na esquina, na Bloomsbury Square Gardens, a gente via turistas do mundo inteiro, muitos turistas, parando em frente do famoso prédio imortalizado pela última apresentação ao vivo dos quatro, um ano antes de se separarem. Ficavam examinando a fachada, às vezes por longo tempo, daquela construção simples e tão inglesa. O lendário concerto, de pouco mais de 40 minutos, está completando neste 30 de janeiro 45 anos. O Estadão publicou este pequeno artigo.

Leia:

Um dia histórico para os amantes da boa música, do rock, dos Beatles. Foi no dia 30 de janeiro de 1969 que John Lennon, Paul McCartney, George Harrison e Ringo Starr faziam seu último show ao vivo. E escolheram aparecer no telhado do prédio onde ficava a Apple Records, em Londres.

Esta última apresentação ao vivo do quarteto, que acabaria um ano depois, fez parte das gravações do filme (e do álbum) Let It Be. No repertório, Get Back, Don’t Let Me Down, I’ve Got a Feeling, Dig a Pony, God Save the Queen e um trecho de I Want You (She’s So Heavy).

Claro que o evento acabou reunindo uma multidão, que se juntou na rua para olhar para cima e ver nada menos que os Beatles. Os rapazes estavam tocando em alto volume, e aí a polícia foi chamada. O agente número 503 da delegacia de Westminster entrou para a história depois que subiu no telhado e pediu para que o som fosse abaixado. Paul disse que seria um grande final para aquele concerto se os Beatles tivessem sido presos.

Grandes histórias de um grande grupo, vale lembrar, no dia em que completa 45 anos dessa emblemática apresentação, que acabou influenciando outros grupos a fazerem algo semelhante, como o U2 em 2009, que se apresentou no edifício da BBC de Londres.

 

 

 

 

 


CONTEÚDO PUBLICITÁRIO

Notícias Relacionadas

Deixe um comentário





Utilizamos cookies essenciais de acordo com a nossa Política de Privacidade e ao continuar navegando, você concorda com estas condições. Aceitar Leia mais