fbpx

Walmor Chagas e o suicídio dos mais velhos

Por Maya Santana

O ator, de 81 anos, se matou com um tiro, na última sexta-feira, dia18

O ator, de 81 anos, se matou com um tiro, na última sexta-feira, dia18

A morte do ator Walmor Chagas, na última sexta-feira, revela uma triste realidade no país: a alta taxa de idosos que dão fim à própria vida. Estima-se que cerca de 9.000 pessoas se suicidam por ano – o que dá uma média de 24 casos por dia. A taxa, que mede o número de mortes a cada 100 mil habitantes, é de 4,5, bem inferior a países como Japão e EUA (34,1 e 10,4, respectivamente).

Mas o Brasil esconde variações significativas. Entre as mulheres, a taxa oficial é de 1,9. Já entre os homens é de 7,1. Entre idosos acima de 75 anos, o índice passa dos 15.

As taxas elevadas entre os mais velhos ocorrem no mundo todo. Há vários fatores associados, como a perda de parentes referenciais, sobretudo do cônjuge, solidão, existência de enfermidades degenerativas e dolorosas, sensação de estar dando muito trabalho à família e ser um peso morto, abandono, entre outros.

Para ambos os sexos, os principais fatores de risco são a depressão e transtornos mentais. No caso dos homens, a solidão e o isolamento social são os principais fatores associados. São nessas questões, especialmente na identificação e tratamento da depressão, é que estão focadas as ações de prevenção.

Muitos estudiosos consideram que as mulheres se suicidam menos porque têm redes sociais de proteção mais forte e se engajam mais facilmente do que os homens em atividades domésticas e comunitárias, o que lhes conferiria um sentido de participação até o final da vida.

Recente estudo da Escola Nacional de Saúde da Fiocruz tentou compreender as razões e as circunstâncias dos suicídios entre idosos acima de 60 anos. Segundo o trabalho, 54% dos municípios brasileiros já registraram casos de suicídios nessa faixa etária. Dos 50 municípios brasileiros com os índices mais elevados de mortes, 90% estão no Sul. Outra constatação foi que 51% dos suicídios de idosos ocorrem em casa. Para continuar a ler, clique aqui: http://migre.me/cWArS

Notícias Relacionadas

Deixe seu comentário

4 Comentários

Avatar
toninho reis 26 de janeiro de 2013 - 12:14

Como disse a Lisa, seria bem melhor se nossas vidas nao tivese um fim desta maneira, mas infelizmente nem todos nos temos a sorte de morrermos como um passarinho,ou em um sono profundo, sem muita dor.bjs,

Responder
Avatar
lisa Santana 24 de janeiro de 2013 - 21:48

Seria melhor se uma vida nunca tivesse que acabar assim. Seria muito melhor e mais feliz.

Responder
Avatar
monica minelli 24 de janeiro de 2013 - 02:07

Mzita,,nem sei o que dizer diante de tanta coragem e ao mesmo tempo tanta dor. Ele decidiu sobre seu fim,,, somos DATADOS.
bjo

Responder
Avatar
nenez 23 de janeiro de 2013 - 17:41

Muito triste! Pensei muito nisto ao saber da notícia!

Responder