fbpx

Processo de vacinação deve ser bem mais lento do que gostaríamos

Por Maya Santana

Técnico em Enfermagem Anderson Estêvão, primeiro vacinado contra a Covid-19, em Santa Luzia(MG)

Na gravação de hoje, falo da minha expectativa de ser vacinada. Pela experiência da minha cidade, no interior de Minas, estou convencida que o processo de vacinação vai demorar muito mais do que gostaria. Santa Luzia, perto de Belo Horizonte, com mais de 200 mil habitantes, recebeu bem menos do que mil doses da Coronavac, quantidade tão minúscula que não deu nem para vacinar o pessoal da saúde, definido como prioritário. A Prefeitura decidiu aplicar todas as 762 doses entregues pela Secretaria Estadual da Saúde. Agora, torce para que a segunda dose chegue em até três semanas, prazo que separa as duas aplicações da vacina. Eu, que estava esperançosa de ser vacinada aqui, retornarei ao Rio, onde moro, sem a tão ansiada picada no braço.

Ouça:

 

Notícias Relacionadas

Deixe um comentário





Utilizamos cookies essenciais de acordo com a nossa Política de Privacidade e ao continuar navegando, você concorda com estas condições. Aceitar Leia mais