fbpx

Perto dos 60, ela é modelo e tem aparência incrivelmente jovem

Por Maya Santana

Avó de duas crianças, Yasmina Rossi vai completar 60 no mês que vem

Avó de duas crianças, Yasmina Rossi vai completar 60 no mês que vem

Em um mundo com padrões de beleza irreais em que envelhecer parece ser um verdadeiro pecado, uma modelo francesa de 59 anos vem chamando atenção. Yasmina Rossi, estampa, com seus longos cabelos grisalhos, campanhas publicitárias, editoriais de moda e desfiles e prova que idade é apenas um detalhe.

Dona de uma beleza clássica, Yasmina começou sua carreira com mais de 20 anos, idade em que a maioria das modelos já está começando a se preparar para a aposentadoria. Mas foi mesmo aos 45 anos, quando se mudou para Nova York, que teve sua grande oportunidade e foi destaque em campanhas da Macy’s, AT & T, e fez seu nome internacionalmente depois de conseguir um trabalho como modelo da Marks & Spencers na Europa.

Yasmina nasceu na França. Trabalha como modelo desde os 20 anos

Francesa, ela trabalha como modelo desde os 20 anos

Com um corpo impecável e de dar inveja a muita garotinha, a modelo explica: “Tudo o que eu fiz foi comer alimentos orgânicos muito antes de ter virado moda,” disse ao Sunday Times. “Meu corpo é como ele é, repleto de todos os sentidos para desfrutar a vida com gratidão e celebração. Não faço cirurgias e nem tratamentos de beleza, tenho uma alimentação saudável e uso apenas óleo de sementes nos cabelos e no rosto”.

Ela conta que recebe e-mails pessoas do mundo todo que querem saber seu segredo para envelhecer de forma tão harmoniosa. “Nenhum! Apenas faço o que eu realmente desejo fazer sem pensar no que as pessoas podem pensar de mim, na verdade sou como uma criança que não se importa, mas com limites saudáveis. Envelhecer harmoniosamente depende de como é o espírito que anima o corpo. Ser curiosa e querer aprender é muito importante no processo do ‘não envelhecer’ e manter o corpo vivo”.

Sua exuberância é sempre realçada nas fotos

Sua exuberância é sempre realçada nas fotos

Yasmim ainda garante que aos 20 ou 30 anos não se sentia tão bonita quanto se sente com quase 60. Ela diz que foi apenas quando chegou aos 40 que começou a sentir sexy: “Estou muito melhor na minha pele agora, só lamento que tenha tido essa percepção tão tarde. Foi apenas depois que fiz 40 anos que comecei a me achar sexy, mais viva, mais no meu corpo do que nunca. É surpreendente eu amar tanto este corpo com quase 60 anos, agora que ele começa a decair. Tudo isso é estranho e inesperado, mas muito bom. Isso faz parte de um aprendizado”.

Avó de duas crianças, Yasmina não pretende parar de modelar. “Trabalharei até quando eu puder e meu corpo permitir”, garante. (Fonte: Catraca Livre)

Notícias Relacionadas

Deixe um comentário

dezesseis + seis =

1 Comentários

Avatar
Laura Silva 8 de novembro de 2015 - 19:35

Admiro mulheres maduras que se valorizam. É algo louvável, destacar se, na sociedade ocidental, onde o culto a juventude é quase uma ditadura hipócrita, constrida no bisturi .

Responder