Reino Unido proíbe anúncio de rímel da Dior

Por Maya Santana

A atriz Natalie Portman no anúncio, considerado exagerado

Um anúncio de um rímel da Christian Dior foi proibido no Reino Unido por “induzir os consumidores ao erro” ao retocar digitalmente os cílios da atriz que estrela a campanha, a americana Natalie Portman, e mostrar um resultado que não corresponde com a realidade. No anúncio, o texto diz que o rímel provoca um “efeito espetacular de multiplicação do volume, cílio por cílio”.

O órgão regulador de publicidade do Reino Unido, ASA na sigla em inglês) decidiu proibir a campanha depois que uma das marcas concorrentes da Dior na indústria de cosméticos, a L’Oreal, se queixar do anúncio, por “considerá-lo exagerado e fazer com que os consumidores sejam enganados sobre os possíveis efeitos do produto”.

A Dior saiu em defesa do anúncio e assegurou que a atriz não utilizou cílios postiços no comercial, mas reconheceu que os responsáveis pela criação da propaganda usaram Photoshop para aumentar a espessura e o volume dos cílios. A marca alegou também, de acordo com a imprensa britânica, que os consumidores esperam que as imagens usadas em propagandas de produtos de beleza sejam feitas com um estilo profissional.

Porém, a ASA afirmou que não há provas de que o produto possa imitar o resultado que aparece no anúncio, por isso que ele pode “induzir ao erro”. Leia mais em www.estadao.com.br


CONTEÚDO PUBLICITÁRIO

Notícias Relacionadas

Deixe um comentário





Utilizamos cookies essenciais de acordo com a nossa Política de Privacidade e ao continuar navegando, você concorda com estas condições. Aceitar Leia mais