fbpx

Por que 11 de setembro é uma data que não dá para esquecer

Por Maya Santana

One Trade Center One, o prédio que substituiu as duas torres gêmeas destruídas no atentado

One World Trade Center, prédio que substituiu as duas torres gêmeas destruídas

11 de setembro é uma data mais do que marcante na minha vida. Foi depois de passar um dos dias mais tensos registrados na memória, como editora chefe da BBC Brasil, em Londres, que eu decidi pedir demissão, encerrando 14 anos de trabalho na emissora britânica. Os ataques às Torres Gêmeas, em Nova York, e ao Departamento de Defesa, em Washington, em 2001, inauguraram o novo século causando cizânia. Na loucura que se seguiu, muita gente, eu inclusive, começou a achar que aquilo era o início do fim do mundo.

Muita coisa mudou desde aquele 11 de setembro, há 14 anos. Eu mesma deixei tudo para trás e retornei ao Brasil. Mas o mundo não acabou. Continua aí, mais confuso do que nunca, é verdade. As lembranças que marcam essa data não ficam apenas na tragédia americana. Foi num outro 11 de setembro, em 1973, que o general Augusto Pinochet iniciou o golpe sangrento contra o governo socialista de Salvador Allende, inaugurando a longa ditadura militar chilena de 17 anos (1973/1990), a mais sangrenta de todas as que se espalharam como peste pela América Latina, nas décadas de 60 e 70. Matou e desapareceu com os corpos de milhares de cidadãos e cidadãs.

Outra tragédia, essa de caráter pessoal, que faz com que 11 de setembro seja uma data forte no meu calendário é que o meu irmão mais velho, Zé Santana Filho, faria hoje 72 anos de idade. Era virginiano e notoriamente extravagante quando se tratava de alimentação.Aos 50 e poucos, recebeu o diagnóstico de diabete. Um ano antes de completar os 60, caiu fulminado por um AVC, que deixou inúmeras sequelas, inclusive a incapacidade de se locomover sozinho. Nem um único dia deixou de fumar. Na manhã de 13 de janeiro de 2005, sofreu um infarto fulminante. Foi embora antes da minha mãe, na época com 83 anos.

Não, com certeza, 11 de setembro é uma data que não dá para esquecer.

Notícias Relacionadas

Deixe um comentário

vinte + 15 =