Um museu para contar a história da prostituição

Por Maya Santana
O Museu, o primeiro do gênero no mundo. Tenta explicar o trabalho das prostitutas

O Museu, o primeiro do gênero no mundo, foi aberto em Amsterdã, na Holanda

Só mesmo Amsterdã, a capital da liberdade, para abrir um museu da prostituição, que leva o nome de  Segredos da Luz Vermelha. Localizado no bairro da Luz Vermelha, famoso por concentrar as atividades das profissionais do sexo, o museu tenta mostrar um pouco da vida das prostitutas. Os visitantes podem até se sentar em uma janela, e se “expor” aos passantes, a exemplo do que fazem as prostitutas na cidade. Assista à reportagem da France Presse:


CONTEÚDO PUBLICITÁRIO

Notícias Relacionadas

Deixe um comentário





1 Comentários

Toninho Reis 11 de fevereiro de 2014 - 15:03

País evoluido eh sempre assim, tudo com clase,e um toke de elegancia………………….

Responder

Utilizamos cookies essenciais de acordo com a nossa Política de Privacidade e ao continuar navegando, você concorda com estas condições. Aceitar Leia mais