fbpx

Por que mentir para esconder a idade?

Por Maya Santana
A diretora-gerente do FMI, Christine Lagarde, assumiu os cabelos brancos

A diretora-gerente do FMI, Christine Lagarde, assumiu os cabelos brancos

Maya Santana

Há poucos dias, lendo entrevista de uma conhecida jornalista de um canal de TV, me surpreendi quando ela disse que nasceu em 1959. Teria, portanto, 55 anos. Eu fiquei surpresa porque basta ver o perfil dela na Wikipédia, para constatar que chegou ao mundo bem antes do que declarou ao repórter. Se tivesse mesmo nascido no ano que afirmou, ela seria um prodígio, desses que merecem registro no Guiness Book of Records, já que começou a trabalhar na TV em 1971. É só fazer as contas: teria feito sua primeira reportagem aos 12 anos de idade.

Renan Calheilhos, presidente do Senado: implante de cabelo

Renan Calheiros, presidente do Senado: implante de cabelo

A história, motivo de muitas piadas nas redes sociais, ilustra bem como ainda encaramos essa questão da idade . E não somos só nós mulheres. Os homens também, depois dos 40, já começam a mentir sobre quantos anos têm. Nos ambientes em que é maior o preconceito contra a idade, as pessoas costumam lançar mão de todo artifício para parecerem jovens. É o caso da política no Brasil. Quer comprovar o que estou dizendo? Vá ao Congresso Nacional, em Brasília. Lá, reduto masculino, encontrará o maior número de homens com cabelo pintado por metro quadrado do Brasil.

O ex-ministro das Minas e Energia, Edison Lobão: cabelo pretíssimo, aos quase 80

O ex-ministro Edison Lobão: cabelo pretíssimo, aos quase 80

Houve uma época, em que pensei em deixar o cabelo embranquecer. Parar de ir ao salão de beleza de tempos em tempos cobrir os fios brancos. Mas desisti. Foi tamanha a pressão de amigos e parentes: “Você vai ficar com aparência mais velha”, diziam uns; “vai ficar muito pálida, com ar envelhecido”, insistiam outros. Como já não estava mesmo certa de que queria deixar os cabelos na sua cor (ou falta de cor) natural, sigo aplicando tinta castanho médio, para que ninguém veja que o branco do meu cabelo já está avançado.

Leia também:
A militante pelos direitos das grisalhas

Quanto mais os cabelos ficam brancos, mais aumenta o charme de Geoge Clooney

Quanto mais brancos os cabelos, mais charmoso Geoge Clooney fica

O que não me importo mesmo é de dizer a idade. Vou completar 64 anos e me sinto maravilhosamente bem com esse meu tempo de vida. Lógico que respeito quem não quer dizer a sua. Mas acho bobagem mentir sobre algo de foro tão íntimo. Idade – cada um tem a sua. A jornalista de quem comecei falando, pelas contas, beira os 65 anos. Mais madura, tornou-se uma mulher elegante e muito bonita. O tempo fez bem a ela. As marcas no rosto, no entanto, mostram que já é uma sexagenária. Então, por que mentir?

close

Inscreva-se para receber conteúdo incrível em sua caixa de entrada, todas as semanas

Prometemos que nunca enviaremos spam! Leia nossa Política de privacidade para mais detalhes.

Notícias Relacionadas

Deixe um comentário





1 Comentários

luci 2 de fevereiro de 2015 - 14:48

Concordo com a reportagem. Sei que a tal repórter é bem mais velha que eu e eu já vou fazer 60 anos, com muito orgulho. Sou feliz por já ter vivido mais de meio século. Ela deveria assumir, a aparência mostra a verdade

Responder

Utilizamos cookies essenciais de acordo com a nossa Política de Privacidade e ao continuar navegando, você concorda com estas condições. Aceitar Leia mais