Uma sessentona em busca de homens mais velhos

Por Maya Santana
A  chilena Paulina Garcia, 53, está sendo muito elogiada por sua interpretação

A chilena Paulina Garcia, 53, está sendo muito elogiada por sua interpretação

Mais um destes filmes interessantes sobre a vida do lado de lá dos 50 está entrando em cartaz. Trata-se de Glória, do chileno Sebastián Lelio: uma mulher de classe média alta, 58 anos, com os filhos já criados, sente-se solitária. Como não consegue ficar sozinha, começa a frequentar os chamados bailes da terceira idade. E é aí que tudo acontece. Paulina Garcia, a atriz chilena que interpreta a personagem título, está sendo muito elogiada.

A revista Time Out fez um breve resumo do filme:

Gloria (Paulina García) é uma divorciada cinquentona ou sessentona que busca homens mais velhos no universo de solteiros de Santiago. Como ela está feliz com o emprego e se dá bem com seus filhos já crescidos, contenta-se com aventuras amorosas de uma noite. Daí ela conhece Rodolfo, um executivo gentil e de fala mansa que claramente a adora, mas que carrega uma bagagem consigo.

O belo longa de Sebastián Lelio conta com atuações sutis e plausíveis, principalmente a de García como a protagonista obstinada e que gosta de diversão, mas que às vezes é solitária. Embora funcione mais como estudo de personalidade, o filme também é bem sucedido como variação honesta e incomum da história de amor tradicional do cinema – parece especialmente verdadeiro sobre as dificuldades de se recomeçar após anos de vida familiar estabilizada.


CONTEÚDO PUBLICITÁRIO

Notícias Relacionadas

Deixe um comentário





Utilizamos cookies essenciais de acordo com a nossa Política de Privacidade e ao continuar navegando, você concorda com estas condições. Aceitar Leia mais