O papel da mulher na arte contemporânea

Por Maya Santana
"La chambre bleue", de Suzanne Valadon, um dos quadros da mostra

“La chambre bleue”, de Suzanne Valadon, um dos quadros da mostra

Está em cartaz no Centro Cultural Banco do Brasil , CCBB, do Rio de Janeiro, no centro da cidade,  até o próximo dia 14 de julho, a exposição “ELLES – Mulheres artistas na coleção do Centro Pompidou”. Com curadoria de Emma Lavigne e Cécile Debary, “Elles” pretende contar a história da arte moderna e contemporânea através do ponto de vista feminino nos séculos XX e XXI.

Segundo o diretor do CCBB Rio, Marcelo Mendonça, as artistas apresentadas “produziram trabalhos que ilustram como as mulheres foram capazes de revolucionar conceitos artísticos de seu tempo”. Além disso, retrata a importância das mulheres nas causas políticas e sociais.

A mexicana Frida Khalo, outra presença na exposição

A mexicana Frida Khalo, outra presença na exposição

Para as curadoras,  Emma Lavigne e Cécile Debray, o mundo da arte ainda é muito desequilibrado nesse aspecto. Para tentar igualar um pouco que seja, a mostra busca não só falar de arte e feminismo, mas mostrar a história da arte a partir do olhar das mulheres, todas elas, representantes dos principais movimentos de Arte Moderna e Contemporânea.

O recorte apresenta desenhos, instalações, pinturas, esculturas, fotografias e vídeos de mais de sessenta artistas pioneiras que revolucionaram, cada uma a seu modo, os conceitos artísticos de seu tempo.

Obra de Ana Maria Maiolina, uma das três brasileiras representadas

Obra de Ana Maria Maiolina, uma das três brasileiras representadas

Organizada pelo Centro Georges Pompidou/Musée National d’Art Moderne, que abriga a maior coleção de arte contemporânea da Europa, ELLES é uma experiência visual que vai desafiar os pressupostos dos visitantes sobre a arte do século passado. A mostra apresenta uma nova perspectiva sobre a história da arte moderna e contemporânea. Com humor, desprezo, sensualidade e ambigüidade, essas mulheres representam os principais movimentos de Arte Moderna, desde a abstração às questões contemporâneas mais prementes.

A partir de um debate relacionado ao papel feminino na história da arte, a mostra resgata e apresenta artistas de diversos países do mundo, entre as quais figuram as brasileiras Letícia Parente, Anna Maria Maiolino, Sônia Andrade, Rosângela Rennó, Rivane Neuenschwander e Anna Bella Geiger. O recorte adotado pela curadoria permite que o visitante tenha uma visão profunda e abrangente do espaço ocupado pelas mulheres na cultura universal, da literatura à história do pensamento, da dança ao cinema.

A artista Valérie Belin deu olhar enigmático a este manequim de cera

Valérie Belin deu olhar enigmático a este manequim de cera

Sucesso desde o lançamento em Paris, em 2009, a exposição ELLES: Mulheres Artistas na coleção do Centro Pompidou foi exibida em Seattle (EUA), entre outras cidades. A mostra é apresentada pelo Ministério da Cultura / Governo Federal através da Lei Rouanet 8.313/91, com patrocínio do Banco do Brasil e copatrocínio da BBDTVM. O projeto conta, ainda, com apoio cultural da Ourocap e apoio institucional da Embaixada da França no Brasil. Leia mais clicando aqui.


CONTEÚDO PUBLICITÁRIO

Notícias Relacionadas

Deixe um comentário





Utilizamos cookies essenciais de acordo com a nossa Política de Privacidade e ao continuar navegando, você concorda com estas condições. Aceitar Leia mais