fbpx

Saber Envelhecer

Por Maya Santana
Débora Bloch: acima de meio século de vida e cheia de vigor

Débora Bloch: acima de meio século de vida e cheia de vigor

Lusa Silvestre, Estadão

Cinquenta é o novo trinta. Vai vendo o time: Demi Moore, Cindy Crawford, Courteney Cox e Sharon Stone. Sheryl Crow, Sandra Bullock e Madonna. Maitê Proença, Débora Bloch e Luiza Brunet. Todas acima de meio século de vida. Todas posando de biquíni pra mostrar a maravilha que é envelhecer. Claro que é. Desde que você tenha recursos pra se manter linda. Ioga, pilates, quinoa, alface, plásticas. O resultado é espetacular – mas não venha me dizer que é genética boa. Vamos ser honestos. Genética boa é o outro nome para silicone.

Acontece que a maioria das pessoas não tem dinheiro pra isso tudo. A maioria tem que sobreviver. Sabe quanto custa um quilo de carne moída ? Então. O bom é o seguinte: há alternativas pra caducar dignamente.

Puxo por Marco Túlio Cícero. Roma antiga. Cícero era um senador, falava bem pra burro. Deixou bastante assunto pra posteridade. Como o texto Saber Envelhecer. Tem nas farmácias pra vender, é baratinho. Naquela época, tipo 50 a.C., não existiam grandes cremes para o rosto. Tampouco a medicina resolvia: o máximo disponível era a mumificação, coisa que não ajudava os ainda vivos. Nessa época, até uma lâmpada teria pés-de-galinha. A saída, então, era tentar viver o melhor de cada fase da vida.

Para Cícero, envelhecer era encontrar o prazer que todas as idades proporcionam. Todas têm as suas virtudes; ninguém precisaria ter vinte anos de idade, a vida toda, pra ser feliz. Mais ainda: ninguém precisaria ir buscar alegrias nas outras fases da vida, porque a sua já seria uma delícia. E tentar viver uma vida assim deslocada levaria ao erro, à frustração. Algo como casar aos 15 anos de idade, ou se comportar como aquelas criticadas coroas que vão de fio dental à praia. Não orna (segundo Cícero, veja bem. Eu não tenho nada contra.).

Ou seja: se você é criança, faça coisas de criança: jogue bola, coma bolo de chocolate e viaje para Disney (evite maquiagem; criança de maquiagem é esquisito). Se você tem dezoito anos, caia na balada, dê muitos beijos e viaje pelo nordeste com cinco reais na carteira (evite engravidar; muito cedo pra isso). Trinta anos ? Trabalhe de monte, ache alguém legal pra – juntos – construírem um jardim e viaje para Boston fazer MBA (evite ressacas; começam a ser piores). Aos cinquenta, compre um carro cheio de botões, se conforme em acordar cedo todo dia e viaje até New York pra jantar no Nobu (evite dívidas; dever depois de coroa é um suplício). Aos setenta, passe o fim de semana com os netos, aprenda tranca e viaje com os cruzeiros Costa (evite jogar bola; os ossos quebram fácil).

Eu, pessoalmente, aceito envelhecer. Até porque a alternativa é pior – morrer cedo. Mas discordo um pouco do Cícero. Se vou ter artrite, quero compensar me divertindo. Não ficarei desgovernado antes dos 70 – mas, depois, não me responsabilizo. Meu projeto é um Cícero à Lusitana. Do meu jeito. Nos conformes até os setenta – depois dane-se. Clique aqui para ler mais.

close

Inscreva-se para receber conteúdo incrível em sua caixa de entrada, todas as semanas

Prometemos que nunca enviaremos spam! Leia nossa Política de privacidade para mais detalhes.

Notícias Relacionadas

Deixe um comentário





6 Comentários

Lucilla Tavares de Matos 8 de junho de 2015 - 14:28

Já passei dos setenta e me sinto muito bem.Não sei se é genético ou da boa alimentação.Adoro viajar, ler, cozinhar, trabalhos manuais, joguinhos no tablet. Procuro ocupar minha mente o tempo todo.Difícil é manter o peso, mas me controlo e vou seguindo.

Responder
Tania Cecan 7 de junho de 2015 - 22:32

Tenho 50, e me sinto ótima! Nunca fiz plástica, nem coloquei silicone ou botox. Me cuido mas sem exageros, pois trabalho, tenho família, casa.. Sei que estou muito bem…qdo digo minha idade as pessoas não acreditam…me dão 10 anos a menos tranquilamente…acho que sim, minha genética ajuda bastante!!!!

Responder
Vânia Gadelha 5 de junho de 2015 - 22:57

Tenho 60.4 !!!
Sou feliz pra caramba!!!

Faço hidroginastica 3x por semana e natação nos domingos e feriados!!!

Responder
rose oliveira 5 de junho de 2015 - 22:38

Eu tenho meus cinquenta caminho a 35 (trinta e cinco ) anos vivo feliz, tenho sempre atividade a fazer adoro ler, visitar meus amigos uso creme Nivea a vida toda, não tenho celulite, rugas normais, não tenho botox, devido a um problema na lombar fiz uma redução de mama a cinco anos atrás a pedido medico.
A felicidade da minha idade esta no encontro de mim mesma.
Eu amo ser feliz todos os dias da minha vida!

Responder
regina sales 3 de junho de 2015 - 23:28

Ah…e nunca fiz plástica. E não digo que é genética…acho que foi o voley…joguei a minha vida quase toda.

Responder
regina sales 3 de junho de 2015 - 23:26

Eu nunca me achei velha aos 65 anos…e ainda uso biquini.

Responder

Utilizamos cookies essenciais de acordo com a nossa Política de Privacidade e ao continuar navegando, você concorda com estas condições. Aceitar Leia mais