fbpx

Outro debate de candidatos em horário inadequado

Por Maya Santana

Dilma e Marina no debate desta segunda-feira

Dilma e Marina no debate desta segunda-feira

Maya Santana

Mais uma vez não entendi o que levou os organizadores – SBT, Uol, Folha e Jovem Pan – a fixar em 17h45m o início do segundo debate entre os presidenciáveis, nesta segunda-feira. Só quem não trabalha, ou trabalha em horário diferente do comercial, conseguiu assistir ao debate por inteiro. Os de ontem pecaram por colocar no ar o programa cedo demais. Ao contrário do que aconteceu no primeiro debate, promovido pela rede Bandeirantes, na semana passada: no momento em que começou, a vasta maioria dos brasileiros que trabalharia no dia seguinte já estava dormindo.

Estamos a praticamente um mês das eleições, marcadas para o dia 5 de outubro. Não preciso discorrer aqui sobre a importância de os brasileiros conhecerem os candidatos, mesmo aqueles que consideramos ridículos, por não terem nada para propor e atropelar a língua portuguesa com trator, como vimos acontecer ontem com dois ou três deles.

Os sete candidatos à presidência que participaram das discussões

Os sete candidatos à presidência que participaram das discussões

Deixando de lado os assépticos programas eleitorais, produzidos de acordo com o que os marqueteiros determinam, o debate é a única chance que temos de ver os candidatos como eles são e de ter as propostas que estão fazendo discutidas. O debate tem que ser apresentado no horário nobre, aquele em que estão as novelas.

Sobre o primeiro debate, leia:
O debate dos candidatos a presidente: você viu?

Com sete participantes – Dilma(PT), Marina Silva(PSB), Aécio Neves(PSDB), Luciana Genro(Psol), Eduardo Jorge (PV), Pastor Everaldo (PSC) e Levy Fidelix (PRTB), o debate de ontem durou quase duas horas. E, como era de se esperar, o grande embate se deu entre Dilma e Marina, as duas que estão nos primeiros lugares na preferência dos eleitores, de acordo com as pesquisas de opinião pública. Mas o que eu quero com essa nota que publico aqui é perguntar: será que algum canal vai apresentar um debate com os presidenciáveis em horário que todos os brasileiros que quiserem poderão ver?

Leia o artigo sobre o debate em si publicado pelo jornal El País.

Notícias Relacionadas

Deixe um comentário

dezesseis − onze =