fbpx

Rita Lee abandona cabelo ruivo e assume o branco

Por Maya Santana

Aos 67 anos, a roqueira se rendeu aos cabelos grisalhos

Aos 67 anos, a roqueira se rendeu aos cabelos grisalhos

A velha roqueira foi entrevistada pela revista Quem, para explicar porque abandonou os cabelos vermelhos, uma de suas marcas, que vinha usando desde a década de 1970 e se rendeu aos cabelos grisalhos. Rita, como tantas outras mulheres estão fazendo, não pinta mais os cabelos.

Leia a entrevista:

QUEM: Quando fizemos a sessão de fotos para a QUEM em 2012, você disse que queria parar de pintar o cabelo. Qual a sensação de aposentar o vermelho depois de tantos anos?
RITA LEE: Minha lagarta, desta vez, resolveu renascer borboleta branca para combinar com a fase de vida na qual estou me aventurando: vivo no meio do mato (Rita mora em um condomínio na Grande São Paulo), cercada de bichos e de verde por todos os lados.

QUEM: Está gostando do novo visual? Como se vê no espelho?
RL: Às vezes, passo em frente a um espelho e não me reconheço. Segundos depois, lembro que a ruiva era aquela que subia ao palco. A grisalha é esta, que agora vive tranquila comigo. Adorei ter sido ruiva, mas encheu o saco e, como fiel mutante, eu mudei e me desviciei do vermelho. White is beautiful (Branco é bonito, em inglês).

Na época de Os Mutantes

Na época de Os Mutantes

QUEM: Você se lembra quando pintou pela primeira vez seu cabelo de ruivo? E qual foi o motivo para a mudança?
RL: Na fase Mutantes, minha borboleta era loira. Depois que fui expulsa da banda, para ensolarar mais a cabeça, fui bundar em Londres e lá mergulhei as madeixas na henna marroquina e ruivei. Quando os cabelos começaram a embranquecer, a henna não pegava mais… E como sempre fui eu mesma quem pintava, parti para várias tintas vagabundas. Depois de anos e anos usando, meu cabelo virou vassoura de piaçava. Digamos que agora estou investindo cada vez mais no “branco sempre livre”, cujo fundo musical é “free again, lucky lucky me free again” (da música “Free Again”, gravada por Barbra Streisand em 1966).

Leia também:
Por que mentir para esconder a idade?

QUEM: E como estão, hoje, os seus dias?
RL: Estou mergulhada na minha autobiografia: meus quase 70 anos de vida não cabem em duas páginas apenas, não é mesmo? Está sendo em disparado a melhor terapia que já fiz até hoje. Fora isso, dou minhas pinceladas, cuido da horta, me emociono com meus bichos e namoro Roberto (de Carvalho, seu companheiro desde 1975). Quando sobra tempo, componho umas musiquinhas (risos).

Notícias Relacionadas

Deixe um comentário

treze − 11 =

15 Comentários

Avatar
Ana Stela Garcia Duarte 22 de abril de 2017 - 22:57

Rita Lee ficou linda com as madeixas brancas. Um dia chego lá. Beijos

Responder
Avatar
Ana 20 de abril de 2017 - 06:18

Até porque embranquecer é lindo.

Responder
Avatar
LOLITA GLORIA 18 de abril de 2017 - 08:25

Assumir os cabelos brancos é para poucas. Tem mulheres que acham que apenas a cor dos cabelos vão mostrar a idade, as rugas, o corpo modificado e etc. Mas quando a gente os assume, é um momento mágico e maravilhoso.
Assim eu me senti, quando desisti da tinta. O que mostra a idade é a própria idade, não os cabelos. A Rita Lee, é e foi a nossa rockeira, ela tem uma importâcia enorme para as pessoas das décadas passadas. Suas músicas inesquecíveis, bom gosto, verdadeira. Infelizmente essa benção meus netos não tem nesse momento deles.
Só mando a ela, boas energias e toda a felicidade que o momento lhe dá. Agradeço por poder ter vivido naquela época de ouro em que ela era a grande musa. Para mim, eterna Rita Lee.
Seja muito feliz, amamos voce.

Responder
Avatar
Bernadete Pereira Serique 18 de abril de 2017 - 08:10

Rita Lee, maravilhosa como sempre foi!
Assumi os meu branquinhos há três anos, e nunca me senti tão livre. Amo meu cabelos prateados!

Responder
Avatar
Bete 17 de abril de 2017 - 21:28

Coincidência, acabei de assumir os meus também, liberdade sempre!!!

Responder
Avatar
Luiza Maria Guimarães Carneiro 17 de abril de 2017 - 11:57

Uhu, viva, nada melhor do não fazer nada, é só deixar os cabelos brancos nascer…..

Responder
Avatar
Ana 19 de abril de 2015 - 11:46

Sempre achei aquele cabelo vermelho um horror. Ainda bem q mudou

Responder
Avatar
Ivone Cardoso Lorandi 18 de abril de 2015 - 16:15

A Rita está linda com o cabelo grisalho, super moderna, estou pensando seriamente em abandonar as tinturas, é uma chatice ficar retocando a cada 20 dias, mas como ele está nos ombros não sei como começar.

Responder
Avatar
Euridice 18 de abril de 2015 - 00:09

SEMPRE GOSTEI DELA, SEMPRE ASSUMIDA E MUITO CRIATIVA. EU TAMBEM ASSUMI MEUS CABELOS BRANCOS E ACHO LINDO E TODOS ACHAM TAMBEM.

Responder
Avatar
Lisa Santana 17 de abril de 2015 - 15:28

Esta sempre maravilhosa Rita!!!

Responder
Avatar
Maria de Lourdes Melo 17 de abril de 2015 - 14:55

Usei hena por muito tempo…………quanto mais brancos , mais eu parecia uma cenoura .
Assumi o grisalho , contra tudo e contra todos………….Hoje amo minha liberdade branca , aos 67 anos .

Responder
Avatar
Anne 16 de abril de 2015 - 23:02

Parabéns vc mulher moderna na iria
Ficar escrava de tinturas escondendo cabelo branco

Responder
Avatar
Maria teixeira Montalvão 16 de abril de 2015 - 15:25

Rita Lee foi referencia na minha juventude, e esta musica fez muito sucesso no meu tempo ! Ela é e será eternamente a referência do ROCK POP brasileiro ! Ainda é a nossa DIVA !!

Responder
Avatar
Rita 16 de abril de 2015 - 14:45

Amo a minha xará, não importa como se apresenta!

Responder
Avatar
Antonio f reis 16 de abril de 2015 - 08:36

Sempre Rita…….

Responder