Se a vida tivesse garantias, de Lisa Santana

Por Maya Santana
Se eu tivesse garantias que a vida não sairia do lugar, caminhava só em linha reta

Se eu tivesse garantias… Caminhava só em linha reta

Lisa Santana

Se a vida tivesse garantias
Se o céu me fosse prometido
Fazia tudo o que a minha mãe queria
Fazia só o que meu pai mandou
Não andava descalça na chuva
Não subia no alto das mangueiras
Acreditava que todo mundo era bom
Namorava
Só quando crescesse
Beijava
Só depois de namorar
Transava
Só depois de casar
Mas
Sem deixar meu marido me ver nua
Afinal
Mulher direita não pode ser vulgar
Andava na rua sem olhar para os lados
Que é para não correr o risco de pecar
Não sairia sozinha na noite
Não entraria nua no mar
Se eu tivesse garantias de que a terra
Não tremeria sob meus pés
Que a vida não sairia do lugar
Caminhava só em linha reta
Para não correr o risco de errar
Levaria uma vida besta
Viveria uma vidinha de bosta
Sem precisar enfrentar medo algum
Se a vida me desse garantias
Se tudo me fosse dado de boa
Eu ficaria quietinha
Juro
Levaria uma vida pequena
Levaria uma vidinha atoa.
Se a vida tivesse garantias

(Para Tereza,Duda, Maria, Bia, Joana…)


CONTEÚDO PUBLICITÁRIO

Notícias Relacionadas

Deixe um comentário





3 Comentários

Ana 17 de setembro de 2014 - 11:55

Querida, publique um livro com suas poesias. vc já esperou demais!

Responder
Déa Januzzi 16 de setembro de 2014 - 14:53

Lindo, Lisa, porque a vida não tem contrato de risco, nè?

Responder
Antonio f reis 16 de setembro de 2014 - 09:45

Adorei Lisa bjs…..

Responder

Utilizamos cookies essenciais de acordo com a nossa Política de Privacidade e ao continuar navegando, você concorda com estas condições. Aceitar Leia mais