fbpx

O genial Millôr se foi numa manhã de março há 1 ano

Por Maya Santana

O genial Mi

O escritor, um dos fundadores do Pasquim, morreu aos 88 anos

No próximo dia 27 completa um ano da morte de Millôr Fernandes, nosso genial homem das letras, humorista cáustico, de cultura inigualável. Ele era múltiplo: desenhista, humorista, dramaturgo, escritor e tradutor dos mais brilhantes. Millôr escreveu peças de teatro, textos de humor e poesia. Também foi um dos principais tradutores brasileiros: do inglês e do francês nos deixou traduções de obras de Sófocles, Shakespeare, Molière e Brecht. Foi um grande frasista. Selecionei aqui algumas pílulas de sua imensa sabedoria:

“Com muita sabedoria, estudando muito, pensando muito, procurando compreender tudo e todos, um homem consegue, depois de mais ou menos 40 anos de vida, aprender a ficar calado.”

“Viver é desenhar sem borracha.”

“Viva o Brasil! Onde o ano inteiro é primeiro de abril.”

“O cadáver é que é o produto final. Nós somos apenas a matéria prima.”

Millor Fernandes cartum cretinizador

“O homem é o único animal que ri. E é rindo que ele mostra o animal que é.”

“Imprensa é oposição. O resto é armazém de secos e molhados.”

“Como são admiráveis as pessoas que não conhecemos muito bem.”

“Tudo na vida tem uma utilidade – se não fosse o mau cheiro quem inventaria o perfume?”

“Se durar muito tempo, a popularidade acaba tornando a pessoa impopular”

“Fiquem tranquilos os poderosos que têm medo de nós: nenhum humorista atira pra matar”

“O aumento da canalhice é o resultado da má distribuição de renda”

“Se todos os homens recebessem exatamente o que merecem, ia sobrar muito dinheiro no mundo”

Millôr

“Há duas coisas que ninguém perdoa: nossas vitórias e nossos fracassos”

“Ontem hoje / E amanhã / O homem o cabelo parte / Parte o cabelo com arte / Até que o cabelo parte.”

“A ocasião em que a inteligência do homem mais cresce, sua bondade alcança limites insuspeitados e seu carácter uma pureza inimaginável é nas primeiras 24 horas depois da sua morte.”

Notícias Relacionadas

Deixe um comentário

vinte − 2 =

1 Comentários

Avatar
Toninho Reis 18 de março de 2013 - 14:17

Ele foi demais , grande millor pra sempre…………………….

Responder