Saiba por que temos várias idades ao mesmo tempo

Por Maya Santana
Luci Garcia: sempre pensam que ela é mais jovem do que sua idade cronológica

Luci Garcia tem 78 anos, mas sempre pensam que ela é mais jovem

Especialistas afirmam que, além da idade que consta nos nossos documentos de Identidade, temos várias outras: fisiológica, social, intelectual e cultural. E elas variam de acordo com o jeito com que cada um leva a vida. É por isso que a gente vê pessoas com a idade cronológica alta, 70/80 anos, e corpo e mente bem mais jovens.

Leia a reportagem de Carla Ruas para o jornal Zero Hora:

A professora aposentada Luci Garcia estava no aeroporto, prestes a embarcar para Natal nas férias do ano passado. Quando entrou na fila prioritária do check-in, foi abordada por um funcionário da companhia aérea que pensou que Luci estava se aproveitando da vantagem concedida a quem tem mais de 60 anos.

— Ele duvidou que eu estivesse na terceira idade — conta, sorridente. A história se repete aonde quer que ela vá. Com disposição, bom humor e uma condição física invejável, Luci tem 78 anos, mas ninguém acredita.

O neurologista Ivan Izquierdo, 77, professor e pesquisador em atividade

O neurologista Ivan Izquierdo, 77, professor e pesquisador em atividade

O mais surpreendente para quem a conhece é sua vida social ativa. Luci viaja pelo menos três vezes por ano — já foi para o Nordeste, Caribe, Leste Europeu, entre outros destinos. Quando está em Porto Alegre, joga carta e bolão com amigos regularmente. Faz ginástica três vezes por semana com um grupo de mulheres bem mais jovens e garante que não sai reclamando de dor pelo corpo.

— Eu não paro quieta — diz. Luci é um exemplo das pessoas cuja idade expressa na carteira de identidade não corresponde à idade de suas capacidades físicas ou mentais. Como Luci, muitos dos 15 milhões de brasileiros que já ultrapassaram os 60 anos contrariam a ideia de que ser idoso é estar debilitado, incompetente e frágil. Essa constatação está causando um debate entre cientistas sobre o real significado da idade cronológica e a definição de 60 anos como o início da terceira idade.

— A velhice é só uma convenção social, uma instituição política, porque a idade não é mais sinônimo da competência das pessoas — defende Newton Luiz Terra, diretor do Instituto de Geriatria e Gerontologia da Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul (PUCRS).

A grande descoberta da geriatria atual é a de que temos mais de uma idade ao mesmo tempo. Além da cronológica, existe a idade fisiológica, a social, a intelectual e a cultural, que variam de acordo com o jeito com que cada um leva a vida. Na sua carteira de identidade, Luci está próxima dos 80. Mas sua idade social equivale a de um jovem de 25 anos.

— O passar do tempo se tornou um indicador muito limitado da idade. É preciso levar em consideração outros aspectos da rotina do indivíduo — avalia o geriatra. Clique aqui para ler mais.


CONTEÚDO PUBLICITÁRIO

Notícias Relacionadas

Deixe um comentário





Utilizamos cookies essenciais de acordo com a nossa Política de Privacidade e ao continuar navegando, você concorda com estas condições. Aceitar Leia mais