fbpx

Um sério alerta para os riscos de se emprestar maquiagem

Por Maya Santana

O rímel é um dos itens mais perigosos. O ato de aplicar diversas vezes com o aplicador faz com que haja o acúmulo de bactérias dentro do tubo do produto

O rímel é um dos itens mais perigosos. O ato de aplicar diversas vezes com o aplicador faz com que haja o acúmulo de bactérias dentro do tubo do produto

Você é dessas que não se importa de dividir os pincéis, o rímel e o batom com as amigas? Se a sua resposta for sim, você vai ter que pensar duas vezes na hora em que alguém pedir para usar os instrumentos de sua maquiagem. A Sociedade Brasileira de Dermatologia acaba de divulgar um alerta chamando a atenção para os muitos problemas que se pode ter ao deixar que outras pessoas usem nosso estojo de maquiagem. O batom, por exemplo, pode trazer o vírus da herpes.

Leia este artigo publicado pelo portal Uai:

Emprestar ou usar a maquiagem de outra pessoa é um hábito bastante comum entre as mulheres. A prática, no entanto, deve ser abolida das rotinas, de acordo com a Sociedade de Dermatologia do Rio de Janeiro. Isso por causa dos riscos de contaminação por micro-organismo. O risco de contaminação é ainda maior se o cosmético estiver fora do prazo de validade, pois existem substâncias na maquiagem que evitam a proliferação de bactérias e fungos, que perdem a sua eficácia quando o produto vence. Geralmente, um desenho de um pote aberto com um número dentro nas embalagens de cosmético indica a validade do produto em meses.

» Pelo batom, há, por exemplo, o risco de transmissão do vírus da herpes, além de inúmeras bactérias, que podem causar de mau hálito a doenças na gengiva e cáries, entre outros problemas. As maquiagens para os olhos, como máscara para cílios e delineadores, por sua vez, quando seu uso não é estritamente individual, podem transmitir conjuntivite, terçol e até tracoma.

Para evitar que seus pincéis sejam contaminados, lave-os a cada 15 dias

Para evitar que seus pincéis sejam contaminados, lave-os a cada 15 dias

» O rímel é um dos itens mais perigosos. O ato de aplicar diversas vezes com o aplicador faz com que haja o acúmulo de bactérias dentro do tubo do produto. As infecções podem ser de leves a graves, podendo até ocasionar a perda permanente da visão. O ideal, além de não emprestar, é trocar o rímel a cada três meses.

Formas de evitar a contaminação:

» Armazene seus produtos em um ambiente limpo.
» Não guarde sua maquiagem com itens que tornam a contaminação mais fácil, como dinheiro e documentos.
» Na hora de se maquiar, evite as esponjas, pois elas acumulam bactérias. Opte pelos pincéis.
» Para evitar que seus pincéis sejam contaminados, lave-os a cada 15 dias. Utilize shampoo neutro e não deixe que a água escorra para dentro das cerdas. Deixe que os itens sequem na horizontal.
» Se você vai se maquiar no salão e não confia nos produtos que serão utilizados, leve os pincéis ou até mesmo suas próprias maquiagens.

Notícias Relacionadas

Deixe um comentário

3 × três =