Tarot da Semana: ir em frente sem se deixar abater

Por Maya Santana
O Mago é aquele que sempre dá um jeito para resolver os problemas

Mago é aquele que sempre dá jeito de resolver os problemas

Alexandre Moreira, Tarólogo

Há dias, e por que não dizer semanas, em que só mesmo sendo mágicos para encontrar soluções e saídas, pelo menos honrosas, para todos os empecilhos que surgem em nosso caminho.

É o gerente do banco dizendo que estouramos nosso limite; a lavanderia que não encontra aquela roupa de que tanto gostamos (e nos sacrificamos para pagar) na hora em que vamos buscar; a direção da escola que nos chama para avisar que nosso filho não será aprovado e nem poderá continuar na escola devido ao seu mau desempenho e comportamento; a faxineira que não aparece e nem dá notícias há mais de 2 semanas; a concessionária liga e avisa que a peça que faltava para que o carro pudesse ser consertado ainda não chegou e nem tem previsão de quando isso irá acontecer. Ufa!

Diante disso tudo, o que fazer para seguir em frente sem se deixar abater, sem se entregar ao desespero, sem perder o controle de vez e descontar toda a raiva no primeiro inocente que encontrar pela frente? Bem, o negócio é saber lidar com o que se tem e é exatamente aí que entra essa figura encantadora do MAGO, o Arcano nº1 do tarot.

O MAGO é a figura arquetípica de quem consegue “dar nó em pingo d’água”, ou seja: aquele que sempre dá um jeito para resolver, ou pelo menos adequar-se, uma situação. É a vontade, o desejo explícitos de que as coisas precisam acontecer, darem certo, materializarem-se no plano material. E para que essa “mágica” se realize ele conta com recursos que todos possuem: algum conhecimento, disposição, força de vontade, interesse, energia e fé. Isso mesmo, Fé: acreditar que há uma força, uma energia superior à que conhecemos, que está à nossa disposição e que pode ser utilizada para a obtenção de resultados que nos beneficiem, tanto física quanto moral e espiritualmente.

Nesta semana que está começando, podemos experimentar nos permitir acreditar que somos seres “feitos à imagem e semelhança de Deus”, portanto criadores e criativos, capazes de, através do nosso esforço pessoal, no nosso raciocínio lógico, das emoções em harmonia e da nossa Fé, alcançarmos e vivenciarmos a solução dos nossos problemas. Tenhamos Fé!


CONTEÚDO PUBLICITÁRIO

Notícias Relacionadas

Deixe um comentário





Utilizamos cookies essenciais de acordo com a nossa Política de Privacidade e ao continuar navegando, você concorda com estas condições. Aceitar Leia mais