Rio ganha a Casa Daros, outro museu internacional

Por Maya Santana
O novo museu fica no bairro de Botafogo, em um casarão do século 18

O novo museu fica no bairro de Botafogo, em um casarão do século 19

Agora vai. Inicialmente prometida para 2008, a Casa Daros será finalmente  aberta ao público neste sábado, 23 de março, após seis anos de um ambicioso restauro  feito por 250 funcionários, que verteram um prédio de 1866 num amplo espaço para  arte e educação. Nessa reta final, o movimento é intenso no casarão de 12 mil  metros quadrados em Botafogo.

— Isso aqui é uma obra para o povo brasileiro — diz, animado, o curador suíço  Hans-Michael Herzog, que tem a pele avermelhada dos europeus no verão carioca,  fala pouco, veste Calvin Klein e passou pelo menos 13 anos visitando, em países  da América Latina, os ateliês dos 117 artistas que compõem a coleção Daros  Latinamerica. Com sede em Zurique, na Suíça, são essas 1.200 obras de arte contemporânea  adquiridas desde 2000 pela colecionadora suíça Ruth Schmidheiny que vão “abastecer” o novo centro cultural carioca, que na abertura mostrará 75 obras de  dez artistas colombianos.

O local tem mais de 10 mil m2 de área construída

O local tem mais de 10 mil m2 de área construída

Tudo na Casa Daros foi pensado em minúcias. As paredes das 11 salas de  exposição, por exemplo, são reversíveis — para se preservar a estrutura do  casarão tombado, novas paredes foram erguidas a um metro de distância das  antigas, e algumas têm tratamento para garantir condições climáticas adequadas a  obras mais delicadas. O piso de peroba se manteve depois de longo tratamento de  recuperação (60% dele é o mesmo de quando a casa foi erguida). Já o telhado foi  70% refeito. As peças das exposições vão entrar por uma espécie de elevador que  fica camuflado no piso de uma das grandes salas ou por grandes portas, também  invisíveis aos olhos do público.

Se a homérica obra nas instalações foi vastamente explorada pela direção da  Casa Daros como um indício do trabalho cuidadoso que pretende fazer no Rio, é  para o discurso sobre o conteúdo do prédio que agora se voltam Herzog, o cubano  Eugenio Valdés Figueroa (diretor de arte e educação) e a brasileira Isabella  Rosado Nunes (diretora-geral).

A Casa_Daros_patio_dia_foto_Jaqueline_Felix2

A Casa Daros, diz seu curador, há de servir como “plataforma para o  intercâmbio cultural na América Latina”. Embora venha de longe, Herzog diz já  ter visitado tantos países latino-americanos a ponto de poder cravar: “O  brasileiro não conhece seus vizinhos.”

— Essa já é uma novidade: o público vai ter oferta de exposições e programas  de arte latino-americana. Ninguém sabe quem são os artistas da região. Estamos  aqui para mostrar conteúdos desconhecidos. Temos obras brasileiras na coleção,  mas isso as pessoas já conhecem. Se você mora no Rio e tem interesse em arte, já  viu a produção brasileira — afirma o curador, que até 2011 organizou exposições  da coleção na sede em Zurique, hoje uma grande reserva técnica fechada ao  público. Leia mais em O Globo

Conheça o Museu de Arte do Rio – MAR – inaugurado no último dia primeiro de março


CONTEÚDO PUBLICITÁRIO

Notícias Relacionadas

Deixe um comentário





1 Comentários

Jorge dos santos nilo 23 de março de 2013 - 01:17

Neste dia 22 de março de 2013, tive a felicidade de visitar o Museu de Arte do Rio – MAR,
em companhia de minha espôsa, por volta das 10:OO horas e posso dizer que ficamos en-
cantados com tudo o que vimos, pois foi como tivéssemos voltado no tempo e vivido àque-
la época colonial. Realmente os nossos descobridores trouxeram para o nosso território o
progresso, como por exemplo: A Biblioteca Nacional, o Theatro Municipal, os Correios , museus e etc. E, o Museu Mar nos mostra através de quadros e gravuras e narrações escri-
tas de forma clara e objetiva , além de quadros de grandes pintores. Estão de parabéns
to-
dos aqueles que em momento de grande inspiração optaram pela realização desta grande
obra e tão retratado pela novela “LADO A LADO”, da TV GLOBO. Parabéns a todos.
E, quanto a Casa Daros, o novo museu Internacional, que será inaugurado no dia 23 do
corrente ano (sábado), expressarei meus comentários, após visitá-lo.

Responder

Utilizamos cookies essenciais de acordo com a nossa Política de Privacidade e ao continuar navegando, você concorda com estas condições. Aceitar Leia mais