Estudo aponta as máscaras que mais protegem contra coronavírus

A máscara N95, como a usada por esse homem, é considerada a mais eficiente

Independentemente da idade, temos que usar máscaras que sejam realmente eficientes e impeçam a entrada do novo coronavírus no nosso organismo. Há uma imensidão de tipos de máscaras faciais, vendidas por toda parte. Mas nem todas têm a eficácia desejada. É claro que é preferível usar uma máscara que não protege tanto do que não usar nada. O ideal, porém, é que o nível de proteção seja alto.

Cientistas da Universidade Duke, nos Estados Unidos, acabam de fazer um estudo, comparando 14 tipos de máscaras de pano para determinar o grau de proteção de cada uma contra o vírus. Isso é muito importante, sobretudo para nós brasileiros, que precisamos ficar atentos, pois o número de infectados com o novo coronavírus no país só cresce, assim como o número de mortos: já são mais de 200 mil mortes e mais de oito milhões contraíram o vírus. Somos a segunda nação com números tão expressivos, atrás apenas dos Estados Unidos.

Veja também da Dra. Auristela: Médica explica por que precisamos todos nos vacinar contra a covid-19

Esse é o resultado do estudo da universidade americana:

A relação das máscaras que mais protegem contra o novo coronavírus

close

Inscreva-se para receber conteúdo incrível em sua caixa de entrada, todas as semanas

Prometemos que nunca faremos spam! Dê uma olhada em nossa Política de Privacidade para mais informações.

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

catorze + dezenove =

Artigos relacionados

Botão Voltar ao topo