Oprah Winfrey, chegando aos 60, é puro sucesso

Por Maya Santana
 Apresentadora e empresária de sucesso, ela teve um início de vida muito difícil

Apresentadora e empresária de sucesso, ela teve um início de vida muito difícil

Oprah Winfrey completou 59 anos nesta terça-feira. A apresentadora e empresária se tornou um dos maiores nomes da TV norte-americana, além de uma das pessoas mais bem sucedidas no mundo do entretenimento: é dona de um patrimônio estimado em cerca de 5,5 bilhões de reais, o que lhe deixa entre as 400 pessoas mais ricas dos Estados Unidos, segundo a revista Forbes. Mas, nem sempre foi assim. Leia um pouco de sua história espetacular:

“Oprah Gail Winfrey foi criada pela avó em uma fazenda do Mississipi. Sua mãe, uma adolescente solteira, partiu para outro estado em busca de trabalho, deixando a filha receber uma educação cristã desde nova. Aos três anos de idade, recitando poemas e versos bíblicos, já manifestava traços de uma criança com inteligência acima da média. Entretanto, aos seis, uma mudança radical transformaria sua vida para sempre: foi morar na casa em que a mãe trabalhava em Milwaukee, onde dos nove aos 13 anos foi abusada sexualmente pelos patrões e visitantes da casa.

Capa da prestigiosa revista Time

Capa da prestigiosa revista Time

Com 14 anos, Oprah tentou escapar do inferno, mas acabou ficando sem teto e sem ninguém. Tornou-se uma adolescente promíscua e engravidou cedo demais. Seu filho morreu pouco depois. Oprah então se mudou para a casa do pai em Nashville, Tenesse. Lá vivia em um ambiente seguro e saudável, mas tinha que obedecer a rigorosas disciplinas: deveria se esforçar para ser a melhor de todas. Tornou-se então uma aluna brilhante, ganhando prêmios de oratória e recitação dramática. Aos 17, ganhou um concurso de beleza que lhe renderia também um trabalho em uma estação de rádio a serviço da comunidade afro-americana – a WVOL.

Graduada em Comunicações e Artes Cênicas pela Universidade Estadual do Tennessee, onde ganhou bolsa integral, Oprah estava pronta para dar seus primeiros passos na carreira: assinou contrato com uma emissora de televisão local para atuar como repórter e âncora. Em 1976, mudou-se para Baltimore para participar da WJZ-TV News, onde co-organizou o seu talkshow. A facilidade com que passava as mensagens aos telespectadores chamou a atenção da WLS-TV em Chicago, que a convidou para comandar um programa matinal de meia hora. Em menos de um ano, a sua atuação foi a mais comentada e com maior audiência, ganhando mais meia hora na telinha.” Continua em www.ig.com.br


CONTEÚDO PUBLICITÁRIO

Notícias Relacionadas

Deixe um comentário





1 Comentários

toninho reis 31 de janeiro de 2013 - 03:06

Sempre adimirei a Oprah,quando eu morava em NY nao perdia seus progamas,uma MULHER dinamica,simples com um grande coracao….

Responder

Utilizamos cookies essenciais de acordo com a nossa Política de Privacidade e ao continuar navegando, você concorda com estas condições. Aceitar Leia mais