Tai chi chuan é ideal para quem já passou dos 50

Por Maya Santana
Exercício combate doenças, acalma a mente e até desacelera o envelhecimento

Exercício combate doenças, acalma a mente e até desacelera o envelhecimento

Com seus gestos lentos, o tai chi chuan, a arte marcial chinesa, é cada vez mais praticado no mundo, por causa de suas qualidades terapêuticas, sobretudo para quem já passou dos 50 anos. Tanto que foi eleito pela importante Harvard Medical School, da Universidade de Harvard, nos Estados Unidos, uma das cinco melhores atividades físicas. Segundo a escola de medicina, o exercício combate doenças, acalma a mente e até desacelera o envelhecimento.

Leia o artigo escrito por Maira Ferraz para o jornal Zero Hora:

Na lista divulgada pela  Harvard Medical School, que elege as cinco melhores atividades físicas para todas as faixas etárias, existe uma em especial que traz ainda mais benefícios para a terceira idade: o tai chi chuan. A arte marcial chinesa incorpora movimentos lentos e o relaxamento e chega a ser apelidada pelos profissionais da área como uma espécie de “meditação em movimento” trazendo benefícios para a mente e para o corpo.

Hoje, o tai chi é conhecido como um exercício de baixo impacto e alcança tamanha importância que ganhou um núcleo de pesquisa em Harvard dedicado exclusivamente a estudar seus benefícios. Os pesquisadores concluíram que a prática ajuda a manter a densidade óssea, reduz dores decorrentes da artrite, promove a saúde do coração, reduz a hipertensão e melhora a qualidade de vida das pessoas.

De acordo com o médico do esporte de Blumenau Fábio S. Cardoso, dos exercícios de equilíbrio, o tai chi chuan provou ser o de maior sucesso na redução de quedas, que se tornam mais frequentes à medida que a idade avança. Além disso, sua prática é benéfica para dar força, resistência muscular e flexibilidade.

– Um treinamento de 12 meses em pessoas idosas provou que, tanto para homens quanto para mulheres, houve inúmeros benefícios físicos e psicológicos, como o aumento da flexibilidade da coluna lombar e torácica, da força muscular das pernas, até redução da depressão, da ansiedade e dos distúrbios de humor – diz Fábio.

Além dos benefícios físicos, a prática traz melhorias para o bem-estar psicológico. A professora Cláudia Monteiro Moisés, de Florianópolis, que trabalha há 21 anos com tai chi, diz que seus alunos relatam ter inúmeros benefícios com a prática.

– O tai chi traz mudanças importantes na vida dos meus alunos, como melhorias na forma de lidar com as emoções, de ter mais serenidade, paciência e bem-estar no dia a dia. Os benefícios são muitos – diz Claudia. Clique aqui para ler mais.


CONTEÚDO PUBLICITÁRIO

Notícias Relacionadas

Deixe um comentário





3 Comentários

leandro martins teixeira 22 de agosto de 2014 - 12:02

busco informações sobre uma reportagem de ZH: os beneficios do tai chi :**/**/14
award revita science.
para divulgação.
se possivel me ajudem a encontrar tal reportagem.
obrigado.

Responder
Ana Nestor 8 de maio de 2014 - 16:56

Estou começando a prática e fiquei emocionadíssima!Muito lindo!

Responder
marta sanches 14 de fevereiro de 2014 - 20:25

quero muito fazer Tai Chi chuan,mas não sei onde tem na zona oeste sp

Responder

Utilizamos cookies essenciais de acordo com a nossa Política de Privacidade e ao continuar navegando, você concorda com estas condições. Aceitar Leia mais