fbpx

Você gostou da cerimônia de abertura da copa?

Por Maya Santana

Faltou gente para preencher os espaços. Tudo bem pobre

Faltou gente para preencher os espaços. Tudo bem pobre

Maya Santana

Não sei o que você achou.  Eu achei a cerimônia de abertura dessa Copa do Mundo incompreensivelmente pobre, indigna da criatividade, inventividade dos brasileiros.  Foram tantos bilhões para os estádios, como é que não pensaram na abertura do mundial. Nunca vi nada tão ralo.  Não vou entrar no mérito de o espetáculo ter sido comandado por uma belga. Só quero deixar registrado aqui a minha perplexidade, uma vez mais, com a Fifa, entidade internacional bilionária que suga do país sede da copa  até a última gota de suor da população, e, em troca, oferece o nada.

Vendo um programa de televisão fiquei sabendo que vários carnavalescos não aceitaram o convite para idealizar a cerimônia, porque o dinheiro disponível era pouco. Mas como? Se até a cerveja que vai ser vendida nos estádios é a Fifa que controla, com tanto lucro que está tendo, como não investiu nada na apresentação da copa do mundo no Brasil?

O show de Claudia Leitte, Pitbull e Jennifer Lopez, saindo daquela bola de cartomante, também foi muito, muito ruim. Para dizer o mínimo, faltou sincronicidade entre os três e o áudio.  As duas cantoras estavam muito parecidas: ambas vestidas de popozudas.

Jennifer Lopez e Cláudia Leite: sem sincronia com o áudio

Jennifer Lopez e Cláudia Leite: sem sincronia com o áudio

Entrevistado esta manhã, o jornalista Pedro Bial ironizou:  “Sobre a abertura é melhor nem falar, né. Abafa o caso… Pra fazer uma coisa mais ou menos é melhor nem fazer. O destaque foi que a J.Lo (Jennifer Lopez) samba muito bem. Claudinha Leite, maravilhosa sempre. No país do Carnaval, a gente ter aquela festa… sem comentários! Achei minimalista. A festa foi pobre”, disse ele.

O jornal britânico The Guardian também não perdoou: “Está tudo muito bonito, mas eu fico imaginando que teria sido melhor se eles tivessem colocado o Neymar em campo pra fazer duas horas de embaixadinhas, apenas. Ao invés disso, eles continuaram dançando”, escreveu. As redes sociais se encheram de críticas e deboches.

Para fechar, quero dizer que concordo com o internauta que disse: “Deu vergonha essa abertura da copa. Que coisa feia e pobre para uma copa bilionária!” Foi isso: no país do futebol, o maior espetáculo esportivo do planeta apresentado ao mundo como se fosse um campeonato de bolinhas de gude. Incompreensível!

Se você não viu, veja aqui alguns momentos da minguada cerimônia.

Notícias Relacionadas

Deixe um comentário

6 − 3 =

9 Comentários

Avatar
Olenka Franco 15 de junho de 2014 - 13:56

Nao gostei nem um pouco. Mais do que pobre, achei estereotipada, com as imagens cliches que se faz do Brasil.

Responder
Avatar
midian 14 de junho de 2014 - 21:02

Em outros paises as cantoras estavam com traje de gala . No Brasil realmente estavam popozudas .

Responder
Avatar
rosaly semira caramicoli 14 de junho de 2014 - 15:21

A abertura foi muito pobre, o brasileiro é um povo muito criativo e alegre. tem condições de fazer um trabalho muito , mas muito superior. Sempre trabalhei em escolas públicas , com poucos recursos financeiros e sempre organizamos eventos muito lindos aos nossos alunos e a Comunidade em geral .

Responder
Avatar
Ana Sabrina 14 de junho de 2014 - 11:19

também achei uma cerimônia pobre, para um país que gastou bilhões na copa,teve muita pouca criatividade.

Responder
Avatar
marcia 14 de junho de 2014 - 03:11

foi realmente muito pobre ,no Brasil tem muitos coreografos bons,,,o povo brasileiro é criativo .eles deveriam dado mais valor ao povo brasileiro……..uma belga coreografa,,uma cantora americana,,,,porque isso,?,,nao temos cantores brasileiro bons? nao temos coreografos bons?…poderia ter mostrado mais a cultira brasileira,,,,que colocasse escolas de samba que é o cartao do brasil……copa do mundo no brasil nao é sempre que acontece,,entao porque nao fazer uma coisa bonita…..se colocasse a ivete sangalo seria melhor,,ela agitaria arrasaria,,poderia ter feito o povo esquecer essa vergonha..ja que eles trazem medicos cubanos,cantoras americas,coreografa belga….porque a gente nao pode escolher um presidente de outro país tb ?,,

Responder
Avatar
Edna Mafra 13 de junho de 2014 - 22:34

Se a Seleção se preparou,como se prepararam pra abertura da Copa ? Lamento mas vai ser outra vergonha…,E Dilma ainda ficou chateada porque foi xingada? Ainda fizeram pouco…

Responder
Avatar
MARISOL 13 de junho de 2014 - 22:24

O problema Lisa é que fazemos sim coisas belíssimas, porque temos profissionais excelentes, mas trouxeram uma belga para a nossa cerimônia!

Responder
Avatar
lisa santana 13 de junho de 2014 - 21:38

Ah, ficaram nos devendo sim, Maya, ficaram. Basta ir no google e buscar por ” Olimpíadas 2012 – Brasil – Marisa Monte” e você vai ver um espetáculo que começa com um gari dançando, dança e samba de mulheres lindas, Marisa Monte representando Yemanjá e cantando Villa Lobos entre outras coisas da nossa cultura, num trabalho do Cao Hamburguer e Daniela Thomas. Simples e bonito. Um trabalho que tem como objetivo despedir das olimpíadas de 2012 em Londres, representar o Brasil e chamar a atenção para as Olimpíadas de 2016, que terá como sede a cidade do Rio de Janeiro.
Quem me mostrou foi Joana, minha filha. Depois disso pensei: a abertura da copa foi pífia, triste e brega. E nós somos tão criativos e fazemos coisas tão lindas. Que pena!

Responder
Avatar
Maria Lucia Santin Frederico 13 de junho de 2014 - 20:53

Não concordo. O espetáculo não é a cerimônia de apresentação, mas sim aquilo que os jogadores irão proporcionar durante 1 mês de evento. O espetáculo é o jogo de futebol, óbvio a estrela deve ser o estádio, pois é nele que este espetáculo irá se desenvolver. – Vejam, estou assistindo a transmissão de Espanha e Holanda, querem um espetáculo maior? Sabem quanto tempo eles ficam no gramado, desenvolvendo a trama? – 90 minutos ou um pouco mais, contra 25 minutos determinados pela FIFA na apresentação. Eu acho sim que houve criatividade, mas tb havia necessidade de uma certa sensibilidade e percepção para desenvolve-la e infelizmente, hj em dia, estes artigos estão escassos no mercado.
Graças a Deus que os carnavalescos não aceitaram, se é que isto é verdade!!!!! Senão, teríamos mais uma vez nudez e muito silicone balançando no meio daquela arena!!!!! Agora, o carnaval não exigiria muito esforço cerebral para entender. Quanto ao comentário norte americano, dançar é melhor do que praticar tiro ao alvo em escolas………

Responder