Venci o câncer cortando tudo de origem animal

Por Maya Santana
A cientista Jane Plant, 69, aboliu laticínios também e se curou de um câncer

Desenganada, Jane Plant, 69, se curou de um câncer de mama

Fiquei impressionada com a história de Jane Plant, 69 anos, professora de Geoquímica em Londres, três filhos, seis netos. Desenganada pelos médicos quando seu câncer de mama parecia invencível, ela deu uma guinada na vida e mudou tudo, principalmente a alimentação. Cortou todo tipo de alimento de origem animal, sobretudo os laticínios – queijo, leite, manteiga e iogurte. O resultado é que mais de 20 anos depois de ter recebido uma sentença de morte – o médico disse que teria apenas alguns meses de vida -, ela está sã feito um côco.

Leia o artigo publicado pelo Globo.com:

Jane, de calça branca, com outras mulheres que superaram o câncer

Jane, de calça branca, com outras mulheres que superaram o câncer

A cientista Jane Plant foi diagnosticada e desenganada 20 anos atrás. Após uma mudança radical na dieta, que salvou sua vida, ela lança um livro contando a incrível história.

Está preparada para rever alguns conceitos que você tem sobre o câncer? É isso que a história de Jane Plant vai causar! A cientista foi diagnosticada com a doença pela primeira vez em 1987, em 1993 surgiu um tumor maligno na mama pela quinta vez, o que fez com que os médicos lhe dessem apenas meses de vida. Na última vez, um caroço do tamanho de metade de um ovo cozido, estava crescendo em seu pescoço.

Livro ainda sem tradução para o português

Livro ainda sem tradução

“Quando a doença retornou pela quinta vez eu queria que meu médico me dissesse como acabar logo com minha vida, já que não tinha mais esperanças de viver mais do que dois meses. Mas enquanto eu chorava, ouvi o meu menino, na época com apenas seis anos de idade, chorando por mim em outra sala. Me dei conta de que não conseguiria deixá-lo, tão criança. Eu já tinha atingido o fundo do poço algumas semanas antes, mas precisava reagir”, conta Jane em seu site oficial. O que ela fez? Aproveitou seus conhecimentos científicos para se livrar da doença. Para isso, Jane começou a lembrar os motivos das chinesas apresentarem, anos antes, a menor taxa de índice de câncer do mundo.

“Elas produziam até o leite em pó de forma mais orgânica e não tinham sequer uma indústria de laticínios por perto. Cortei toda proteína animal, peixe e produtos lácteos no geral. Não tinha mais nada a perder mesmo”, diz a cientista. Resultado (ou seria um milagre?): dentro de seis semanas – período no qual ela estava passando por um tratamento mais convencional, incluindo a quimioterapia – o caroço no pescoço desapareceu. Após um ano, estava livre do câncer para sempre.

Jane ficou tão impressionada com o resultado que lançou um livro com mais de 30 anos de estudos feitos (e apoiados por conselhos de medicina) no instituto Imperial College London. Na publicação, ela aconselha comer mais alimentos de origem vegetal e menos carne vermelha, açúcar, sal e gordura. Mas as sugestões mais radicais são que, ao excluir totalmente produtos lácteos, queijo, leite, manteiga e iogurte, você pode travar com sucesso uma luta contra a doença, impedindo que as células cancerígenas cresçam e se espalhem.


CONTEÚDO PUBLICITÁRIO

Notícias Relacionadas

Deixe um comentário





2 Comentários

Noemi Cardoso 18 de março de 2015 - 18:52

Mas no Brasil, tem algum exemplo de alguém que fez essa dieta e está livre do câncer?

Responder
Maria 27 de novembro de 2016 - 12:31

A industria da doença que gera lucros exorbitantes não aceita que existam tratamentos naturais que curam de verdade mas é a realidade mais presente e real que existe. Diferente de tratamentos convencionais que pesquisando na internet em um site vi que de cada 100 doentes tratados de câncer, mais de 90 morrem durante ou semanas ou meses após o tratamento alopático (tradicional), pois a quimioterapia mata as células do câncer e junto as células sadias também, com isto a imunidade baixa muito e o doente falece as vezes de doenças oportunistas causadas pela baixa imunidade. Quantos estão curando com avelós, auto hemoterapia, janaúba e outros tantos que vem de graça da natureza. Eu mesma conheço algumas pessoas que se curaram, inclusive algumas lendo e fazendo uso da receita de Frei Romano Zago, preparados exatamente como está no livro: CANCER TEM CURA.

Responder

Utilizamos cookies essenciais de acordo com a nossa Política de Privacidade e ao continuar navegando, você concorda com estas condições. Aceitar Leia mais