fbpx

Uma dura reflexão sobre o envelhecimento

Por Maya Santana
O escritor dinamarquês Knud Romer, 53 anos, chora ao contar como o pai, com Alzheimer, foi tratado

Knud Romer, 53 anos, chora ao contar como o pai, com Alzheimer, foi tratado

O escritor dinamarquês Knud Romer, 53 anos, decidiu realizar um documentário – “Uma Folha Cai ao Céu” – a partir dos registros que fez dos últimos tempos de vida do pai, já profundamente afetado pelo mal de Alzheimer. Nesta entrevista, dada a um canal de televisão de seu país, o escritor não só fala do documentário, mas também faz uma reflexão sobre o caminho solitário da velhice, tecendo duras críticas à forma como a sociedade é construída, com valores hipócritas, negligenciando as relações humanas, principalmente as relações com os idosos. Emocionado, ele conta como o pai, já no fim, foi tratado com a mais odiosa indiferença pelos médicos. Se tiver tempo, veja este vídeo. Vai fazer você pensar:

Notícias Relacionadas

Deixe um comentário

três + 9 =