Pitaya, fruta flor ainda pouco conhecida no Brasil

Por Maya Santana
Da família dos cactos, é usada como emagrecedor e para fazer de esfoliante a xampu

Da família dos cactos, é usada como emagrecedor e para fazer de esfoliante a xampu

A  pitaya, mais conhecida como Fruta do Dragão, é nativa do México, pertence à família dos cactos, com flores consideradas as mais belas do mundo. É uma fruta de aparência muito bonita e diferente, além de produzir flores noturnas perfumadas, de rara beleza. De acordo com a espécie seus frutos podem ser de cor amarelo-vivo ou vermelho externamente, de polpa branca translúcida com minúsculas sementes como o Kiwi e de sabor suave e muito agradável. Em algumas espécies a polpa é de coloração vermelha com tonalidade mais forte que a casca.

Os frutos da Pitaya são ricos em vitaminas, fósforo e oligossárideos que auxiliam o processo digestivo e previne o câncer de cólon e diabetes. Ajuda, também, a  neutralizar substâncias tóxicas (metais pesados), reduz os níveis de colesterol  e a hipertensão. As sementes têm efeito laxante. Pode-se consumir a polpa do  fruto ao natural ou processado como refresco, geleias ou doces. Seu  gosto lembra um pouco o do melão e apesar de sua aparência chamativa, o paladar  é suave. Além do fruto, que tem efeito em gastrites, o talo e as flores são  usados para problemas renais.

Fruta estimula o corpo a usar suas reservas de açúcar e gordura

Fruta estimula o corpo a usar suas reservas de açúcar e gordura

Durante muito tempo seu consumo foi restrito às mesas norte-americanas, européias e australianas, chegando ao Brasil na década de 90 através de importações da Colômbia, o que despertou o interesse dos fruticultores brasileiros. Vem sendo cultivada principalmente no estado de São Paulo.

A fruta pode pesar entre 150 a 600 gramas e seu interior, que é ingerido cru, é doce e tem baixo nível de calorias. Pode ser utilizada para se fazer suco ou vinho; as flores podem ser ingeridas ou usadas para fazer chá. As sementes se assemelham às do gergelim e se encontram dispersas na polpa.

As Pitayas são ricas em fibras e minerais, as vermelhas são ricas em fósforo e vitamina C e as amarelas em cálcio. As sementes são ricas em gordura poli-insaturada. Possuem também quantidades significativas de antioxidantes, que previnem os radicais livres, retardando os efeitos do envelhecimento.

É usada em Taiwan pelos diabéticos como substituto para o arroz como fonte de fibras. Atua ainda na diminuição do colesterol e da pressão sanguínea. Comer regularmente a fruta alivia doenças crônicas do sistema respiratório.


CONTEÚDO PUBLICITÁRIO

Notícias Relacionadas

Deixe um comentário





10 Comentários

Rafael 21 de maio de 2018 - 15:26

Gostaria de saber se as flores da pitaya polpa vermelha possuem o polêm, ou se é necessário ter uma muda da pitaya polpa branca pra polinizar. Obg.

Responder
Márcia Maeda 10 de junho de 2018 - 21:15

Plantei algumas mudas, mas não sei a cor. Gostaria muito de obter a amarela, pois dizem q é mais doce.Estou adorando a experiência e não vejo a hora de poder fazer a polinização mesmo sabendo que será a noite.

Responder
Neide maura goncalves 20 de maio de 2018 - 20:58

Boa noite!

Responder
Neide maura goncalves 20 de maio de 2018 - 20:57

Eu tenho um pé já a um ano e não abriu flor ainda mais estou na esperança de vê lo com frutos.

Responder
Raquel 9 de maio de 2018 - 23:09

Aprendi fazer o plantio fiz e a minha planta esta com 2 palmos e ainda não. Deu frutos mas ta linda a planta

Responder
Marlene de Oliveira 15 de maio de 2016 - 17:40

Fiquei muito felliz em descobrir por um acaso que tenho vários pés de pitaya. Tenho alguns pés de cactos pendurados no muro de minha casa e após alguns anos descobri que ele começou a dar belas flores que eu só via fechada e já murcha. Em um noite ao sair no quintal por volta das 00:30 vi algumas flores totalmente abertas: levei um baita susto, porque além de enormes elas são lindissímas. Quando o dia amanhece já estavam fechadas. após algum tempo notei que em algumas após a morte das flores aparecia algo vermelho e com ums especie de pétalas semelhante a um fruto, mas só descobri que eram frutos quando vi algo igual no Mercadão aqui em São Paulo, experimentei e gostei e lembrei daquela que havia em meu quintal. Ao chegar em casa colhi a fruta que já estava madura e ao abrí-la, olha a minha surpresa : era a mesma fruta : Pitaya! confirmei na net e me senti muito feliz por ter em meu quintal uma fruta rara. Adorei!!

Responder
ione 31 de março de 2016 - 11:29

gosto muito da fruta …quero saber como fazer o chá? pode ser feito da casca do fruto ?no caso das folhas e do cacto ( galho da planta ) que e feito o cha?

Responder
oswair barbosa 5 de março de 2016 - 20:09

Estamos usando a fruta, eu e minha familia, muito deliciosa.

Responder
Erika Barrotti 21 de fevereiro de 2015 - 14:02

Gostei muito de saber sobre a fruta e suas vitaminas minha familia também apreciaram a foto apostada,obrigada pela imformação abraços,

Responder
Toninho Reis 13 de junho de 2013 - 00:49

Aqui na Asia, eh encontrada nos supermercados com um preco baixo.ela nao tem muito sabor, mas como diz a materia eh rica em vitaminas …..

Responder

Utilizamos cookies essenciais de acordo com a nossa Política de Privacidade e ao continuar navegando, você concorda com estas condições. Aceitar Leia mais