fbpx

Na Roça

Por Maya Santana

As casas caiadas de branco, com janelas e portas pintadas de azul. O curral na frente, com o gado. Cenário que evoca o poema Boitempo, de Carlos Drummond de Andrade: “Amanhece na roça de modo diferente. A luz chega no leite, morno esguicho das tetas e o dia é um pasto azul que o gado reconquista.”


Galeria de fotos – Janeiro 2021


Veja também:

Namoradeira

A Menina e o Pitbull

Teatro Nacional

Minas

Brasília de Lúcio Costa

Minas exporta suas montanhas

Chuva na Ponte

Rompendo a soberania do verde

Infância e tecnologia

Vendo o Mundo

Cerrado Mineiro

Planalto Central

Festival do Carro de Boi

Explosão de cores

Banânia

Na fazenda

Céu de Brasília

Um pintinho de estimação

Aqui no Meu Olhar, você vai ver uma fotografia nova todos os dias

Fotografia de hoje mostra um pedacinho de uma Minas religiosa

Uma imagem do campo, com todas as tonalidades de verde

close

Inscreva-se para receber conteúdo incrível em sua caixa de entrada, todas as semanas

Prometemos que nunca enviaremos spam! Leia nossa Política de privacidade para mais detalhes.

Notícias Relacionadas

Deixe um comentário

um + dezesseis =