fbpx

Rosa de Hiroxima, com Ney Matogrosso

Por Maya Santana
O cantor com um dos seus trajes ousados. O país vivia em plena ditadura

Década de 70: o Brasil vivia em plena ditadura

A música que escolhi para hoje, sexta-feira, é Rosa de Hiroshima  – um poema de Vinicius de Moraes musicado por Gerson Conrad e belamente cantado por Ney Matogrosso, quando ainda fazia parte da banda Secos e Molhados. O poema faz referência aos bombardeamentos das cidades japonesas  de Hiroxima e Nagasaki, no final da Segunda Guerra Mundial. É um grito pacifista e antinuclear, transformado na canção lançada em 1973, em plena ditadura no Brasil. Quando  jovem, ainda morando em Santa Luzia, participava com amigos de um bloco no carnaval, o “Secos e Enxutos”. Nossa inspiração era a banda, que  vivia o auge de seu sucesso na época. As memórias daquele tempo me vêm nítidas quando vejo este vídeo. É muito bonito. Relembre:

Notícias Relacionadas

Deixe um comentário

dois + dezoito =