fbpx

Quando nossos pais se tornam nossos “filhos”

Por Maya Santana

 quando nossos pais se tornam nossos “filhos”

Os “Filhos pais” podem recorrer ao apoio de cuidadores

Com a preocupação de apoiar suas leitoras no universo profissional, o blog 50emais fez uma parceria com a Rede Aptta, organização voltada para potencializar os talentos femininos. Queremos destacar que novos caminhos profissionais e pessoais estão abertos para as mulheres que já cruzaram a fronteira dos 50 anos, estimulando-as a buscar uma outra dimensão para esse ciclo da vida. O texto a seguir é fruto dessa parceria, que faz parte do nosso esforço de participar de forma mais intensa da vida dos internautas que nos acompanham.

Juliana Andrade e Adriana Fantoni

Já falamos aqui sobre o apoio social. E quando nossos pais se tornam nossos “filhos” precisamos articular esse apoio. Por mais que racionalizemos, não é fácil estarmos preparados para essa mudança. Apesar do nosso “despreparo” a mudança acontece e toda a família tem que se acomodar para o desempenhar os novos papéis invertidos.

Quem trabalha e/ou tem uma vida muito ativa, muitas vezes, tem dificuldade para articular a rotina do dia a dia para se tornar “pai/mãe dedicado” para os seus próprios pais que podem estar vivenciando a necessidade do cuidado e da atenção mais intensivos. Os “filhos pais” recorrem então ao apoio de cuidadores e de estabelecimentos que possam ser o apoio social requerido para auxilia-los na empreitada.

Para “selecionar” este apoio social, algumas questões que vão além do preço e da disponibilidade de horário/localização, precisam ser consideradas:

•Experiência prévia do cuidador/do estabelecimento
•Trajetória profissional
•Formação
•Referências anteriores
•Contato para ajuste de expectativas

Em resumo o apoio social é necessário para filhos e pais. Selecionemos com critério!

Notícias Relacionadas

Deixe um comentário





Utilizamos cookies essenciais de acordo com a nossa Política de Privacidade e ao continuar navegando, você concorda com estas condições. Aceitar Leia mais